segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A origem do Timbú

Em tempos idos o Clássico da Técnica e Disciplina era considerado a segundo maior clássico do futebol pernambucano devido a grande rivalidade existente entre alviverdes e alvirrubros, o Náutico possuía status de ser o clube formado por jogadores brancos e descendentes de ingleses não permitindo a adesão de mestiços ou negros em seu elenco já pelo América pesava a ideologia de ser considerado um clube fidalgo. A rivalidade iniciou-se em 1914 com a fundação da Liga Recifense de Futebol quando o Náutico não se filiou a instituição e parte dos seus jogadores acabou ingressando ao João de Barros FC (antigo nome do América), porém, em 1915 com o surgimento da Liga Sportiva Pernambucana e com a filiação do alvirrubro os mesmos jogadores que havia trocado o Náutico pelo João de Barros voltaram ao clube de origem.

O principal fruto deste tradicional embate foi o surgimento do mascote oficial do Clube Náutico Capibaribe que o acompanha até hoje. A escolha do Timbú ocorreu em 19 de agosto de 1934 num jogo valido pelo Pernambucano daquele ano realizado no Campo da Jaqueira. No intervalo, em virtude da chuva e da falta de condições no vestiário, o técnico alvirrubro preferiu conversar com os jogadores no centro do gramado. Um dirigente do Náutico levou para os jogadores uma garrafa de conhaque e pediu que eles bebessem um gole para agüentar o frio. Com isso, a torcida adversária gritava "Timbu! Timbu!" para provocar os jogadores alvirrubros, pois o animal aprecia a bebida alcoólica. A partida terminou 3 x 1 para o Náutico e os jogadores do time vermelho e branco ao saíram de campo foram perturbar a torcida americana, gritando "Timbu, 3 a 1. Após este jogo, o marsupial pertencente a família dos cangurus foi decretado mascote oficial do clube que no mesmo ano criou o bloco carnavalesco O Timbú Coroado que sai aos domingos de carnaval, da sede alvirrubra, e percorre o bairro dos Aflitos.

Fonte: Wikipédia

6 comentários:

  1. Legal... sou alvirrubro e não sabia que devido a uma antiga rivalidade o Náutico ganhou o apelido de Timbu. Vida Longa ao América... Sorte para vocês no ano que vem na Série A2!

    ResponderExcluir
  2. Eu conhecia esta história já... Faz muita falta o América na primeira divisão pernambucana, não só ele como o Ferroviário do Recife e o Íbis, infelizmente estes dois terão que disputar a inédita Série A3.

    ResponderExcluir
  3. Layout novo no Blog... Parabéns Washington e Allan!!!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado amigos... a intenção é justamente esta, aperfeiçoar e dinamizar ainda mais este espaço, e vocês dando uma congratulações aumenta ainda mais este nosso intuito. Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Somos o único Clube do Mundo cujo o mascote é um Timbu... Salve o América! Vida longa ao Hexacampeão pernambucano!

    Belíssimo blog... parabéns!

    ResponderExcluir
  6. O blog está excelente. Parabéns.
    O América está na história do Náutico assim como o Náutico está na história do América. Eu proporia aos dirigentes de ambos os clubes, o apoio do CNC ao América, para que possa voltar a ser forte, e voltar ao cenário nacional. Isso engrandece Pernambuco.
    Saudações Alvirrubras.
    www.vermelhodeluta.com
    Fernando.

    ResponderExcluir