terça-feira, 31 de agosto de 2010

A hora do retorno para Petrolina e América

Time do Sertão conquista com sobras o título da Série A2 e volta a elite junto ao tradicional América
Petrolina e América estão de volta à Primeira Divisão do Campeonato Pernambucano de Futebol em 2011. As duas equipes selaram suas classificações na tarde de ontem, após a disputa da última rodada da segunda fase. Dona da melhor campanha de toda a competição, a Fera Sertaneja ficou com o título da Segundona estadual, enquanto o Mequinha sagrou-se vice-campeão. O Petrolina retorna à Primeira Divisão após ter sido rebaixado em 2009. Já o América, que tem em seu currículo seis títulos pernambucanos, estava afastado da elite do futebol estadual há 15 anos. Em 201, eles estarão na Série A1 ao lado de Sport, Náutico, Santa Cruz, Porto, Central, Vitória, Ypiranga, Araripina e Cabense. AS Segunda Divisão do Campeonato Pernambucano de 2010 foi disputada por 13 equipes. Foram realizadas 96 partidas, com 300 gols marcados em todo o certame - média de 3,12 por confronto. A artilharia do torneio terminou com Nego Pai, do Belo Jardim, que balançou as redes adversárias em 11 oportunidades. A rodada decisiva de ontem teve de tudo. A parte monótona ficou por conta do grupo 3. O Petrolina goleou o Belo Jardim, por 5x1, e não deu chances para as pretensões do Olinda, que também concorria diretamente pela vaga na Primeira Divisão. Por isso, de nada adiantou a vitória dos olindenses para cima do Centro Limoeirense, arrancada no fim da partida, fora de casa por 2x1. As duas equipes terminaram a segunda fase com 12 pontos, só que o Petrolina teve um saldo de gols bem melhor: 11 a 5. Os tentos do time foram marcados por Oziel, Paulinho, Gilson Costa, Lau e Henrique, enquanto Nêgo Pai descontou para o Belo Jardim. Na outra partida da chave, Oséias marcou duas vezes para o Olinda e Zé CArlos fez o gol de honra do Centro. No Grupo 2, o que sobrou foi emoção. Após vencerem o Chã Grande por 4x1, os jogadores do América permaneceram no gramado, quase imóveis, esperando pelo fim da outra partida da chave. Mais um gol do Timbaúba, que vencia por 3x2, poderia lhes tirar a classificação para a Primeira Divisão. Cinco minutos depois, como o placar seguiu inalterado, o Mequinha pôde então comemorar o seu retorno à elite do futebol estadual graças ao segundo critério de desempate, os gols próprios (11 a 10). As duas equipes somaram 12 pontos.
O herói da classificação do América foi o atacante Muller, de 21 anos, que marcou três gols da partida. Durante a semana, a escação dele esteve ameaçada por conta de problemas extracampo. É que a esposa do atleta, Daniele, estava grávida, passou mal e acabou abortando. Ela permanece internada no Hospital do Imip, no Recife. "Foi uma semana de muito sofrimento para mim. Havia prometido que, se entrasse em campo, faria um gol para ela. Daniele sempre esteve ao meu lado, dando-me todo apoio necessário para superar as dificuldades", afirmou Muller. "Sinto-me gratificado por ajudar um clube de tanta história no futebol pernambucano a retornar a divisão de elite", completou. O outro gol do América foi por Mousinho, enquanto Careca descontou para o Chã Grande. Em Pesqueira, a vitória do Timbaúba foi escrita com gols de Índio Baiano e Marcelo Paraíba (2). Já Dunga e Lia descontaram para o time da casa.
(Jornal do Commercio. Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010.)
-****-
Vote do Blog do Mequinha no Prêmio BlogBooks 2010. Clique aqui.
Vote no Blog do Mequinha no Prêmio Top Blog 2010. Clique aqui.
Siga o Blog do Mequinha no Twitter. Clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário