sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Um ótimo 2011 para todos!

Fim de ano é sempre um momento para avaliarmos tudo que o realizamos durante o ano. É oportunidade de refazer aquelas velhas promessas de entrada de ano com a esperança que dessa vez será diferente. Momento de olhar para trás e ver o quanto progredimos e o quanto ainda necessitamos avançar. É hora de pensar sobre falhas e acertos e sobre o que deve ser melhor no ano que se aproxima. Assim como uma nós, simples mortais, um clube de futebol necessita desse tipo de pensamento. Por melhor que estejamos, é primordial prosseguir melhorando e evoluindo e jamais se acomodar. Colocando-se um tijolo por vez, a construção irá edificar sólida e pronta para agüentar todas as tormentas. É assim que se comporta o crescimento, seja ela de uma pessoa ou uma instituição. O América teve um ótimo ano em 2010 e precisa pensar em ter um ano ainda melhor em 2011. Tenho convicção que nossos dirigentes trarão ótimas novidades para janeiro e início do Pernambucano, para fazer desse ano mais um ano inesquecível para todos os torcedores esmeraldinos. Deixamos nossos sinceros agradecimentos para todos aqueles que acompanharam o blog neste ano de 2010 e desejamos muita paz e alegria nesse final de ano. Renovem as esperanças nos novos projetos e acreditem sempre em seus objetivos... Para finalizar este ano, deixo para vocês um dos momentos mais inesquecíveis para o torcedor americano, com os gols que garantiram o retorno do América a primeira divisão estadual, na voz do “Garganta de Aço” Roberto Queiroz, da CBN/Radio Jornal.
QUE VENHA 2011!!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

América termina o ano com mais duas vitórias

Saldo positivo. Essa foi a avaliação do técnico Luciano Ribeiro sobre a rodada dupla de jogos treino da tarde dessa quinta-feira, no Olindão, na qual o elenco esmeraldino foi dividido em dois, derrotando o AGAP-PE, por 4x0, e em 4x1 com o Ferroviário do Recife, que fez seu primeiro jogo profissional depois de dois anos ausente dos gramados, dando inicio à formação de elenco para a Série A2 do Pernambucano, em 2011. 

Para o primeiro jogo treino contra o Campeão do Centenário, o AGAP-PE veio com atletas profissionais que estão sem vinculos com nenhum clube. Para este primeiro treino amistoso, Luciano Ribeiro deu a formação inicial do Campeão do Centenário no esquema 4-4-2 com: Gleibson; Roma, Negreti, Fabio Silva e Neto Bolacha; Mousinho, Lucio, Edmilson e Almir, Lulinha Douglas. 

Com uma primeira etapa com muita correria e marcação da equipe visitante, o placar demourou a ser inaugurado, mas com o passar do tempo, o América conseguiu abriu o placar com Lulinha, e minutos depois, ampliando com Almir. Os zagueiros Fabio Silva e Diego Negreti aproveitaram os espaços deixados pela AGAP-PE, marcando um gol cada, fechando o placar da partida em 4x0. 

No segundo jogo treino o comandante esmeraldino mudou toda formação em campo, entrando com: Ibson; Arley, Givaldo, David e Ronaldo; Leo, Vinicius, Rafinha e Pedro Madureira; Tassyo e Silvano, mas aos poucos foi mudando o time. Na defesa entraram o goleiro Bruno, o lateral Gilvan, o zagueiro Carioca; e no ataque entraram Jonatha e Branquinho. Logo no início do treino amistoso Silvano abriu o placar após aproveitar uma sobra da defesa do Ferrinho, permanecendo inalterado o placar até o final da primeira etapa. 

No segundo tempo, o Ferrinho empatou a partida, mas a igualdade durou pouco tempo, pois o prata da casa Jonatha marcou o segundo gol alviverde e, minutos depois, ampliou a vantagem americana. No final da partida Branquinho fechou a placar. 

Em conversa por telefone, Luciano Ribeiro aprovou o desempenho do elenco nos dois coletivos: “Dentro daquilo que programamos, o objetivo foi atingido. Os dois amistosos foram muito válidos, como formamos duas equipes distintas deu para avaliar melhor e buscar aperfeiçoar alguns pontos em que observamos no decorrer da partida", disse o Luciano. 

Agora, o elenco esmeraldino entrará em recesso para as comemorações de final de ano e retornará as atividades segunda-feira (03) para realizar atividades na academia.

América se prepara para mais um jogo treino

Os preparativos do Campeão do Centenário visando a estreia no dia 13/01 no estadual 2011 continuam, e nesta quinta-feira (30) às 15h a equipe do treinador Luciano Ribeiro vai enfrentar a equipe da AGAP-PE no estádio Olindão, no bairro de Jardim Brasil, em Olinda. Neste treino amistoso, a Associação dos atletas de Pernambuco levará em campo jogadores atletas profissionais que não estão em atividade. Luciano Ribeiro segue preparando a equipe e neste jogo treino fará algumas experiências, que poderão ser usadas durante o estadual. Após o jogo treino os atletas e irão folgar nos próximos três dias, voltando aos trabalhos normais na segunda-feira (03) à tarde.

América fará amistoso contra o CRB, em Maceió

Para chegar ao Campeonato Pernambucano com a melhor forma possivel, os dirigentes do Campeão do Centenário continua pegando pesado na sua preparação para o estadual. Dessa vez o Periquito enfrentará o CBR, nas Alagoas. O amistoso será a principal partida do clube alviverde antes do início do pernambucano, já que enfrentará um dos principais clubes de Alagoas e servirá como ponto de partida para os comandados de Luciano Ribeiro, A partida será no dia 08 de Janeiro (sábado), no estádio Severiano Gomes Filho, em Maceió, popularmente conhecido com Estádio da Pajuçara. O primeiro encontro entre as duas equipes foi no Troféu Nordeste de 1923. O torneio realizado em Alagoas em comemoração ao Dia do Trabalhor contou com a participação de 8 equipes dos estados da Bahia (Vitória e Botafogo), Paraíba (Cabo Branco e América) e Pernambuco (América e Sport) e as duas principais equipes de Alagoas (CRB e CSA), que ainda não contava com um campeonato estadual.Dividido a mesma chave, CRB enfrentaram Cabo Branco e Botafogo e tiveram destinos diferentes na competição. Enquanto que o América sagrou-se o primeiro campeão nordestino, o CRB não conseguiu passar da primeira fase. Infelizmente o resultado das partidas da primeira fase da competição são desconhecidas. Saiba mais, clicando aqui.

América acredita na força do grupo para o Estadual

Com imagens e informações da Seleção do Rádio, por Nathalia Lucena
Presidente e treinador apostam na união da equipe para conseguir sucesso no Pernambucano 2011
O América já deu início aos treinos para o Campeonato Pernambucano. Com o estádio Ademir Cunha em reforma para o estadual, o elenco vem realizando seus treinamentos no estádio Olindão e na Escola Aprendizes Marinheiros, no Complexo de Salgadinho, em Olinda. Este ano o clube voltou à elite do futebol estadual este ano, depois de passar 15 anos na série A2. De acordo com o presidente João Antônio Moreira, o grupo do América já está praticamente formado. "Temos 15 jogadores que ficaram da série A2 deste ano e mais 13 que foram contratados recentemente", declarou o mandatário americano. No elenco estão presentes também alguns rostos conhecidos em Pernambuco, como o atacante Silvano, de 31 anos, que já passou pelo Santa Cruz, o meia Almir, ex-Náutico, Lulinha, do Barreiros e Douglas, que estava no Araçatuba de São Paulo, mas já atuou pelo Petrolina. O presidente ainda falou que o América não tem muitos jogadores de destaque, mas estão todos muito dispostos a ajudar o time na competição, que tem como objetivo principal continuar na elite do Pernambucano. "A equipe está uniforme, sem nenhum destaque individual. A aposta é mesmo no grupo, como foi na segunda divisão", disse Moreira. O treinador Luciano Ribeiro concorda que a prioridade é a união. "Esperamos fazer uma boa competição com a força do nosso time", afirmou. Na terça-feira (28) à tarde, no Olindão os jogadores profissionais participaram de um coletivo com os atletas juniores do Instituto de Desenvolvimento Social (IDS). O IDS é uma OSCIP que firmou parceria com o clube da Estrada do Arraial para formar jogadores, uma espécie de terceirização das categorias de base. Este projeto social, dirigido por Ângelo Madureira, visa tratar desses garotos não só no futebol, mas também em outras áreas de profissionalização. O IDS cuida de cerca de 50 atletas, que recebem café da manhã, almoço, lanche após os treinos e auxílio-transporte.

América quer se manter na elite e planeja futuro até 2014

América volta à elite Estadual e organiza uma sólida estrutura no futebol
Novato no Campeonato Pernambucano da Primeira Divisão, o América Futebol Clube tem planos não só para a temporada 2011, como também um projeto para os próximos quatro anos, já de olho na Copa do Mundo de 2014. E a missão de planejar o futuro ficou à cargo do diretor de marketing Augusto Moreira (foto), que passou os últimos 10 dias no Estado de São Paulo.
“Nós temos que programar a temporada 2011, visando as próximas, mas sempre tratando o clube com visão empresarial”, explica Augusto, jovem empresário de 41 anos, e que é um dos braços da família Moreira, há muitos anos ligada ao futebol do América. Em sua estada em São Paulo, além de resolver negócios particulares, Augusto Moreira também visitou vários clubes, conversou com empresários do ramo e pessoas ligadas ao futebol. E também observou alguns jogadores que podem ser “novidades” em janeiro. Nesta quarta-feira ele conheceu a sede da Agência Futebol Interior, em Campinas, e garantiu que "o Futebol Interior é referência para o futebol de Pernambuco e de todo o Nordeste". “Estamos começando do zero, mas queremos aliar os nossos sonhos e idéias aos projetos já bem sucedidos no futebol”, esclarece, sempre demonstrando muita confiança no projeto que será tocado, praticamente, pela família. O presidente é João Moreira, tio de Augusto, com ampla experiência no futebol e na política de clubes. OBJETIVO É FICAR NA ELITE O América garantiu sua vaga na Série A1, em 2010, ao ser vice-campeão da Segunda Divisão – Série A2. O campeão foi o Petrolina, que também subiu para a elite. O objetivo em 2011 é se manter entre as grandes forças. “Viemos de uma competição difícil, porque a maioria dos nossos adversários tinha apoio de prefeituras. Subimos um degrau, mas temos que nos manter de pé. Por isso, nosso objetivo é ficar na elite e nos estruturar fora de campo”, revela Augusto Moreira, que projeto para breve a construção de um centro de treinamento e parceiras que possam viabilizar economicamente o futebol americano. O técnico Luciano Ribeiro já tem o elenco em suas mãos e trabalha arduamente, até o início da competição, em meados de janeiro. A novidade neste ano no Estadual é a venda de pay-per-view, o que vai ampliar a visibilidade da competição. “O campeonato é transmitido para 64 cidades de Pernambucano e o alcance será ampliado. Além disso, o pay-per-view, vai com certeza ampliar a visibilidade para outros centros do país”, comemora Moreira que garante já tem definido acordos importantes na área de marketing. CLUBE DE DUAS CIDADES O América é um dos clubes mais antigos do Brasil. Fundado em 1914, foi por muito tempo, a terceira força no Estado, ficando atrás somente de Sport e Santa Cruz. Só perdeu a posição em meados da década de 60 para o Náutico. Curiosamente, o América tem sede em Recife, mas manda seus jogos na cidade de Paulista, distante 35 quilômetros da capital, porém, dentro da Região Metropolitana. A volta do América também vem associada à volta do Estádio Ademir Cunha à Série A1. Ele estava interditado desde 2006. Agora comporta 10 mil torcedores, três mil a mais do que antes. A sua força pode ser medida por suas conquistas ao longo da história. São seis títulos de campeão e nove de vice-campeão estadual. As suas cores são verde e branco.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

América voltará à sede do Arraial

Do Jornal do Commercio
De volta à elite do Campeonato Pernambucano após 15 anos, o América se prepara para não fazer feio. Dentro e fora de campo. O clube, que assim como o Santa Cruz vai completar 100 anos em 2014, está reformando a sua sede social, localizada na estrada do Arraial, em Casa Amarela. A reinauguração está marcada para o dia 6 de janeiro, quando haverá um coquetel às 19h e a apresentação dos três novos uniformes para o Estadual e dos novos patrocinadores. Na verdade, o que está sendo feito é um isolamento da frente do terreno, onde se encontra a sala de troféus do América, seis vezes campeão pernambucano, do restante da área, alugada já há alguns anos ao colégio NAP. “O retorno à Série A vai dar uma maior visibilidade ao clube, o que requer um cuidado especial com a sede, que precisa estar em melhores condições para receber a imprensa para a apresentação de um atleta ou de qualquer outra ação do clube. Estamos mexendo na parte da frente do terreno, sem prejudicar nosso parceiro (NAP)”, explicou Sérgio Serpa, presidente do Conselho Deliberativo do Periquito. A sede da Estrada da Arraial já foi um centro para grandes atrações da cena artística. Mas aos poucos, com a decadência do alviverde, o espaço também foi perdendo importância. Nos anos 80, o América foi jogar em Jaboatão, no estádio Jefferson de Freitas, se ausentando ainda mais da sua sede. “Estamos resgatando a nossa cidadania, uma vez que a parte administrativa do clube vai voltar a funcionar na sede da estrada do Arraial”, disse o presidente executivo, João Antônio. O mandatário também está acompanhando diariamente o andamento das obras no estádio Ademir Cunha, em Paulista, onde o alviverde vai mandar seus jogos no Estadual. Na próxima segunda-feira, a Polícia Militar vai fazer a última vistoria e dar seu relatório final. O América estreia no Campeonato Pernambucano dia 13 de janeiro, contra o Sport, na Ilha do Retiro. O time segue se preparando para a competição, sob comando do treinador Luciano Ribeiro. Na semana passada, o Periquito goleou a seleção de paulista por 6x1, no Olindão, em Jardim Brasil, que está servindo de palco para os treinos do América as terças e quintas. O América manteve 15 jogadores da campanha na Serie A2, quando subiu junto com o Petrolina. O time sofreu três baixas importantes: Os atacantes Cláudio Romão e Algodão e o zagueiro Joécio, que se transferiram para a Cabense. Em compensação, foram realizadas 13 contratações. Destaque para o atacante Douglas, ex-Araçatuba, do interior de São Paulo.
América voltará à sede do Arraial. Jornal do Commercio. Recife, 29 dez. 2010. ano 92, n. 363. caderno maisEsportes . p. ?

Um ano de crescimento para o América

Com o fim do ano, nos resta fazer uma avaliação de tudo que ocorreu nesta temporada para o Periquito. Para todos os torcedores americanos, é certeza de que foi um ano inesquecível. Arrisco-me a dizer que foi o melhor ano da história nos últimos 20 anos. Um ano em que o clube conseguiu retornar entre os grandes de Pernambuco e, mais importante, mostrou que ainda possui importância no cenário esportivo do estado e porque não, também a nível nacional, conquistando projeção na imprensa bem maior do que o Petrolina, atual campeão da Série A2. É importante destacar todo a evolução do clube após a chegada de João Moreira. O presidente esmeraldino correu contra o tempo com a Prefeitura de Paulista para colocar o Ademir Cunha em condições de jogo seguindo as normas do Estatuto do Torcedor, além de iniciar a segundona com um grupo totalmente diferente do que terminou a competição. Outra façanha a ser destacada foi garantir o acesso a primeira divisão mesmo na dependência do resultado do jogo entre Pesqueira x Timbaúba e precisando vencer o Chã Grande fora de casa. Moreira demonstrou que possui competência administrativa e uma pitada de sorte. Méritos não somente para ele e sua diretoria, como a todos os atletas e membros da comissão técnica. Hoje é comum ver jovens torcedores nas ruas nas faixas de seus treze a vinte anos, que nunca viu o América disputando a elite do estadual, comentando e buscando informações sobre o Alviverde de Casa Amarela. Antes, isso se limitava as pessoas nas margens dos trinta anos, mas hoje já se espalhou por todos os fanáticos por futebol, inclusive em cidades de outros estados que possuem outros clubes americanos. O projeto do Centro Técnico Administrativo também será uma mola propulsora para levar o Periquito aos mais diversos cantos de nosso Estado. Como é bom novamente a camisa do Periquito pelas ruas de Pernambuco, que por muito tempo andava sumida do cenário estadual. Para quem se lembra, achar uma camisa do América era muito difícil há alguns meses atrás, hoje já é corriqueiro na paisagem recifense. Isso mostra que o Campeão do Centenário está no caminho certo.
Texto especialmente criado para a coluna Boletim Americano, do Blog dos Números.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

América divulga programação de treinos

O América anunciou nesta terça-feira a programação de treinos antes do recesso para as festas de fim de ano. Em conversa com o Supervisor Helio Andrade, o clube irá realizar seu treinamentos esta semana no Olindão e na Escola de Aprendizes de Marinheiros. Nesta terça (28), os jogadores iniciarão seus treinos às 15h, no Olindão e, na quarta, o grupo de jogadores juntamente com a comissão técnica irão realizar suas atividades na Escola de Aprendizes Marinhos, pela manhã, às 8 horas. No período vespertino, a partir das 15, os atletas retornam ao Olindão na quinta-feira (30) para participar de treinamento técnico sob o comando do técnico Luciano Ribeiro, sendo dispensados na sexta-feira (31) e no sábado (01), para a comemoração do final de ano junto com seus amigos e familiares. Confira a programação de treinos para a semana: Dia 28/12, Terça-feira: Estádio Olindão 15h Dia 29/12, Quarta-feira: Escola de Aprendizes Marinheiros Marinha, às 8h Dia 30/12, Quinta-feira: Estádio Olindão, às 15 Dia 31/12, Sexta-feira e 01/01, Sábado: Folga do elenco

sábado, 25 de dezembro de 2010

Tonho da Grama, o exterminador de pragas

Texto e imagem de César Lins
Antonio Florenço dos Santos, natural de Campina Grande-PB, chegou em Paulista para trabalhar no Unibol, cuidando dos três campos do CT e desde então, não parou mais. Três campos novos no CT do Porto em Caruaru e dois campos recuperados, o Campo Municipal de Belo Jardim, ainda em Caruaru o Campo do Central, o de Garanhuns, o de Salgueiro, e o do Pica-pau. Já no Estádio Municipal Ademir Cunha aonde vem trabalhando desde o dia 16 de dezembro, juntamente com sua equipe trocou algumas partes do gramado afetadas por uma praga, colocando calcário em todo o campo e, na última quarta-feira (22), adubou todo o gramado.O tempo vem ajudando com chuvas e todos os dias o gramado é aguado pelo sistema de irrigação, também construído por Tonho.
Tonho da Grama tratando o gramado do Ademir Cunha para o Campeonato Pernambucano de 2011.
"Quando for o início do pernambucano o Ademir Cunha vai estar igual ao Maracanã. Vai ficar o melhor. O do Santa Cruz vai ser o segundo melhor gramado do estado de Pernambuco", diz Tonho. Logo após do trabalho de Tonho, será a vez do elenco esmeraldino entrar em campo para os jogos do campeonato pernambucano.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O Mequinha das arquibancadas - 1950

Andando pelas ruas de Sítio Novo em Olinda escutei um senhor perguntando: “ei essa é a camisa nova do América?”. Impressionei-me, pois foi uma das primeiras vezes que reconheceram que aquela era a camisa do campeão do centenário (embora isso não seja difícil, já que tem o site do alviverde escrito nas costas!). Ao me virar notei um senhor com seus 60 e tantos anos. Respondi-lhe e logo puxei assunto para “coletar” algo de sua memória.

Ele me confessou que era tricolor, mas que tinha uma recordação muito boa do mequinha nos seus tempos de juventude. Conhecera um América muito forte capaz de “dar no Bahia lá e quando o Bahia vinha jogar aqui, o único que fazia isso em Pernambuco”, segundo ele. Esse senhor confessou que este foi um dos melhores times que vira jogar nos gramados pernambucanos.

E para justificar, ele recordou um fato do campeonato pernambucano de 1950. Ele contou que nesse campeonato o América jogou as finais contra o Náutico e que em um dos jogos, três gols do mequinha foram anulados, sendo que o gol do alvirrubro foi marcado com uma ajudinha da mão do atacante. A partida terminou 1x1 e foi decisiva para o título dos timbus naquele ano.

Esses relatos são valiosos embora não figurem como os registros oficialmente históricos. Mas eles são significativos, pois trazem as imagens do América na cabeça de torcedores e não a imagem do América da imprensa ou dos documentos oficiais. Esses relatos são dos “Américas” das arquibancadas: querido, admirado, esquecido ou lembrado pelos torcedores; por quem constrói a história.

O relato deste torcedor do Santa Cruz que simpatiza pelo América, como tantos outros, pode ser considerado fantasioso por alguns, mas aqui fica nosso papel: mostrar os fatos das arquibancadas e dos documentos oficiais. Sendo assim, abaixo segue um resumo da campanha do vice-campeonato do América no ano de 1950.

Primeiro Turno

21/05/50 América 3x3 Santa Cruz

04/06/50 Sport 3x1 América

18/06/50 América 2x0 Íbis

30/07/50 América 1x1 Náutico

13/08/50 América 2x2 Santa Cruz

27/08/50 Sport 2x1 América

14/09/50 América WOx0 Íbis

21/09/50 Náutico 4x2 América

Náutico campeão do primeiro turno e o América termina em quarto

Segundo Turno

08/10/50 América 2x1 Santa Cruz

15/10/50 América 2x1 Sport

26/10/50 América 4x1 Náutico

05/11/50 Íbis 2x0 América (o Íbis perdeu os pontos dessa partida)

19/11/50 Santa Cruz 1x1 América

30/11/50 Sport 2x1 América

08/12/50 Náutico 1x1 América

14/12/50 América 5x1 Íbis

O América foi campeão do segundo turno e foi disputar as finais com o Náutico

Final

07/01/51 Náutico 1x1 América

14/01/51 Náutico 3x1 América

21/01/51 Náutico 3x2 América

O Náutico foi campeão e o América vice

Fonte dos dados oficiais: http://www.rsssfbrasil.com/tablesfq/pe1950.htm

Fonte dos dados memoriais: Seu Moisés, morador de Campo Grande-Recife que visitava um irmão em Sítio Novo-Olinda na manhã de 19/12/2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

América faz 6x1 em jogo treino no Olindão

Na tarde desta quinta-feira o América recebeu a Seleção de Paulista no Olindão para um jogo treino. O placar terminou em 6 x 1 para o Periquito, com todos os gols sendo marcados no segundo tempo. Na primeira etapa, que durou 47 minutos, o treinador Luciano Ribeiro escalou o seu time no esquema 4-4-2 com: Bruno no gol, Ronaldo e Roma nas laterais esquerda e direita, Negretti e Fabio Silva na zaga, Leonardo e Vinicius com volantes, Edmilson e Rafinha no meio de campo e Silvano e Lulinha formando a dupla de ataque. Durante o decorrer do primeiro tempo, a equipe esmeraldina criou várias chances de inaugurar o placar, uma delas o atacante Silvano carimbou a trave paulistense. O atacante Lulinha ainda chegou a marcar, mas seu gol foi anulado devido ao impedimento. Para a segunda etapa o comandante esmeraldino mandou para o campo uma equipe formada basicamente de jogadores que participaram da campanha da Série A2 este ano, junto com o lateral esquerdo Neto Bolacha, os volantes Pedro Madureira e o atacante Tassyo, que puderam mostrar ao pequeno público no Olindão, suas qualidades. Assim, o time formou com: Gleibson, Neto Bolacha e Arley na lateral esquerda e direita, David, Carioca e Gilvado formando a zaga, Pedro Madureira e Mousinho como volantes, Lucio no meio de campo e Douglas e Jonatha compondo o ataque. Logo aos 15 minutos a Seleção de Paulista abriu o marcador, após um descuido da defesa americana. Cinco minutos depois foi a do América marcar com Douglas. O atacante ainda chegou a balançar as redes minutos depois, mas o arbitro da partida marcou impedimento no lance. O gol da virada veio com o prata da casa Jonatha, aos 27 minutos do segundo tempo. Três minutos depois o meia Lucio deixou o seu, marcando um belo gol após um cruzamento pela direita, mandando a bola para as redes sem amortece-la no gramado. No lance seguinte após o gol de Lucio, o novato Pedro Madureira ainda carimbou o travessão paulistense com um chute forte. Luciano Ribeiro ainda promoveu a troca dos atacantes. Douglas saiu para dar lugar Tassyo e Branquinho assumiu a posição de Jhonata. Depois disso o Campeão do Centenário ainda três gols com Tassyo e Branquinho. Em sua primeira oportunidade, Tassyo marcou o quarto gol do América, aos 35". Branquinho, também deixou o dele três minutos depois, não tomando conhecimento do adversário e limpando toda a zaga paulistense, parando apenas quando a bola ultrapassou a linha do gol adversário. No último minuto do treino amistoso, o novato Tassyo ainda fechou a conta esmeraldina, marcando o seu segundo gol e o sexto do Campeão do Centenário.
JUNIORES Na partida preliminar, o elenco de juniores do América entraram em campo às 13h30, dividindo o elenco em três equipes, de coletes brancos, verdes e vermelhos. O goleiro Afonso, o lateral direito Thiago Gouveia, o volante Wiltams e o meia-atante Danilo que compõem o elenco profissional participaram dos treinos do elenco sub-20. Todos possuem atletas citados possuem idade para participar do campeonato de juniores. O primeiro tempo de jogo foi disputado entre a equipe de colete verde contra a equipe de colete branco, terminando em 1x0 para os de colete verde. Na segunda etapa, a equipe de vermelho enfrentou os vencedores do primeiro tempo, vencendo-os também por 1x0.

Feliz Natal!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

América marca jogo-treino contra Seleção do Paulista, no Olindão

Ao chegar no América, o técnico Luciano Ribeiro planejou alguns jogos-treinos para preparar sua equipe antes do início do Campeonato Pernambucano. O primeiro está marcado: será contra a Seleção de Paulista, nesta quinta-feira 23 de dezembro, às 15h. Antes do jogo-treino da equipe profissional, a equipe Sub-20 do Campeão do Centenário também irá entrar em campo, às 13h30. Como o Estádio Ademir Cunha ainda passa por obras para poder receber partidas dos clube esmeraldino pelo estadual, o jogo-treino será realizado no Estádio Municipal Eugênio de Araújo, no bairro de Jardim Brasil, em Olinda. O estádio olindense também é popularmente conhecido como Olindão.

Estádio Olindão, local do primeiro jogo-treino do América.

Será a primeira partida de Luciano Ribeiro no comando do América. O primeiro jogo oficial do treinador será 13 de janeiro, contra o Sport, já pelo Pernambucano.

Foto: Otavio de Souza/Prefeitura de Olinda

América define programação de treinos para semana natalina

Visando não quebrar o ritmo de início de temporada, a Diretoria do América juntamente com a Luciano Ribeiro e sua Comissão Técnica, definiram a programação de natal da equipe profissional. Os treinamentos acontecem até a quarta-feira (22) pela manhã, na Escola de Aprendizes Marinheiros em Olinda e, na quinta-feira, ocorrerá o primeiro jogo-treino no Olindão às 15h. Na sexta-feira os atletas serão dispensados para a comemoração do Natal junto com seus familiáres. O retorno será às 15h do dia 26, domingo, no Ademir Cunha, seguindo às 15h30 para o Campo da Mirueira, em Paulista, quando os trabalhos serão retomados. Programação: Dia 22 - manhã treino físico no campo da Escola de Aprendizes de Marinheiros (Olinda) Dia 23 - jogo-treino no Olindão, às 15h; Dias 24, 25 livre de treinamento, com reapresentação na domingo, dia 27 ás 15 horas no Ademir Cunha.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A reconquista da cidadania

Dia 6 de janeiro de 2011. Esta será a data que marcará uma nova página na quase centenária história do América, abrindo novamente as portas de sua sede, situada na Estrada do Arraial. O local será apresentado ao torcedor pernambucano com loja, centro administrativo, além do espaço de visitação, apresentando ao publico a história do clube seis vezes campeão pernambucano. O América passou por período como um nômade, ficando conhecido nos últimos anos como pela imprensa esportiva “o andarilho do futebol pernambucano”. Sua primeira transferência iniciou na década de 80, transferindo-se para Jaboatão e mandando seus jogos no Jefferson de Freitas. No início desta transferência, vieram sonhos e muitas esperanças na redenção do clube alviverde, entretanto, todo este apoio caiu em ruínas após a desclassificação da Taça de Prata em 1982 e logo em seguida, através de conflitos com alguns políticos que compunham a gestão de Geraldo Melo. De lá pra cá foram sucessivas tentativas da busca de um lugar ao sol, quando na realidade ele sempre existiu. O local que um dia também já foi o centro de grandes eventos da sociedade pernambucana com prévias carnavalescas, eventos juninos e o primeiro palco no estado que recebeu o Rei Roberto Carlos, ainda em sua fase de Jovem Guarda aos poucos foi perdendo a sua identidade e caiu no esquecimento na memória dos pernambucanos. Para muitos, a presença de um colégio particular na sede dava para muitos a falsa mensagem da extinção do Campeão do Centenário, exterminada este ano com o retorno do Periquito a primeira divisão do Campeonato Pernambucano, mostrando a todos que o América está mais vivo do que nunca.
Sede do clube, situada no bairro de Casa Amarela, na Estrada do Arraial
O retorno da administração do clube a sua tradicional sede, bem como a abertura do espaço para visitação pública será um momento de grande importância para o clube, que está retornando a divisão de elite do estadual depois de árduos longos quinze anos. Alexandre Moreira, atual vice-presidente de Patrimônio e um dos grandes responsáveis pelo retorno do clube a Casa Amarela foi feliz em sua declaração para a coluna do jornalista Claudemir Gomes, na Folha de Pernambuco, ao dizer que a volta a ocupar a sede na Estrada do Arraial é como se o nosso clube estivesse reconquistando a sua cidadania. Sem sombra de dúvidas, depois da conquista do acesso a Primeirona, este foi outro gol de placa no biênio de João Moreira, trazendo novamente o clube para a sede que foi construída na gestão do seu pai Zezé Moreira, na década de 60.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Três anos de Blog do Mequinha!

Hoje completamos três anos de atividade do Blog do Mequinha. O post que abriu a sequência foi publicado em 19 de dezembro de 2010, ainda quando utilizavamos o Spaces para (veja AQUI). Aquele texto foi escrito há exatamente trê anos. De lá pra cá, foram 492 postagens, 537 comentários e mais de 70.000 page views recheadas de emoções, com pitadas de tristezas, angústias, frustrações, mas graças a Deus, também vieram felicidades, alegrias e grandes amizades, com bons debates sobre o América neste espaço virtual. O perfil do blog foi se moldando com o tempo, tendo como seu precursor Allan Lemos, tentando mesmo que de forma virtual, resgatar a história deste simpatico e vitorioso clube que infelizmente estava sendo esquecida gradativamente da memória dos pernambucanos. Esse tempo, aliás, foi suficiente para reunir vários torcedores americanos, que estavam escondidos no Recife, Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste, Sertão e pelo Brasil e mundo afora... Fica aqui nossos agradecimentos. Saudações Esmeraldinas!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Ano novo, Blog novo!

Fala, torcida esmeraldina! Creio que todos que já observaram que o Blog do Mequinha mudamos seu template, não é mesmo? A partir da madrugada de hoje, teremos ainda mais organização nos conteúdos, um layout mais interessante, área exclusiva para divulgação dos nossos parceiros e, evidentemente, daremos mais ênfase à colaboração e participação dos nossos leitores através do blog. Teremos várias outras novidades, fique sempre de olho. Embora a mudança tenha sido um sucesso, evidentemente que, em toda atualização drástica de sistemas, sempre dá algo incompatível ou que foge as regras. Ao migrar o blog para a nova versão do Blog do Mequinha, perdemos alguma formatações do textos de alguns posts ou as imagens excederam o tamanho das margens. Aos poucos iremos contornar esta situação. Além disso, ainda teremos a participação de um quarto elemento na equipe, o nosso amigo Jefferson Maciel, que irá trazer pra nós um pouco da história do América vista direto das arquibancadas da vida... seja bem vindo! Para o banner deste ano, o Blog do Mequinha se inspirou no "De Stijl", uma arte abstrata iniciada nos paises baixos no ano de 1917, se prolongando até meados de 1950. Para quem gosta de coincidências, este também foi o periodo dos maiores títulos do nosso América! Esperamos que essa reformulação seja útil a todos! Forte abraço!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Treinamento do America

Como haviamos comentando, visitamos o treinamento do elenco americano no último sabado no Estádio Ademir Cunha. As imagens podem ser vistas nos videos abaixo:
Recreação do América-PE, antes do treino

Preparação Física do elenco do América-PE

Preparação dos goleiros do América-PE: Afonso, Bruno, Ibson e Gleibson

Elenco do América-PE aprimorando a finalização em gol

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Jogadores participam de treinamento leve no final de semana

Neste ultimo final de semana elenco alviverde retornou aos treinamentos na manhã deste sábado (11), e na tarde do domingo (12), no Estadio Ademir Cunha e no Campo da Mirueira, respectivamente, dando prosseguimento aos trabalhos visando a estréia do Campeonato Estadual no dia 13 contra o Sport, na Ilha do Retiro. Comandados pelo técnico Luciano Ribeiro, pelo preparador fisico Vitor Hugo e pela assistência técnica de Mauro Branco, o grupo participou de um trabalho de posse de bola em campo reduzido, explorando a marcação e a movimentação, além de fundamentos como o passe e a finalização. Os goleiros Afonso, Bruno, Gleibson e Ibson que terão a missão defender a meta americana no Pernambucano também não tiveram vida fácil. Sob o comando do preparador Junior, os arqueiros americanos treinaram forte para a competição.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Elenco realiza testes físicos no PROCAPE

O início do pré-temporada marca o começo de um novo ciclo de preparação de um clube, e com o América não é diferente. Por isso, durante o inicio da preparação, o preparador físico do Periquito,Vitor Hugo, comandou testes físicos para medir a velocidade, tempo de reação e agilidade dos atletas esmeraldinos. Os resultados serão aproveitados pela comissão técnica no planejamento dos treinamentos para o Campeonato Pernambucano.
Segundo Vitor Hugo, todo o exame cardiológico foi realizado pelo Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco (PROCAPE), situado no bairro de Santo Amaro. Comprovando a ótima estrutura centro médico, as avaliações foram realizadas com os melhores equipamentos para ter total precisão no ato da avaliação, sendo avaliados pela Cardiologista Danielle Batista e auxiliado por Adriene Alencar, Maria Dulcineia Silva, Edna Medeiros e Josineide. Em uma conversa descontraída no treinamento realizado no último sábado (11) pela manhã no Ademir Cunha, Vitor Hugo explicou que os resultados da avaliação realizadas no Procape irão auxiliar a comissão técnica a identificar, em cada atleta, quais aptidões físicas deverão ser trabalhadas com mais ênfase. Após estes testes, será possível periodizar o treinamento individualmente, sabendo quais são as qualidades e os pontos a serem melhorados por cada jogador.
Preparador Físico Vitor Hugo (centro) realizando atividades físicas com o elenco do América
O Supervisor Helio Andrade também salientou que a comissão técnica aguarda os resultados cardiológicos para dar inicio aos amistosos.

Atacante Zé Maria não vem mais para o América

O atacante Zé Maria, 28, que estava no Campinense Clube, de Campina Grande, não virá mais para o América . A contratação do jogador foi anunciada na última quinta-feira, após o acerto, entretanto, ontem o atacante manteve contatos com o clube e revelou que acertou a transferência para o futebol chileno. Diante desta perda, a diretoria do clube está em busca de outro atacante.
Zé Maria, em sua primeira passagem no futebol chileno
Este ano Zé Maria atuou no Corinthians de Caíco pelo Campeonato Potiguar e pelo Campinense, na Série C do Campeonato Brasileiro, sendo um dos principais artilheiros destas equipes.
Outro atleta que não irá defender a camisa esmeraldina no Campeonato Pernambucano é o experiente volante Batata, de 32 anos. O atleta que atuou este ano pelo Crato-CE e ficou marcado pela grande passagem no Santa Cruz, em 1999, quando garantiu o acesso do Tricolor do Arruda à primeira divisão chegou a apresentar-se ao América, porém, acabou não assinando contrato com a equipe de Luciano Ribeiro.

Ademir Cunha está de volta

Por Elias Roma Neto, do Jornal do Commercio
Estádio de Paulista, que ficou sem a Primeira Divisão do Pernambucano desde 2006, sediará jogos em 2011 tendo América como mandante
Do acidente de 2006 para a nova chance em 2011 foi uma longa espera. Interditado pelo Ministério Público por problemas estruturais há cerca de cinco anos, o estádio Ademir Cunha voltará a figurar como um do palcos da Série A1 do Campeonato Pernambucano na próxima temporada, sendo usado pelo América. Com a estreia do Mequinha como anfitrião marcada para o dia 16, contra o Porto, as reformas para deixar tudo nos trinques estão sendo tocadas a pleno vapor. Para lembrar um pouco da história, é preciso mergulhar na Primeira Divisão do Estadual de 2006, mais especificamente na rodada de estreia. A festa pelo início da competição envolvia o mandante Estudantes e o Sport. No entanto, fora de campo, a desorganização na troca de ingressos por feijão ou arroz do programa Futebol Solidário desesperou vários torcedores. Com medo de ficar de fora da partida, um grupo tentou pular um muro nas cercanias do estádio. O resultado foi a queda da construção sobre 15 pessoas, deixando duas gravemente feridas.
Na ocasião, a responsabilidade foi jogada de uma autoridade a outra, até a interdição. Hoje, o presidente do América, João Antônio, descarta uma situação como aquela voltar a acontecer. “Foi diferente, pois não teve nada a ver com o estádio, e sim com um muro de divisão”, afirmou. Passado à parte, o Ademir Cunha está atravessando uma fase de reformas, iniciada no último dia 1º. “A Polícia Militar esteve lá e fez um laudo técnico para a Segunda Divisão (neste ano). O mesmo laudo serviu para a Série A1, com algumas observações. Está tudo correndo dentro do prazo”, afirmou Júlio José, chefe do departamento de Esportes da prefeitura e presidente da liga desportiva de Paulista. Alguns pontos que precisam ou estão sendo resolvidos são asfaltagem do acesso para os deficientes (cujo caminho até a entrada é de barro), instalação de uma grade entre uma torcida e outra, construção de colunas de reforço no muro do gradeado e troca de iluminação foi trocada. Quanto ao gramado, realiza-se um tratamento para acabar com algumas pragas em pontos específicos. A expectativa é que daqui a cerca de 25 dias a grama esteja preparada para receber os jogos do Pernambucano. VISTORIAS Todos os estádios que receberão jogos da Série A1 passaram por uma vistoria inicial no começo de novembro. A segunda já aconteceu na Ilha do Retiro, Arruda e Aflitos e deve chegar aos outros locais a partir do dia 18. A terceira e final vista acontecerá em janeiro. “Percebemos que o Ademir Cunha merecia uma maior atenção, mas as obras estão sendo feitas. Em janeiro, os estádios terão de ter os laudos para poder receber jogos (vigilância sanitária, bombeiros, PM e de engenharia)”, disse Murilo Falcão, diretor-técnico da Federação Pernambucana de Futebol.
Ademir Cunha está de volta. Jornal do Commercio. Recife, 12 dez.2010. ano 92, n. 346. caderno maisEsportes . p. ?

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Depois de 15 anos fora da 1ª divisão, América treina para permanecer na elite

Do Portal PE360 Graus
O plantel de 28 jogadores tem apenas cinco atletas veteranos; reparos no estádio são algumas das prioridades para a pré-temporada
O grupo do América para o Pernambucano de 2011 será composto de 28 jogadores. Alguns ainda não chegaram, mas já tem muita gente nova no clube. Um deles, o goleiro Bruno, ex-Santa Cruz. “Fui revelado no Santa Cruz, depois fui para Santa Cruz do Capibaribe, depois pra Santa Cruz do Rio Grande do Norte e agora estou aqui esperando enfrentar mais uma vez o Santa Cruz. O América está aí, firme. Vamos fazer um bom trabalho aqui”, contou o confiante arqueiro. Os novatos se juntam aos cinco remanescentes do grupo que conquistou o acesso este ano. O lateral-direito Arley, também formado nas categorias de base do Santa, participou da campanha vitoriosa: “a gente uniu o grupo, o professor que esteve aqui com a gente fez um bom trabalho também e, graças a Deus, com a união do grupo, a gente conseguiu nosso objetivo”. O novo comandante do América pernambucano é Luciano Ribeiro, que este ano passou pelo Porto, Barreiros e Centro Limoeirense. O investimento geral para o campeonato deve girar em torno de R$ 750 mil, incluindo folha salarial e os custos da competição. O América está de volta à primeira divisão depois de 15 anos. A última participação tinha sido em 95. Quando entrar em campo no dia 13 de janeiro, na Ilha do Retiro para enfrentar o Sport, o clube que fará 100 anos em 2014 dará a largada para um desafio: permanecer na elite. “Dentro da própria competição tem outros objetivos a serem alcançados, ficar entre os oito, de quinto a oitavo, que vão disputar quem é campeão do interior. Do primeiro ao quarto vai disputar o título e consequentemente conseguir a vaga para a série D do brasileiro, então são etapas, são objetivos que podem ser alcançados, Nós temos esse sonho, então vamos em buscar desse sonho, é muito importante sonhar”, revelou o técnico. Antes de começar a sonhar, porém, é preciso trabalhar para deixar o estádio Ademir Cunha, em Paulista, pronto para se adequar às exigências do Estatuto do Torcedor. Muita coisa precisa ser feita até o início do Campeonato Pernambucano. E o trabalho já começou. “A gente teve que praticamente reformular, repaginar o estádio, fazer reformas hidráulicas, elétricas, relocar bilheterias, ajeitar o gramado”, contou o diretor de futebol do América, Roberto Couto.
Por isso, o primeiro reforço escalado para entrar em campo foi Antônio Florêncio dos Santos. Ele tem fama de matador. Calma! Matador de pragas de gramado. Por conta da habilidade ele é conhecido como Tonho da Grama.

Se depender dele, as más condições do gramado estão com os dias contados: “quando for no início do pernambucano ele vai estar igual ao Maracanã. Vai ficar o melhor. O do Santa Cruz vai ser o segundo”.

Depois que Tonho fizer o trabalho dele, é a vez do elenco entrar em campo para os treinamentos.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

América é o sétimo melhor clube do estado no Ranking da CBF

A Conferação Brasileira de Futebol (CBF) atualizou o ranking nacional de clubes nesta quarta-feira (08). Nesta temporada, Sport, Náutico, Santa Cruz, Central e Salgueiro foram os clubes locais que disputaram as competições nacionais organizadas pela CBF. Sem participar de competições nacionais desde 1990, quando o América participou da Série C do Campeonato Brasileiro, o alviverde estacionou no ranking com 25 pontos. Este ano o clube caiu quatro posições, ficando na 175ª colocação. Com a atualização do quadro de pontuação da CBF o América ainda caiu uma posição, considerando-se apenas os clubes de Pernambuco. Como o Salgueiro conquistou o acesso a Série B do Campeonato Brasileiro, o Carcará dobrou a sua pontuação na nova atualização, saindo de 17 pontos para 34 e dando um salto de 47 posições, ultrapassando o América e o Porto de Caruaru, que encontra-se com os mesmos 33 pontos.
Apenas pra critério de curiosidade, o América de Pernambuco permanece como a quinta melhor 'clube americano' no Ranking da entidade máxima do futebol, embora esta posição já encontra-se ameaçada, haja visto que o América de Manaus com o acesso para série C garantiu este ano dez pontos, saindo da 343ª posição para a 212ª. O América de Natal apesar do rebaixamento para a Série C, continua mantendo a alcunha de melhor América do Brasil.
Veja o ranking completo de 2010 clicando AQUI.

América renova com a Rota do Mar por mais uma temporada

Marca de Santa Cruz do Capibaribe é 'pé quente' e esteve presente nas última conquista do Campeão do Centenário
América e Rota do Mar renovaram por mais um ano e a empresa de Santa Cruz de Capibaribe será a marca esportiva oficial do Campeão do Centenário. Conhecida por vestuários modernos e despojados no estilo Surf, ela também patrocina clubes do futebol nordestino, a exemplo do Ypiranga (Santa Cruz do Capibaribe), Central (Caruaru), Vera Cruz (Vitória de Santo Antão) e clubes de fora do estado, como o Nacional de Patos (Paraiba). Ano passado a empresa teve sua marca vinculada ao tradicional clube colombiano, o Independiente de Medellín que por quatro vezes foi campeã nacional da primeira divisão daquele país e semi-finalista na Taça Libertadores da América em 2003. Parceria iniciada em maio de 2009, o Alviverde da Estrada do Arraial entrou em campo pela primeira vez junto com a Rota do Mar diante do Vera Cruz, em Vitória de Santo Antão, e este ano, participou da conquista do retorno esmeraldino para a Primeira Divisão do futebol pernambucano. O contrato foi ampliado para a temporada de 2011 e, com a renovação, o clube vai receber material esportivo oficial para jogos, treinos e viagens. Na semana passada, o presidente João Moreira antecipou que este ano o clube contará com três padrões de jogos, todos devidamente aprovados pela Diretoria de Marketing do Periquito para a confecção. Segundo nota no site oficial do clube, em 2011 a camisa oficial do clube estará à venda nas principais lojas esportivas de Pernambuco, nas revendedoras Rota do Mar e na sede do clube, situada na Estrada do Arraial, bem como nos jogos realizados no Estádio Ademir Cunha, em Paulista.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Luciano Ribeiro no Lance Final

Neste ultimo domingo (05), o técnico Luciano Ribeiro conversou com a reportagem do Programa Lance Final, na Rede Globo Nordeste. Conhecido com pelo seu jeito sereno e calmo de trabalhar com suas equipes, o treinador apresentou ao público do programa esportivo os objetivos do América para o Campeonato Pernambucano 2011. Para quem não assistiu pela televisão, esta é a oportunidade.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

América anuncia contratação de cinco reforços

O América anunciou hoje, dia 03, a contratação de cinco reforços para o Campeonato Pernambucano de 2011. São os meias Robinho e Rafinha, que estavam no futebol paulista, o zagueiro Negretti , que jogou no Vera Cruz e este ano pelo Campeonato Pernambucano, e o atacante Zé Maria, que estava no Campinense-PB e já jogou no Ceará e passagens pelo futebol chileno e iraniano. Outro reforço para o ataque é Otacilio, que jogou no Barreiros-PE neste ano na Série A2. Em breve, ficha técnica dos novos reforços.

América não quer fazer feio na volta

Do Jornal do Commercio
De volta à elite do Estadual depois de 15 anos, o América não quer fazer feio em seu retorno. Vice-campeão da Série A2, o alviverde, que já conquistou seis títulos pernambucanos, já está treinando no Ademir Cunha, em Oaulista, onde pretende mandar seus jogos na competição. Todos os exames médicos já estão praticamente concluídos e o técnico Luiciano Ribeiro deve começar os primeiros trabalhos com bola. O elenco perdeu algumas peças, como o goleiro Anderson (foi para o futebol paulista) e o atacante Müller, que se transferiu para o Sousa, da Paraíba. Em compensação, atletas do interior de São Paulo foram contratados. Para o presidente João Antônio, eleito no começo deste ano, o principal objetivo do Periquito é se manter na Série A1. "Quando assumi o cargo, estabeleci como meta voltar à Primeira Divisão. Agora o objetivo é permanecer na elite. Isso porque temos um projeto para o centenário do clube, em 2014, mas isso passa pela manutenção do time na Série A1", disse João Antônio. O América vai lançar um projeto em parceria com a Prefeitura de Abreu e Lima para captar investidores para a construção de um Centro de Treinamentos. Até agora, a sede do clube, na Estrada do Arraial, não está envolvida no projeto. ADEMIR CUNHA Antes de pensar em CT, o América espera que a Prefeitura de Paulista conclua as obras no Ademir Cunha. O estádio está passando por reformas estruturais, tudo para evitar que se repitam os problemas que ocorreram em 2006, no jogo entre Sport e Estudantes. A Federação Pernambucana de Futebol não estipulou a data da última vistoria no estádio, mas confirmou que o prazo é de 30 dias antes do início do certame. O América estreia no Pernambucano no dia 13 de janeiro, contra o Sport, na Ilha, no Clássico dos Campeões. Até a conclusão das obras no Ademir cunha, o alviverde vai treinar no campo da Mirueira e na Escola de Aprendizes-Marinheiros, em Olinda.
América não quer fazer feio na volta.Jornal do Commercio. Recife, 02 dez.2010. ano 92, n. 336. caderno maisEsportes . p. 3

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

A volta do América

Texto publicado na Revista Torcida, em Outubro de 2010
Um dos mais tradicionais clubes do futebol pernambucano, o Mequinha retorna à elite e sonha com vaga na Série D
No futebol pernambucano, todos dizem que o segundo time no coração é o América. E a “imensa torcida” explodiu de alegria com o resultado do Campeonato Pernambucano da Série A2, quando o alviverde conquistou uma das vagas à elite do estadual, ao terminar em segundo lugar na competição estadual, perdendo para o Petrolina. Longe da Primeira Divisão desde 1995 e próximo do centenário (que acontece no dia 12 de abril de 2014), o América, clube da Estrada do Arraial, é um dos mais tradicionais do futebol nacional. Nasceu João de Barros e virou América anos depois, em homenagem ao time carioca. São seis títulos estaduais (1918, 19, 21, 22, 27 e 44). Só não conquistou o Pernambucano de 1920 por ter desistido de participar da competição. Coisas do futebol da época. O título da década de 40 foi o último que não ficou com o Trio de Ferro da capital. A última decisão foi em 1952, perdendo para o Náutico. Ainda são nove vices do Pernambucano (sendo o último em 1952) e 11 conquistados do extinto Torneio Início. E, poucos sabem, mas os duelos com os grande também tem suas expressões. O jogo contra o Náutico é conhecido como o “Clássico da Técnica e Disciplina”; na partida diante o Sport, temos o “Clássico dos Campeões”; e o confronto contra o Santa Cruz é chamado de “Clássico da Amizade”. O América ficou conhecido nos últimos anos como “o andarilho do futebol pernambucano”. No Estadual da Segunda Divisão deste ano o campo foi o Ademir Cunha, em Paulista. E o presidente do clube, João Antonio Moreira, avisa que a cidade da Região Metropolitana vai continuar sendo a casa do torcedor americano. “Desde o momento em que conquistamos nossa vaga, estamos conversando com a Prefeitura do Paulista. O estádio tem condições de receber um grande público, principalmente nos duelos contra os grandes. Virou a casa do torcedor do América, que se sente bem no Ademir Cunha”, disse o dirigente. Vale lembrar que o projeto do clube sempre foi ter um estádio. A sede do América, que fica na Estrada do Arraial, desde 1951, vem sendo colocada em diversas conversas para servir como moeda de troca para a construção do estádio e do Centro de Treinamento do clube. Atualmente, a sede funciona um colégio e está em uma área bem valorizada.
Sede do América situado na Estrada do Arraial, no bairro de Casa Amarela
Um projeto foi apresentado aos torcedores e à imprensa ainda no ano passado e gira em torno de R$ 1 milhão. Além do estádio, moderno e com capacidade para cinco mil pessoas e com espaço para ampliações. Ao lado, um CT para receber a futura geração do América. Tudo, porém, vem sendo trabalhado na surdina, com muito cuidado. Mas, o pensamento do América é outro em 2011. “Evidentemente que estamos fazendo tudo como o maior cuidado, sem dar passos largos. Mas, vamos brigar para ser a quarta força do futebol pernambucano. Com isso, estaremos garantindo uma vaga no Brasileiro da Série D”, planeja João Antonio Moreira. Para isso, a diretoria acertou a renovação do técnico Paulo Junior*, responsável pela volta do clube à elite do futebol estadual. Vale destacar o currículo vitorioso de Paulo Junior. Em 2009, conquistou o título da Copa do Interior pela Seleção do Paulista e conseguiu montar a equipe do Salgueiro que iniciou a campanha deste ano da Série C. No comando do América pelo Pernambucano da Série A2, Paulo Junior contabilizou nove vitórias, três empates e sete derrotas, em 18 jogos disputados, o que dá um bom aproveitamento de 55,6%. Paulo Junior é filho de Paulinho, um dos craques do passado do Náutico, da época do hexacampeonato estadual. E o Glorioso Alviverde da Estrada do Arraial promete voltar a ser grande no futebol pernambucano. E, pelo trabalho que está sendo planejado, o Periquito – mascote oficial do América – vai aparecer por todo o Estado.
REVISTA TORCIDA. Recife: [s.n], n. 11, Ano 2, out/2010. 50p. A volta do América. p.18-21.
* Paulo Junior não é mais treinador do América. Saiba detalhes, clicando aqui.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Joecio Santos não é mais jogador do América

O zagueiro Joecio Santos não é mais do América. O jogador não renovou com o Campeão do Centenário e o atleta irá defender a Cabense no Campeonato Pernambucano e se apresentou ontem com os demais atletas no Estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho. Joecio disputou a Série A2 deste ano pelo América e fez sua estréia com a camisa esmeraldina na terceira rodada da primeira fase da Série A2, na vitória de 1x0 contra o Barreiros. Ao todo, o ex-zagueiro esmeraldino disputou 17 jogos, sofrendo apenas 1 cartão amarelo e marcando 2 gols, na vitória contra o Carpinense em Carpina por 2x1 e contra o Ferroviário do Cabo pelo mesmo placar, no Cabo de Santo Agostinho, marcando o gol da virada aos 44 minutos do segundo tempo, e garantindo a classificação com uma rodada de antecipação para a segunda fase da segundona.