segunda-feira, 24 de maio de 2010

América vence a primeira na Série A2

Tradicional equipe alviverde derrotou o Barreiros por 1x0, ontem, em Paulista

Em seu primeiro jogo na nova casa, o Estádio Ademir Cunha, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), o tradicional América venceu o Barreiros por 1x0, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano da Série A2. Com os três pontos conquistados ontem, o Mequinha subiu para a oitava colocação. Já o Barreiros caiu para sexto.

Como se vem observando nas rodadas da Série A2 deste ano, se faltou qualidade técnica aos jogadores em muitos lances, sobrou disposição e garra em campo. No primeiro tempo, o embate começou truncado, com as equipes disputando acirradamante a posse de bola no meio de campo. Logo aos seis minutos, surgiu a primeira chance clara. Depois de driblar dois defensores, o atacante do América, Branquinho, chutou em cima do goleiro Delone.

O alviverde recifense buscava se lançar ao ataque, com as jogadas articuladas entre o meia Almir e o atacante Branquinho, enquanto a Raposa do Litoral procurava trocar passes no meio de campo, mas sem se arriscar muito à meta do arqueiro adversário. Melhor para o América, que aos 33 abriu o placar depois de uma falta cobrada por Almir e facilmente aceita pelo goleiro Delone. Depois de sofrer o gol, o Barreiros despertou e começou a avançar ao ataque, mas sem muita eficiência. A melhor oportunidade para a equipe do Litoral foi uma cabeçada de Léo Gama, aos 37, prontamente defendida pelo goleiro Eduardo.

Na segunda etapa, o Barreiros tentou ensaiar uma reação, mas não foi o suficiente para segurar o ímpeto dos jogadores americanos, que empurrados pela torcida, dominavam a partida e saíam com velocidade em busca do segundo gol. O cenário era o mesmo dos primeiros 45 minutos: O América chegava com mais eficiência ao ataque através da boa movimentação de Branquinho, enquanto a Raposa continuava pecando nas finalizações.

Aos 12 minutos, o lateral americano Gilvan fez grande jogada pela direita e tocou rasteiro para o atacante Claudio, que sozinho na grande área desperdiçou a oportunidade de aumentar a vantagem no placar. O Barreiros só assustou mesmo no final da partida, quando depois de um escanteio, o zagueiro Fábio Silva subiu sozinho e cabeceou rente à trave. Entretanto, o dia era de fato do Mequinha, que ainda teve mais duas chances de gol, ambas com Branquinho, que nas oportunidades acabou sendo interceptado por Delone. O resultado não poderia ser outro: festa nas arquibancadas e vitória do América, que conquistou seus primeiros pontos na competição.

Publicado na Folha de Pernambuco, dia 24/05 por Terni Castro

0 comentários:

Postar um comentário