terça-feira, 14 de março de 2017

Agora, a série D.



Depois de um longo recesso, voltamos ao trabalho no Blog do Mequinha.

Acabou o sofrimento do campeonato pernambucano; sobrevivemos de forma heroica. Mesmo com os percalços há muitos motivos para agradecer o esforço da direção e dos jogadores na luta pela permanência.

Só que agora o assunto é outro: saiu a tabela da série D.

O América está no grupo A6, junto com Globo, Guarani de Juazeiro e Parnahyba. Destes o América enfrentou apenas o Globo no ano passado pela segunda fase. Confronto marcado por duas derrotas Alviverdes.

A primeira partida do América já está marcada para o dia 21 de maio, quando o Periquito vai até o Ceará enfrentar o Guarani. No entanto, por experiências passadas é óbvio que a data pode sofrer alguma alteração. Mas não se espera que isso aconteça.

As demais partidas Alviverde serão:
2ª rodada 28-05-2017 - América x Parnahyba
3ª rodada 04-06-2017 - América x Globo
4ª rodada 11-06-2017 - Globo x América
5ª rodada 18-06-2017 - Parnahyba x América
6ª rodada 25-06-2017 - América x Guarani

domingo, 19 de fevereiro de 2017

América líder!


Vitoria esmeraldina e tropeço dos sertanejos em seus domínios. A rodada não poderia ser melhor para o Campeão do Centenário, que subiu quatro posições na tabela, após vencer o Atlético Pernambucano por 3×1, na tarde deste domingo (19), no Estádio Paulo Petribu, em Carpina e assumiu a ponta do Hexagonal da Permanência do Campeonato Pernambucano. É verdade que o Periquito está dividindo a liderança com Flamengo e Vitória com os mesmos dez pontos, mas o resultado dá moral para o Alviverde que, mesmo sem o patrocínio e sem a ajuda do poder público, como acontece com a maioria dos clubes do interior, o América vem tentando nadar contra a maré e vem sobrevivendo a isso, quase que como um milagre.

A bola demorou um pouco pra rolar. Prevista para iniciar às 15 horas, a partida começou com 16 minutos de atraso, devido ao atraso da ambulância e da força policial. Mesmo jogando fora de casa, o América mostrou-se agressivo durante toda a partida em Carpina. E o placar só não foi aberto no primeiro tempo porque o Atlético contava com um tal de Juca inspirado debaixo das traves do Tatu Bola. Se a bola não balançou na etapa inicial, a culpa é do arqueiro atleticano.

Veio o segundo tempo de jogo e o América voltou a encurralar os donos da casa. Vindo de uma forte gripe, o meia Danyel deu espaço para Jonatas Rei logo no começo de etapa complementar. E o atacante esmeraldino entrou bem e buscando jogo, colocando Robinho na cara do gol para abrir o placar aos três minutos no segundo tempo. Vinte minutos depois foi a vez de Tiago Bagagem ampliar o placar, em jogada originada de um contra-ataque, onde a bola foi cruzada por Indio na ponta esquerda para finalização do camisa onze alviverde.

Com a vitória parcial, o time comandado pelo técnico Roberval Ramos deu aquela amolecida  na partida e, mesmo com a posse de bola, o Periquito parecia que pensava que a partida estava definida com o segundo tento marcado quase que na metade do segundo tempo. Lêdo engano, pois o Atlético aproveitou os espaços deixados pelo Alviverde da Estrada do Arraial e diminuiu o placar com Marlon, aos 35 minutos. O que parecia uma reação dos donos da casa foi sucumbida pelo América, logo na cobrança do centro de campo. Desligado no lance, o time atleticano vacilou e Índio fez o seu primeiro gol com a camisa alviverde, aos 37 minutos do segundo tempo.

Vitória esmeraldina e que combinada com os empates de Serra Talhada 1×1 Flamengo e Afogados 2×2 Vitoria a sexta rodada foi consolidada com America na liderança do Hexagonal da Permanência, com 10 pontos e o Atlético cada vez mais lanterna, com nove derrotas consecutivas. Na rodada seguinte, o America visita o Afogados da Ingazeira, na quarta-feira, às 15h, em partida válida pela sétima rodada.


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Em busca da "permanência" (e se deixarem, da Série D)



O Blog do Mequinha anda meio capenga e quase parando. Mas diferentemente deste espaço virtual, o América ainda não entrou de "férias prolongadas". Mesmo sem conquistar seu primeiro objetivo, que era participar novamente do Hexagonal do Título, o Campeão do Centenário está em plena temporada e segue lutando contra as adversidades que o combalido campeonato pernambucano impõe aos clubes menos favorecidos.

Disputando o Hexagonal do Rebaixamento desde o dia primeiro de fevereiro, o America entra neste novo campeonato buscando não ser rebaixado para a segunda divisão estadual e quem sabe, conquistar a terceira vaga que credencia a participar da Série D do Brasileirão, em 2018. E o começo não foi nada bom, estreando em casa com uma derrota por 2x1 contra o Serra Talhada. Resultado negativo que acabou fazendo com que Toninho Cobra (que chegou como uma especie de "salvador da pátria" para o mau trabalho de Zezinho Romário) entregasse o cargo. A solução foi caseira e dentro das realidade do America, convidando Roberval Ramos, para o comando técnico do Periquito.

Com pouco tempo para conhecer o elenco remanescente, Roberval conseguiu enfrentar o time do Vitória em pé de igualdade e por muito pouco não saiu de Vitoria de Santo Antão com três pontos na bagagem, empatando em 1x1 no Carneirão. O resultado deixou o Periquito na quarta colocação e, com mais um jogo fora de casa, diante do Flamengo de Arcoverde, a necessidade de vencer para não ficar em maus lençóis. Viajando 265 quilômetros longe da Estrada do Arraial, o adversário da vez foi o Flamengo de Arcoverde, com a dura missão de vencer sabendo que dificilmente não escaparia da zona da degola, pois na tarde o Afogados havia goleado por 5x1 o Atlético Pernambucano.

Com cautela, o America começou a partida em seu campo defensivo e explorando contra-ataques. E o resultado disso foi o Flamengo com maior posse de bola durante boa parte do primeiro tempo, mas sem criar grandes chances de abri o marcador, já que a defesa esmeraldina estava focada na missão "VACILO ZERO" em cada lance ofensivo dos donos da casa. A postura defensiva do America funcionou e acabou fazendo o primeiro tempo encerrar com um empate sem gols.

No segundo tempo, o América voltou a campo bem diferente do que mostrou no primeiro tempo. Buscando a vitória, o América atacou bem mais que o primeiro tempo, acuando os donos da casa. E a primeira oportunidade alviverde veio em uma cobrança de falta, acertando a trave do ex-americano Geaze. O gol estava amadurecendo e veio rápido, aos 34 minutos da etapa complementar, com a bola sobrando para Silas, que recebeu e chutou forte na meta do Flamengo. Foi o gol da primeira vitória alviverde neste segundo turno.

Com a vitória, o América soma quatro pontos na tabela. Embora na zona da degola com cinco pontos, tirando o resultado do Afogados diante do Atlético, o empate em 0x0 entre Serra Talhada e Vitória foram providenciais para deixar a tabela de classificação embolada. Mesmo na penúltima colocação, o America está com apenas dois pontos de diferença para o líder Flamengo. Vamos torcer pra que essa diferença possa ser reduzida já na próxima rodada, quando o America receber o Afogados, neste domingo às 16 horas, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista.


domingo, 22 de janeiro de 2017

Adeus, Hexagonal do Título


Encerrou neste domingo qualquer chance do América de participar do Hexagonal do Título, que iniciará no próximo domingo. É bem verdade que as chances eram remotas, mas enquanto há chance, existe nos corações esmeraldinos um pingo de esperança. Mas infelizmente esta foi apagada, após um empate chocho e sem gols diante do Afogados da Ingazeira, lá no sertão do Pajeú.

O América de Toninho Cobra necessitava não apenas de uma vitória, mas secar também o Flamengo de Arcoverde e o Belo Jardim. E nada deu certo neste domingo... primeiro porque o time da Estrada do Arraial não fez sua parte. E segundo porque Belo Jardim e Flamengo venceram Serra Talhada e Atlético por 1x0, respectivamente. Mesmo que o Periquito vencesse, os outros resultados culminariam na desclassificação antecipada do Alviverde.

Voltando ao gramado do Vianão, o que se ouviu pela Rádio Pajeú foram duas equipes perdidas em campo e sem qualquer criatividade. Isso pelo menos até o primeiro tempo de jogo, já que no tempo complementar a transmissão da rádio foi pro beleléu... talvez pra combinar com a nossa desclassificação a cereja do bolo do Campeonato Pernambucano, que é o Hexagonal do Título. 

Menos mal que ainda há uma chance para este time que é terceira vaga pra Série D de 2018. Com Salgueiro entre os três classificados, a terceira vaga pra quarta divisão do Campeoanto Brasileiro da temporada que vem será decidida no Hexagonal da Permanência. Nele o primeiro colocado ganhará um prêmio de consolação, três clubes irão salvar sua pele e outros ultimos colocados irão cair no fogo do inferno da Série A2.

Sem tempo pra lamentar (e pra treinar), o América pegará os 378 quilômetros de estrada que separam Afogados da Ingazeira do Recife e volta a campo nesta quarta-feira (25) para enfrentar o Belo Jardim, às 20 horas, pela ultima rodada na primeira fase do Campeoanto Pernambucano, sem qualquer pretensão. Será um treino de luxo para que Toninho Cobra já comece a pensar em como dar liga a este time no famigerado Hexagonal da Permanência.

América em desafio no sertão



América já está em Afogados da Ingazeira para enfrentar um duelo que pode garantir uma sobrevida na luta pelo hexagonal do título.

Depois da derrota para o Salgueiro na última quarta-feira no Ademir Cunha, o América tem pela frente o Afogados no Vianão, em partida que começa as 15:00. A suas chances matemáticas só se manterão se o América conseguir uma vitória. Mas para isso Toninho Cobra vai ter que superar as limitações técnicas e táticas do time. Ainda machucado, Diego Serra segue sendo uma dúvida para partida. O interessante é que Algodão e Índio tiveram participação nos últimos jogos e podem ser opções para começar o jogo neste domingo.

O Afogados somou dois pontos até agora e vai buscar sua reabilitação no campeonato. Precisa somar pontos para melhorar sua participação nesta fase do certame e diante de sua torcida é certo que buscará impor seu jogo para o América. A esperança alviverde reside no fato de que a única vitória obtida até agora veio de um jogo fora de casa.

É torcer neste domingo e tentar acompanhar o América através das rádios de Afogados da Ingazeira, as rádios Transertaneja FM e a rádio Afogados FM.

Força América, ainda dá.