domingo, 17 de maio de 2009

América perde em sua estréia

O América iniciou com pé esquerdo na estréia da Série A2 do Campeonato Pernambucano, ontem no estádio Carneirão, em Vitória de Santo Antão. A partida deveria ocorrer na cidade de Água Preta, todavia, foi impossível devido às péssimas condições do gramado no Estádio Municipal. A partida iniciou com muita correria em ambos os lados, no entanto, as finalizações do Atlético assustavam a frágil defesa Alviverde. Logo aos dezoito minutos, Xaxá, jogador do clube de Água Preta, assustou a defesa do Mequinha, encobrindo o arqueiro Balbino, mas o chute acabou indo para fora. Minutos depois, em uma falha da defesa, Juninho do Atlético chutou, a bola bateu no camisa sete do América, o volante Henrique, e por pouco não entra, batendo na trave. O dia não era do América, aos trinta minutos do primeiro tempo, duas substituições devido a contusões do lateral Givaldo e do zagueiro José Paulo saíram de campo para as entradas de Gilvan e Alemão, respectivamente. As modificações do técnico João Alfredo modificou todo o esquema tático, fragilizando a defesa. A partir daí, o Atlético tomou conta do jogo. Devido a uma falha da defesa do América, o Atlético realizou um contra-ataque com Alex, tocando para Johny que invadiu a área e foi derrubado. O árbitro Giorgino Wilto marcou a penalidade, sendo convertido pelo próprio Johny, aos trinta e cinco minutos do primeiro tempo. Três minutos depois, sofreu mais um gol. O autor foi Fabinho Palmeres acertou um belo chute de fora da área no ângulo direito de Balbino. Já no segundo tempo, o América não conseguiu buscar a reação, O Atlético segurou o resultado, e com tranqüilidade, marcando ainda aos quarenta e três minutos com Gutierrez, que havia entrado no lugar de Johny. Novamente, através de uma grave falha no setor defensivo, Gutierrez invadiu a área, sem marcação e esperou a saída do goleiro para mandar no canto esquerdo, definindo assim o placar. Antes do gol o América ainda sofreu as expulsão de dois jogadores de criação, o camisa 10 Léo Batista e o camisa 8 Mozinho, desfalcando o Mequinha para o próximo confronto, desta vez em Vicência com o apoio da torcida, contra o Centro Limoeirense. Atlético Pernambucano: Delone; Juninho, Joélcio, Eliel e Marcos; Washington, Nelinho, Fabinho Palmeres (Leandro) e Xaxa; Johny (Gutierrez) e Alex. Técnico: Alexandre Julião. América: Balbino; Givaldo (Gilvan), Rosinaldo e José Paulo (Alemão); Barbosa, Henrique, Mozinho, Léo Batista e Neto Timbaúba (Paulinho); Robson e João Paulo. Técnico: João Alfredo. Árbitro: Giorgio Wilton Macedo Assistentes: Luiz Fernando Coelho e Clodovil Amaral Gols: Johny (35’’ 1º tempo); Fabinho Palmeres (37” 1º tempo) e Gutierrez (43” 2º tempo). Cartões Amarelos: Fabinho Palmeres, Xaxá (Atlético) / Alemão, Barbosa, Henrique, Mozinho e Léo Batista (América). Cartões Vermelhos: Léo Batista e Mozinho Público e Renda: não divulgado.

2 comentários:

  1. Iremos recuperar esses pontos no próximo jogo contra o Centro.

    Manuel Frasciso Savóia

    ResponderExcluir
  2. Certamente sim... E estaremos lá com a CARAVANA DO MEQUINHA!

    ResponderExcluir