terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Aquele abraço Alviverde

Futebol é acima de tudo a arte de se divertir. É num estádio onde extravasamos sentimentos de crítica à autoridades e os mais sublimes pensamentos estrategistas. Mas só curte o futebol quem sabe curtir o além da partida: o antes e o depois do jogo.

E foi isso que aconteceu nesse domingo. Nosso grupo dessa vez aliou mais algumas pessoas e partimos numa caravana automobilística rumo à capital das Alagoas, para assistir a uma intrépida partida entre América e CRB.

Ao longo do caminho conhecemos novas paisagens e fizemos novas amizades.

Obviamente ninguém contava que a torcida do América poderia ir ao jogo. Na verdade, ninguém contava nem que o América tinha torcida. Mas estávamos lá!

Junto ao burburinho típico das massas dez gatos pingados apareceram para representar o esmeraldino de uma rua 350 km distantes do tradicional e aconchegante estádio da Pajuçara.

E como o acaso ou a mão de Deus estão sempre protegendo os aventureiros, no meio da massa alvirrubra um diretor da torcida organizada improvisou uma recepção calorosa para aqueles gatos pingados de tom esmeralda. E foi ele quem abriu as portas da casa do Galo de Campina. Allan é o nome desse enviado do destino e nós fazemos nosso sincero agradecimento a ele. Através dele chegamos ao simpático e cordial Jorge Cunha, integrante da direção do CRB e ele nos permitiu (de graça!!!) assistir ao jogo das sociais, num conforto que nem o mais otimista do nosso grupo acreditava que desfrutaríamos.

E foi assim que assistimos a essa partida. Aqui vão os sinceros agradecimentos aos colegas Diogo Araújo, que fez as fotos que vocês verão no flickr, as namoradas Ítala e Carla que nos acompanharam com paciência e a D. Adra que aguentou e se divertiu e muito com todas as presepadas do jogo.

Aos torcedores do CRB, especialmente ao Allan, à diretoria na figura do Sr. Jorge Cunha nosso abraço e até breve. E novamente, a esses torcedores agradecemos pela simpatia e bom humor durante o breve convívio.

Viva ao futebol!

Viva ao Mequinha!

0 comentários:

Postar um comentário