quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Rota do Mar e suas estripulias



Já pode ser considerado como uma minissérie ao estilo continuações indesejadas, mas é notório que quando se recebe informações sobre o tema, por inúmeras vezes falado aqui, sempre faz valer contar para conhecermos os acertos e erros, neste caso com mais erros do que propriamente acertos.

Ontem o Botafogo de João Pessoa, tradicional clube paraibano, anunciou seu novo fornecedor esportivo, trata-se da Rota do Mar, que neste ano vem proporcionando uma grande dor de cabeça aos torcedores do Glorioso da Estrada do Arraial. Segundo como foi noticiado pelo vice-presidente alvinegro, Nelson Lira, em entrevista ao GloboEsporte.Com a empresa além de ser responsável pela confecção dos uniformes também ficará a cargo de produzir 200 camisas alusivas pelo os 80 anos do clube.

Para quem não recorda a empresa do agreste pernambucano alegou ter tido problemas com seu maquinário suspendendo assim a produção, pelo visto problema resolvido, ficando a dúvida se ainda este ano irão disponibilizar algum novo lote aos consumidores alviverdes ou se ainda eles terão de satisfazer com as poucas, muito poucas, camisas de modelos anteriores que podem ser encontradas na sede esmeraldina.

Ainda sobre o Botafogo os uniformes com selo Rota do Mar serão usados pela primeira vez no clássico da cidade diante o Auto Esporte, que também é associado a empresa de Santa Cruz do Capibaribe e vive o mesmo martírio do América, estreia de ambas equipes na Copa Paraíba Sub-21. A previsão de vendas das camisas do Belo (apelido do Botafogo) deve acontecer já no início da próxima semana, lembrando que em 2003 a Rota do Mar era patrocinador do alvinegro na última conquista do clube no Campeonato Paraibano.

3 comentários:

  1. Foda-se a xerox e a rotadomar. Esse lixo alvinegro apanhou pro AUTO ESPORTE. HAHAHAHAH QUE BELEZA! 2-0

    ResponderExcluir
  2. Poderiam analisar com um dos diretores ou sei lá presidente do mequinha (AUGUSTO) se ainda tem camisas do mequinha se ele acertou as camias que pegou em consignação com a empresa fornecedora (RotadoMar)???? pois se ele não acertou, não tem como enviar material pra ele...... obrigado

    ResponderExcluir
  3. Paulo Cesar,

    Isso foi verificado junto a direção do clube desde quando o clube ainda estava disputando o campeonato pernambucano. A justificativa dada pela RTdM foi a ausencia de uma das máquinas dos seus tercerizados que foram danificadas, algo incoerente para uma empresa reconhecida nacionalmente...!

    Sem contar que cobramos algo definido no contrato elaborado entre ambas as partes (América/RTdM), o que não foi realizado pela fornecedora.

    ResponderExcluir