quarta-feira, 17 de junho de 2009

Verde de esperança, verde de América

Sim, ainda temos esperança que a coisa engrene. Mas já ficou claro que isso não vai ocorrer se alguma coisa não mudar drasticamente. Estamos a um passo de que esta esperança se torne irreversível, basta perder ou empatar amanhã contra o Centro Limoeirense, em Limoeiro e o Ferroviário do Cabo vencer. Agora vai ou racha. A derrota para o Atlético Pernambucano dentro do Jacosão, deixou duas coisas bem claras: apesar do grande volume de jogo, não estamos sabendo criar jogadas, bem como estamos desperdiçando as poucas chances claras de gols para o espaço. Talvez eu esteja sendo tendo uma postura de louco, mas devemos assumir uma postura de franco-atirador, até mesmo por disputar a partida fora de nossos domínios e partir pra cima em cada partida daqui pra frente. Tem que arriscar! Nesta partida Léo Batista deverá sair do Departamento Medico e Mosinho que estava suspenso deverá retornar ao meio campo. João Paulo também deverá dar o apoio ao ataque americano, visto que Robson levou cartão vermelho no partida de domingo. Apesar da matemática agora está quase contra o nosso favor e as duas próximas e decisivas partidas serão no campo adversário, conformismo nunca combinou foi com o América. Ainda temos tempo de mudar de postura, contudo, se mesmo assim, não der para evitar a desclassificação precoce, paciência. O que não podemos aceitar de hipótese alguma é dar o jogo como perdido.

0 comentários:

Postar um comentário