quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Santa Cruz 3 x 1 América

Santa 3 x 1 América. Esse placar não deixa qualquer dúvida de quem mandou no jogo o tempo todo. Infelizmente o América de novo repetiu uma apresentação fraca, assim como foi contra o Porto no domingo.

O time coral entrou com um ritmo muito contundente nos primeiros 15 minutos de jogo e não demorou muito para abrir o placar. E daí em diante as porteiras se abriram, quando aos 30 minutos o tricolor já estava com o escore de 3 x 0. As substituições feitas para este jogo pareciam não ter surtido efeito. E o América se mostrava mal posicionado em campo e abatido, como se já estivesse entrado derrotado.

No entanto, o Santa pisou no freio e diminuiu o ritmo, talvez pensando na longa viagem que terá para o jogo de quinta-feira. Com o isso o Mequinha começou a aproveitar os espaços deixados em campo para tentar explorar a defesa tricolor. Mas mesmo assim, ainda estava muito longe daquilo que os torcedores se acostumaram a ver no ano passado, quando o ataque esmeraldino se mostrava muito volumoso e teimava em perder oportunidades de gol.

De qualquer forma, Silvano marcou um gol de cabeça e fez o primeiro gol do mequinha na série A1 desde 1995, depois da vitória sobre o Estudantes que o livrou do rebaixamento.

O segundo tempo foi marcado por um futebol lento e o Santa continuou cadenciando o jogo, enquanto o América tentava chegar ao ataque. Mas logo no início veio um banho de água fria com o pênalti feito por David. Sorte do Mequinha que Thiago Matias foi infeliz na sua cobrança.

Após o pênalti o América voltou a esboçar uma pressão, mas um novo banho de água fria fez com que o time alviverde não tivesse mais chances na partida: David foi expulso após fazer falta dura em Landu e receber o segundo cartão amarelo na partida. E nosso xerife anda muito aquém daquilo que ele está acostumado a ser.

Enfim, o América apresentou uma futebol pouco ousado e pouco eficiente na saída dos contra-ataques. Ainda carecemos de uma melhor articulação entre o meio-campo e o ataque. E não é por falta de elenco. Temos jogadores que podem desempenhar bem esse papel e já provaram que conseguem em várias ocasiões. Falta colocar as peças nos devidos lugares; onde elas podem render mais. Estamos falando de jogadores como Mousinho, que possui boa visão de jogo, Lúcio, que é habilidoso e que não tem característica de jogador de marcação e de Almir, que esperamos a recuperação para melhorar o meio-campo do América e torná-lo mais eficiente na ligação com o ataque.

Sabemos que nossos objetivos na competição são modestos e acreditamos que temos elenco para isto. Mas é necessário uma reflexão do que está fazendo esse elenco render abaixo do que se espera dele. E isto não se resume apenas a derrota para o Santa Cruz. Esperemos mais sorte diante do Central e desejamos força aos nossos jogadores.

5 comentários:

  1. PEÇO A TODOS QUE NÃO DESANIMEM,POIS PEGAMOS 2 TIMES PODEROSOS NAS PRIMEIRAS 3 RODADAS,ACHO QUE NOSSO TIME PODE RENDER MAIS.
    VAMOS PRA CIMA DELES.
    O PRIMEIRO GOL JÁ FIZEMOS.
    VAI MEQUINHA,NÓS CONTINUAMOS ACRADITANDO.
    DE MARCÃO

    ResponderExcluir
  2. Sim não devemos nos desanimar! Para frente mequinha!

    ResponderExcluir
  3. Olha acredito , que é apenas uma uqestão de tempo para o America , se encontrar na competição, desde o primeiro jogo , que vejo o America jogando muito temeroso,preso, quando na realidade deveria estar jogando solto e indo para cima do adversario, e o fundamental jogando com alegria. Não desanimem nunca , é apenas começo de campeonato , podemos recuperar . e sei que o time vai dar a volta por cima , tenho certeza.

    ResponderExcluir
  4. é brincadeira o Luciano Ribeiro ter colocado o Lúcio no banco .. ele vinha jogando bem e é um dos melhores meias do time (ele é meia-atacante, e ainda colocou ele na "fogueira" quando time já perdia de tres .. eletem que ser titular nesse time e o Jonatha (atacante) tem que ter oportunidade ele é rapido e joga muito .. Vamo com tudo pra cima do Central !!

    ResponderExcluir
  5. É uma fase de adaptação.
    Mas é necessário se ligar também.

    O América não deve se focar nos clássicos. Deve jogar como se fosse um jogo "pra cumprir tabela".

    Os principais adversários do Mequinha são Vitória, Petrolina, Araripina e Ypiranga!!!

    Não esqueçam que a meta deste ano é permanecer!

    Foco, que tudo dará certo.

    ResponderExcluir