quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Lanterna Verde? Eu quero ser é Capitão América!



Todo mundo já sonhou em ser um super-herói, até você que está lendo agora o Blog do Mequinha. (Sim, não minta para si mesmo. Vai dizer que você nunca fez da toalha de mesa de sua mãe para brincar de super-homem?) Muitas crianças (e alguns adultos, diga-se de passagem) gostariam de ter superpoderes por diversos motivos. O fato é que para nós existem heróis e “heróis”, principalmente quando levamos para o lado verde da força.

Antes de iniciar a competição, pensamos que teríamos um time como se fosse Incrível Hulk da vida, com um ataque furioso dentro de campo, e uma defesa robusta, mas infelizmente no momento estamos mais para o Lanterna Verde. Não... nossos atletas possuem um anel com capacidade de criar objetos plasmados complexos utilizando o poder da mente, mas sim pelo sentido literal da palavra, levando para o futebolês (Existe isso?). 

É amigos, complicado a nossa situação... desde a segunda rodada, estamos firmes e fortes segurando a incômoda lanterninha da competição. Neste inferno astral que o Periquito vem passando, o time bem que tenta, luta se sacrifica, como foi visto na partida diante do Salgueiro no Ademir Cunha, mas falta objetividade ofensiva e ousadia para surpreender a zaga adversária partindo pra cima ou através de um chute fora da área. Somos até o momento, o time do menos: menos gols marcados, menos chances criadas e menos chutes a gol. 

Melhor pecar pela ação da coragem do que pela omissão da ousadia, preferindo a cautela. E voltando a partida de domingo, as poucas chances que o time “ousou” quase abrimos o placar, como o petardo que Silvano deu no inicio do segundo tempo, no contra-ataque de Mousinho ou no chute de fora da área de Paulinho Andrade que acabou beijando a trave. São por estes lances que a torcida acredita na recuperação do time na tabela, mostrando que de fato, os atletas que ali em campo trajando as cores esmeraldinas podem render muito mais do que fizeram até a metade do primeiro turno. 

Contra o Vitória, esperamos que jogadores, em conjunto com comissão técnica, cumpram com seu dever e encham de alegria e esperança a torcida esmeraldina, saindo deste jejum de pontos, aliás, esta é a chance de ouro para pontuarmos. Vencendo os taboquitos e contando com uma derrota do Ypiranga contra o Náutico nos Aflitos, teremos a chance de sair não só da última posição do estadual, como deixar pra trás a nefasta zona do rebaixamento. Só assim, deixaremos para trás o indesejável apelido de Lanterna Verde. E pra ser sincero, nem deste herói eu gosto... sou muito mais o Capitão América!

4 comentários:

  1. AEW WASHINGTON!!!
    FINALMENTE UMA REFERENCIA AO MEU HERÓI PREFERIDO, VIVA AO GRANDE CAIPÃO E VIVA AO AMÉRICA!!!!

    ResponderExcluir
  2. muito bom esse post, washington ! vc é fera no bom gosto, no estilo e na análise da situação do mequinha.. é isso aÍ sem tirar nem por ! concordo com tudo o que vc disse de uma forma elegante e ao mesmo tempo incisiva..ou o américa assume realmente a sua verdadeira identidade de "capitão américa" ou vamos ter que nos contentar com esse rebaixamento que está nos dando pesadelos esverdeados de um tom nada esmeraldino ! vamos pra frente mecão !!!

    ResponderExcluir