segunda-feira, 21 de março de 2011

Sequência quebrada

Perdemos uma batalha, mas não perdemos a guerra. Essa é a tônica de como tem que ser encarada essa derrota.

Perdemos na tentativa de vencer a qualquer custo. Paulo Jr. optou por atacar como a melhor forma de defender e acabamos perdendo. Não fossem as circunstâncias o resultado seria normal, pois nessa fase do campeonato os placares têm sido cada vez mais elásticos, pois os times têm pouco a perder e ficar se preocupando apenas com a defesa não leva a muito longe.

Foi isso que motivou Paulo Jr. a colocar o time com quatro atacantes e se descuidar um pouco do meio campo defensivo.

A sorte também não pesou ao nosso favor nesta tarde. O primeiro gol do Salgueiro saiu após um desvio da bola na zaga que impossibilitou a defesa de Gleibson. Após isso o América equilibrou as ações com o Salgueiro, mas foram os donos da casa que tiveram as melhores oportunidades de ampliar a vantagem, através principalmente de contra-ataques.

E conseguiram no segundo tempo, com um gol logo no início da partida e outro mais próximo do final.

Não há muito que avaliar da derrota. Nessa altura os erros já não podem ser usados mais como ensinamentos e a derrota desta tarde foi ocasionada pela tentativa, quase desesperada, de vencer. O Salgueiro aproveitou melhor os espaços oferecidos pelo setor defensivo Esmeraldino e o Mequinha nas suas tentativas não foi feliz em concluir com gols. Muito simples assim, pois daqui pra frente os jogos terão essa cara: mais espaços, mais oportunidades, mais gols, times mais abertos... e inexoravelmente ganhará quem aproveitar melhor as chances de gols (tão óbvio que não precisava ser dito!).

Agora os jogadores Esmeraldinos precisam colocar a cabeça no jogo da próxima quarta-feira. Tão difícil como contra o Salgueiro será a partida contra os tricolores. Aos olhos dos mais distantes é impossível vencer. Mas para os corações Alviverdes da Estrada do Arraial, essa é uma esperança que nascerá com a nova semana. Alinhar ao centro

4 comentários:

  1. RACIOCINEM COMIGO,SE A ACADEMICA VITORIA VENCEU O PODEROSO SPORT RECIFE,POR QUE NAO PODEMOS VENCER O SANTA CRUZ EM PAULISTA.
    COMO DIZ UMA CERTA MUSICA,EN QUANTO HOUVER VIDA SEMPRE HAVERA ESPERANÇA MEUS CAROS.
    PRA CIMA DO TRICOLOR MEQUINHA,POIS AINDA FALTA VC FAZER UMA TRAVESSURA COM UM DOS GRANDES NESTE ANO.
    DE MARCAO-O QUE SEMPRE CRE.

    ResponderExcluir
  2. Não se abata não, Mequinha!
    As derrotas acontecem e não devem desestimular a boa sequência que estamos fazendo!
    Só 3 pontos nos separam do lado de fora da zona de degola, não é o fim d mundo não.
    EU ACREDITO!

    ResponderExcluir
  3. O jeito agora é periquito sanguinário dá uma bicada certeira na calda da cobra coral.

    ResponderExcluir
  4. É isso mesmo Juliano esse lema deve ser seguido por todos EU ACREDITO ! e com certeza todos devemos acreditar. Paulo Jr. não desanime a vitoria de todas guerras são feitas de batalhas vencidas e perdidas, o importante é ter honra e ter a consciência do dever comprido e se DEUS quiser com o objetivo alcançado. Por tanto atletas do America o dia de ontem já se foi vamos estar focado no próximo adversário e vencer com garra e amor ao clube.

    ResponderExcluir