sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ninho do Periquito, o CT do América

Enquanto o elenco profissional do América não faz a bola rolar, o Blog do Mequinha seguirá em frente, como sempre propôs ao longo dos seus quase quatro anos de atividade, na discussão sobre o seu passado de glórias e tristezas e, principalmente sobre o futuro deste clube que bate as portas do seu centenário. Neste texto iremos abordar um ponto importantíssimo, quem sabe até mais importante que o planejamento para o Campeonato Pernambucano de 2012: o centro de treinamento. No seu discurso de posse João Moreira listou três grandes objetivos em sua gestão. O primeiro, de colocar o América de volta à primeira divisão do futebol pernambucano. O segundo, de não mais retornar à Serie A2. Ambas as promessas foram parcialmente concretizadas após muito esforço de todos que fazem o clube. E por ultimo, comemorar o centenário do clube em plena Copa do Mundo com a construção do Centro Técnico e Administrativo do América próximo do seus torcedores, na Região Metropolitana do Recife. Não é nenhuma novidade afirmar que no futebol moderno o único caminho para evolução, principalmente para clubes que não estão no eixo Sul-Sudeste, é através da revelação de jogadores e da fidelização dos seus torcedores, através de uma campanha de sócios. Uma divisão de base bem estruturada é a garantia de um futuro time do América com grandes jogadores formados no próprio clube, e um centro de treinamento é a peça indispensável para que este motor funcione, sem contar que dará o suporte necessário aos atletas e comissão técnica do quadro profissional realizarem um trabalho com mais qualidade nos campeonatos que estejam participando. A notícia que mantém a crença daqueles que acompanham o América do lado de fora é que a questão do CT do Periquito vem sendo levada com responsabilidade pelos dirigentes do América, independente do resultados que estejam sendo colhidos dentro das quatro linhas, atitude correta e inteligente, pois uma coisa não deve em hipótese alguma se sobrepor a outra, são áreas de atuações totalmente diferentes, mesmo que o futebol seja o carro chefe do clube. Segundo o projeto inicial, o clube pretende criar o CT em uma área de 12 hectares, e atualmente conta com cinco campos oficiais, prevendo ainda hospedaria, refeitórios, restaurantes, vestiário, departamento médico equipado e um centro educacional para as categorias de base, além do tão sonhado estádio particular, com capacidade inicial para dez mil pessoas. Toda esta estrutura viabilizada com apoio de parceiros e através das vantagens da Lei de Incentivo ao Esporte, criada recentemente pelo governo federal. O projeto está em mãos e na certeza que esta diretoria está agindo na maneira correta, assim como estamos convictos de que o mesmo deve ser levado como questão de urgência. A falta desta estrutura, básica não somente ao América mas para qualquer clube que se diz profissional, nos fizeram parar no tempo e assistir a evolução do futebol por no mínimo três décadas, enfraquecendo o Campeão do Centenário. É chegada a hora de mudarmos este panorama para que o Periquito possa voltar a ser não somente aquela agremiação acostumada com vitórias e glórias, mas também a fazer que seus torcedores e admiradores estejam novamente ao seu lado e reative o quadro societário, que um dia foi um dos mais fortes e respeitados em Pernambuco.

9 comentários:

  1. são notícias como essa que nos incentivam a cada vez mais acreditar no verdão! vamos trabalhar pela concretização dos sonhos dos americanos de pernambuco!

    ResponderExcluir
  2. O america deve realmente pensar no seu futuro.acredito que e muito importante a construçao do ct.ja o estadio deve esperar

    ResponderExcluir
  3. Washington vc ainda tem o projeto do CT ,lembro de ter visto no blog.......
    Este ct poderia virar um clube de campo,assim faria uma campanha de socios

    ResponderExcluir
  4. Gostei do nome Ninho do Periquito!

    ResponderExcluir
  5. joão vai buscar seus garoto q jogou no juniores bruno kleber e nininho voce não pode perde esses garotos tão talentosos bruno estar no santa cruz e kleber e nininho ta no nautico vc ta esperando oque para ir buscalos

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Washington por trazer este tema, quando festejamos o retorno a 1 divisão o presidente falou neste projeto. acho que ele seria a redenção do América, podemos aliar a criação de uma sede de campo, com piscinas e campo o que traria associados ao América e consequentemente receita, com a criação de um CT.
    o CT daria condições para formação de atletas, que seriam utilizados e depois negociados.
    Não acredito que a construção de um estádio seja prioridade do América, o gasto seria enorme.
    Infelizmente a nossa maior preocupação e reuperar o nosso espaço na primeira divisão de Pernambuco.
    acho que faltou dinheiro ao América neste campeonato, a construção de um estádio poderia atrapalhar.

    ResponderExcluir
  7. Tercio,

    Realmente acredito que o estádio deve ser tratado como segundo plano e tratar o CT como prioridade 'numero zero'.

    Ao meu ver, o Ademir Cunha poderia servir como nossa casa a longo prazo e fechar um acordo com a prefeitura de Paulista aos moldes do que o Gremio Barueri faz com a prefeitura de Barueri, ou o que o Botafogo realiza com a prefeitura do Rio de Janeiro para utilizar o Engenhão.

    ResponderExcluir
  8. Tercio,

    Se você abrir a imagem em outra guia do navegador poderá ver na legenda que o projeto prevê Sede Social, com alojamento, administrativo, ambulatorio, academia e cozinha industrial, além de quadras e ginásios poliesportivo, quiosques, vagas para estacionamento e pista de cooper.

    Vamos torcer pra que tudo isso se concretize! A concessão do terreno é o mais burocrático, o clube passando desta fase, tudo irá sair com fluidez... tenho certeza!

    ResponderExcluir
  9. Tenho certeza que o Ninho do Periquito é uma realidade, pois a diretoria do America esta ai para realizar todos os objetivos. EU ACREDITO !

    ResponderExcluir