quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Será dado o pontapé inicial

Quinta-feira, 13 de janeiro de 2011. Depois de muito lutar, tanto sofrimento em quinze anos na Série A2 do Pernambucano, finalmente o América retorna à elite do futebol estadual. Aos poucos, os torcedores que estavam ausentes na vida do clube estão retornando ao convívio e se acostumando a ver nosso time sendo falado novamente em todos os jornais e noticiários do estado. Antes que a bola venha a rolar, aposto que estão vindo diversos pensamentos na cabeça dos torcedores mais antigos do clube.
Quem não se lembra da confusão gerada pelo licenciamento do América na década de noventa, que acabou culminando ao rebaixamento no Campeonato Pernambucano? Com a interiorização do América, chegando a passar pelos municipios de Ipojuca, Bonito, Goiana, Timbaúba e Vicência? Parece que foi ontem o retorno do Campeão do Centenário ao Grande Recife, mais precisamente a cidade do Paulista, quando a torcida americana novamente se reuniu para fazer uma grande festa. Naquele momento, apenas jogar bola e ver o time participando de um campeonato já era suficiente. Não precisava ganhar, ver o Periquito no Ademir Cunha já nos fazia um bem enorme. Bem antes destes episódios, não podemos esquecer do ano de 2008, quano o América deixou escapar a vaga para a série A1 do Pernambucano perdendo para a vaga para a Cabense, na semifinal da segundona, em um jogo pra lá de Mandrake. Estaria ali o fracasso do América? Não, a história mostrou que aquele dia seria marcado como o dia do recomeço esmeraldino. Depois de uma década e meia voltamos mais fortes, vendo o glorioso alviverde da Estrada do Arraial a enfrentar o Sport, o mesmo time que em tempos idos nos tinha como grande rival, dando a este encontro a denominção de Clássico dos Campeões. Aqueles que irão comparecer a Ilha do Retiro irão vivenciar e comemorar mais um importante momento na trajetória desse Periquito que mais se parece com uma Fênix, ave mitológica que ressurge das cinzas. Como americano, desejo arduamente a vitória nesta estréia contra o Sport, contudo, diante da importancia do retorno esmeraldino, o resultado terá a menor das importâncias. Seja bem vindo, Campeão do Centenário!
*A foto acima é do elenco de 1995, que salvou o América do rebaixamento, dentro do campo, na partida extra contra o Estudantes, de Timbaúba. Saudações ao ex-atleta Edvaldo, que fez parte deste grupo e atualmente reside no município de Paulo Afonso, Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário