terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Cada vez menor

Após a derrota do último domingo diante o Belo Jardim, na cidade do Paulista, começa a ficar claro que o América, se alguma mudança não acontecer, vai lutar por sua permanência na elite ao invés da disputa pela uma das duas vagas na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.
É notório reparar que em seguidos fracassos como mandante o alviverde da Estrada do Arraial possui a menor média de público da competição sendo computados 2.219 pessoas na estréia, 1.347 diante do agora líder Salgueiro e apenas 677 no confronto direto para escapar das últimas posições.
Não podemos esquecer que o destaque da quinta rodada ficou por conta do Clássico dos Clássicos, realizado na Ilha, que levou 24.617 espectadores, mas mesmo assim fica o alerta que público está deixando de se interessar pelo os jogos de uma das mais tradicionais agremiações esportivas do estado movido principalmente pelo desempenho desastroso do início da temporada. Hoje já não mais se vê a mesma movimentação em torno do Ademir Cunha a exemplo de partidas anteriores, onde as pessoas se concentravam sempre animadas e em boa quantidade, agora vão aos jogos porque na grande maioria mora ao arredores do estádio ou possui algum conhecido no time do América. Triste, porém verdade.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

De novo, Neilson Santos no apito

Na tarde desta segunda-feira (30), a Federação Pernambucana de Futebol divulgou a escala de arbitragem para o confronto entre Porto x América, que ocorre na próxima quarta-feira (01), às 20h, no estádio Luiz Lacerda. A partida valerá pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano e será comandada por Neilson Santos, que terá Marcelino Castro e Bruno Alcântara como assistentes. Erique Rocha ocupará o posto de quarto árbitro. Neste estadual o árbitro Neilson Santos chegou a comandar uma partida do América, pela quarta rodada.

Tudo ao mesmo tempo agora



O que seria pior? Chegar à quinta rodada do Pernambucano com apenas um ponto sendo o lanterna ou ser derrotado até então lanterna do Estadual? Ontem no Ademir Cunha vimos de tudo, amigos. Falha bisonha de Adson, Alexandre Oliveira e Negreti expulsos, gol invalidado de forma injusta, penalti desperdiçado e mais um gol contra do nosso Xerife David... tá bom ou quer mais?

É difícil até comentar uma apresentação como a desse domingo. O que falar quando um time simplesmente não dá liga? Honestamente, podemos afirmar que os minutos iniciais o time vinha apresentando um bom futebol, principalmente com a entrada de Ricardo Mineiro no lugar de Claudio Romão, dando mais velocidade ao ataque e Dunga substituindo Rosivaldo, mas após o primeiro gol sofrido com a lambança de Adson o time voltou a se desorganizar, dando espaços para investidas do Belo Jardim. 

Perder para o Belo Jardim não chega a ser o fundo do poço, mas a maneira como veio a derrota sim. Quando falamos que era inadmissível perder essa partida é justamente pelo fato do time do investimento realizado para este estadual, além da expectativa criada. Existe a necessidade de todo o time receber uma bomba de efeito moral e a contratação de jogadores que venham para resolver e não somente computar na folha salarial.

 
Não sei o que esperar, só nos resta rezar, orar, fazer trabalho ou apelar para o sobrenatural. Volto a repetir... o elenco no papel não é ruim, mas os jogadores parecem não querer jogar. Então é impossível chegar a algum lugar que não seja o rebaixamento. Só pra lembrar, 1/4 do campeonato já se foi e o sinal de alerta vermelho acompanhada de uma sirene já foi acionada. Mesmo frustrado com toda esta situação eu (ainda) acredito na recuperação. Espero não estar enganado.

  Foto: Pedro Costa/Globo Esporte

sábado, 28 de janeiro de 2012

Jogo de seis pontos: Muita calma nesta hora!

Neste domingo, o Ademir Cunha será palco do clássico da Luz, onde o lanterna e o vice-lanterna se enfrentarão para conhecer quem é, no momento, o pior time da Série A1 do Pernambucano. Tudo leva a crer que será um confronto acirrado, dado o que as duas equipes deixaram de fazer nesse início de estadual.
Uma vitória neste domingo será muitíssimo importante para ambos os lados, principalmente se levarmos em consideração o fato desta partida marcar a metade do primeiro turno. Para o América a chance de enterrar ainda mais o Belo Jardim na ultima posição e ainda, sair da zona de rebaixamento, logicamente, torcendo por derrotas de Araripina e Porto na rodada. Para o Belo Jardim a chance de passar a lanterna para o América e sonhar com uma reação fora de seus domínios. Empate para ambos não será bom resultado. Para que possamos sair com a vitória, ficaremos na torcida para que nosso miolo de criação de fato "crie" oportunidades de gols, aproveitando o ensejo para puxar a orelha de Rosivaldo, onde sabemos que o meia pode render muito mais do que vem fazendo. O mesmo se deve ao ataque, inoperante e virgem até então. As ausências dos zagueiros David (suspenso) e Carioca (lesionado) poderão comprometer o sistema defensivo alviverde. Para este domingo, Paulo Junior deverá repetir a dupla de zaga que iniciou a partida contra o Náutico, com Negreti e Léo Gama, sem contar o elemento coringa chamado Algodão, que poderá atuar como um terceiro zagueiro. Completando ainda mais nossas dificuldades, acredito que o Calango virá com sede ao pote. Embora sua torcida já tenha soltado o grito de gol, o Belo Jardim ainda encontra-se sem pontuar, além disso, a outra equipe alviverde trocou de técnico, chegando Leivinha para o lugar de Givanildo Sales, motivo de renovar o gás e a motivação do elenco. Como já deu pra perceber, não será um jogo fácil, amigos! E, muito provavelmente, esta partida será ainda mais tensa do que o Clássico dos Clássicos marcado para esta mesma rodada. Definitivamente, um jogo de xadrez onde qualquer vacilo poderá decretar a vitória. Quero e espero uma vitória do Periquito... ou melhor... queremos e esperamos uma vitória do Periquito. Que seja um bom jogo e todos voltem em paz para casa. VAI PRA CIMA DELES, AMÉRICA!!! ACREDITA, AMÉRICA!!!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Ricardo Jorge será o árbitro de América x Belo Jardim

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu na tarde desta sexta-feira (27) a escala de arbitragem para as partidas da quinta rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. O sorteio dos árbitros, que começou às 16h, foi efetuado pelo radialista Pedro Correa da Silva. O árbitro que apitará o confronto entre América x Belo Jardim será Ricardo Jorge, auxiliado por Ricardo Chianca e João Marcelo Albert. O quarto árbitro será Gilberto Freire. Segundo os registros do Blog do Mequinha, esta será a primeira partida do América que Ricardo Jorge comandará como árbitro. O jogo entre América x Belo Jardim está programado para a próximo domingo (29), às 16h, no estádio Ademir Cunha, em Paulista. Imagem: Ricardo Fernandes/Superesportes

ACORDA, PERIQUITO!


Para quem quer almejar uma Série D de Campeonato Brasileiro, o América começou muito mal.

O time ainda não fez um gol se quer no campeonato e acumula apenas um empate, e os demais jogos todos foram derrotas. O Elenco Esmeraldino precisa acordar o quanto antes e se recuperar o mais rápido possível, caso contrário o fantasma a A2 irá assombrá-lo, assim como foi no ano passado.

 Agora em 2012 não podemos repetir os mesmos erros de 2011.

Nesta temporada temos a obrigação de fazer diferente, mas para isso precisamos desde ontem ser diferente também dentro de campo, demonstrando atitude.

ACORDA, MEQUINHA!!!!

Blog: http://www.blog-o-criatura.blogspot.com
E-mail: artepbatista@gmail.com
Twitter: @paulopbatista

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Uma verdade inconveniente

A derrota do América para o Náutico ainda está repercutindo com certa força, mas não pelo o resultado ou a partida em si, mas por um fato isolado no qual num determinado momento o jogador Maneco, do América, acabou lesionando gravemente o atacante Rogério do Náutico e como resultado tirando o atleta do resto do Campeonato Pernambucano.
Sabemos sim que a entrada foi imprudente, poderia ter desarmado de outra maneira? Talvez. Contudo não se pode crucificar o lateral alviverde como está ocorrendo rotulando de marginal a exemplo de um dirigente alvirrubro, cujo o nome não iremos citar, que falou tal palavra. A responsabilidade de julgar e tomar alguma decisão não pertence a diretores do clube rival ou da torcida, mas da comissão técnica e diretoria americana que se caso sitam necessidade de fazer ou da Federação Pernambucana juntamente com a justiça desportiva.
No último domingo na partida realizada pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano entre América x Salgueiro, o zagueiro Carioca, do clube esmeraldino, sofreu também uma grave lesão ocasionada por um adversário que se quer nem levou cartão e na súmula brevemente é citada atráves da seguinte passagem: "Acréscimos por atendimento e retirada de atletas de campo." Aos que não sabem o jovem zagueiro alviverde da mesma forma como Rogério também não jogará mais o Pernambucano neste ano.
Um erro justifica o outro? Claro que não, mas vemos como situações parecidas podem ser tratadas de formas tão desiguais. Não vimos ao menos alguma movimentação da imprensa para dar tantas informações sobre a lesão do atleta pertencente ao América, no máximo saiu uma pequena citação numa reportagem vinculada num jornal esportivo televisivo, enquanto ao do Náutico infinitas reportagens.
De uma certeza podemos ter, time pequeno em Pernambuco não tem vez, é sempre o bode expiatório ou será que já foi esquecido o furdunço causado pelo próprio Náutico ano passado em relação a partida de volta contra o América quando os diretores deste clube fizeram deplorável papelão de fazer um boletim de ocorrência sobre uma possível intenção de machucarem seus jogadores tudo movido porque um massagista do clube ouviu alguém falar que o treinador do América (Paulo Jr.) deu a ordem de "quebrar" os adversários, ou seja, foi de Maria vai com as outras sem ter prova alguma.
Agora fica a esperança que tanto Rogério quanto Carioca possam se recuperar e voltem o quanto antes as suas atividades profissionais assim como também esse desejo de querer julgar os outros possa parar porque como diz minha mãe: "quem aponta um dedo para alguém termina apontando três para si".

Nove negativos e nada positivo

É, perdemos mais um jogo fora de casa, no qual enfrentamos um adversário difícil, com 100% de aproveitamento no certame. Em quatro rodadas sofremos nove gols e não marcamos um sequer. Em quatro rodadas, nosso meio campo e ataque não incomoda ninguém, apenas se defendendo e fazendo falta. Hora de desespero... Talvez sim, pois se não se organizar de agora é aceitar a Série A2 com acomodação se levar em consideração a forma como o time vem atuando dentro de campo. Acuado, o América-PE pouco produziu e apostava na mesma postura tática realizada contra o Sport na Ilha do Retiro, através das bolas paradas e contra ataques. O resultado foi uma defesa rígida e segura no primeiro tempo, mas de pouca criação nas jogadas ofensivas. Veio o intervalo, o técnico Paulo Junior trocou algumas peças para dar mais ofensividade ao time alviverde, saindo o zagueiro Negreti e atacante Claudio para dar lugar a Juliano Roma e Rosivaldo. A modificação não resultou em muita coisa, já que continuávamos sem ataque e tomando pressão. Após falta do lateral Maneco em Rogerio, veio o primeiro gol alvirrubro, em jogada de Souza que avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Marlon, acertando o canto do goleiro Adson, para abrir o placar. Sete minutos depois Eduardo Ramos ganhou Cléber Gaúcho na velocidade, invade a área pela direita e cruzou para Siloé, que não perdeu a chance e chuta de primeira. O goleiro Adson, que foi o melhor esmeraldino em campo (quando goleiro é o melhor, algo está errado) ainda teria mais trabalho até o fim do jogo com as chegadas velozes do Náutico, contudo, a pontaria do Timbu ficou restrita aos dois tentos marcados nos primeiros 20 minutos do segundo tempo. Sobre a falta de Maneco sobre Rogério, abro um parêntese. De fato houve imprudência do nosso lateral, mas revendo o lance é claro que o contato com o jogador foi após tocar a bola, resvalando a sua chuteira no joelho do atacante alvirrubro. Lamento pelo atleta, assim como lamento a mesma situação no qual se encontra Carioca que sofreu lesão semelhante na ultimo domingo contra o Salgueiro. Vale salientar que não estou defendendo a atitude do atleta, como esmeraldino fico envergonhado pela repercussão do lance, no entanto, é um risco que ocorre em qualquer partida. Aqueles que discordarem é um direito e respeito. O espaço de comentários está aberto, a todos como sempre esteve, desde que seja realizado de forma civilizada. Agora, com quatro partidas sem marcar um mísero gol, algo deve ser repensado urgentemente (como se antes já não fosse). Domingo iremos enfrentar o Belo Jardim não podemos sair do Ademir Cunha com outro resultado que não seja a vitória. Foto: Paulo Paiva/Superesportes

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Davi Esmeraldino vs. Golias Alvirrubro

Para os descrentes imaginar uma vitória sobre o Naútico nesta quarta-feira é quase um sonho. De um lado, o nosso América, que até o momento não venceu uma partida sequer, empatou outro e perdeu os dois jogos dentro de seus domínios. Do outro lado, o Náutico... nosso antigo rival, líder absoluto do estadual, com três vitórias e NENHUMA derrota ou empate, ou seja, até agora invicto com 100% de aproveitamento. Contudo, a magia do futebol é justamente o fato de o time menos prestigiado surpreender e derrotar o favorito. Qualquer um que provém de massa cefálica pensante sabe que o time dos Aflitos é bem superior à equipe da Estrada do Arraial. Não precisa ir muito longe não, só comparar suas receita e ver que somente o salário de Waldemar Lemos paga todo o time do Periquito. A única coisa que me anima é saber que do outro lado o atacante deles ainda não funcionaram e, caso nossa defesa funcione da mesma maneira que trabalhou na Ilha do Retiro usufruindo da inteligência, podemos conseguir um bom resultado. Por mais difícil que pareça eu acredito sim que este time do América. Um empate contra eles fará com que o Mequinha não se distancie do pelotão intermediário e uma vitória sobre o Timbu nos daria três pontos, mas, sobretudo, serviria de combustível para outras vitórias, já que seríamos o único time a derrotar o time alvirrubro até agora. Basta lembrar que, mesmo em situações difíceis como estamos vivendo agora o América nunca amoleceu para o Trio de Ferro. Ano passado o próprio Náutico sentiu na pele, vencendo o Campeão do Centenário de virada com dificuldades nos Aflitos e sofrendo uma goleada no Ademir Cunha, em ambas as partidas a maioria dos críticos davam com certa a vitória alvirrubra e com um placar elástico. O estádio estará cheio deles, porém do outro lado vai ter uma torcida pequena e apaixonada, que acredita até o fim no Periquito. E isso não tem opinião de jornalista ou comentarista esportivo do raio que o parta que nos faça mudar de idéia...

América e o tabu do Timbu


Por Roberto Vieira, do Blog do Roberto. Não foi a maior derrota da história alvirrubra. Em 1917, o Clube Náutico Capibaribe caiu por 10 a 0 diante da Associação Atlética Palmeiras em visita ao Recife. Mas os 10 a 1 do dia 28 de abril de 1918 permanecem gravados na memória estatística do nosso estado. Tanto que o jogo marca a despedida do arqueiro Nélson e do zagueiro-central Guilherme, ambos marcados pelo desastre. O jogo histórico era estreia das duas equipes no certame de 1918. O América vivia a dúvida sobre a escalação de Bermudes, Peres e Alexis, craques que desembarcaram em Pernambuco no dia 5 de março daquele ano. Segundo regulamento vigente, no artigo 87, parágrafo único, só poderiam atuar no campeonato atletas residentes no estado há pelo menos dois meses. Contratados a peso de ouro no sul do país em tempos de amadorismo, os três jogadores caíram como luva na poderosa esquadra de Zé Tasso, deixando o tal regulamento sem validade. O campo da Ponte D'Uchoa estava lotado. Presença feminina incomum naqueles tempos. O América jogara amistoso contra o Flamengo-PE, porém a equipe se ressentiu do entrosamento necessário para encher os olhos dos torcedores. Agora, o jogo valia dois pontos e o Náutico resistiu exatos oito minutos. Então, um tiro de trinta metros de Monteath entrou no ângulo do arqueiro Nélson. Foi a senha do massacre. Bermudes e Alexis mandavam no gramado, mas é Sigismundo quem dribla Barbosa Lima e finaliza para as redes aos 16 minutos: América 2 a 0. Zé Tasso dá o ar de sua graça marcando o terceiro aos 21, Karl anotou o quarto aos 23 e Lopes fez placar de meia aos 30 minutos da primeira fase. Todos os jogadores do ataque deixando sua assinatura nas redes alvirrubras. Poderia ficar por isso mesmo, mas o segundo tempo traz o Náutico abatido e o América disposto a demonstrar que vinha para ser campeão. Em cinco minutos, Sigismundo, Zé Tasso e Monteath elevam o escore para 8 a 0. foi quando um free-kick alvirrubro é defendido por Alexis com a cabeça; a bola sobra para Ivan que consegue a proeza de marcar o gol de honra Timbu. O resultado deixava o América empatado em número de gols com o Sport na liderança do campeonato. Sabendo disso, Zé Tasso e Soares marcam o nono e o décimo gol da partida. Nélson acaba o jogo realizando vinte e uma defesas milagrosas segundo os jornais da época. Foi o maior revés da história alvirrubra em estaduais. Sinal dos tempos, em toda a partida o América cometeu sete faltas e o Náutico, duas. Jogo limpo, disputado na bola. A goleada caminhava para ser triste recordação quando, na estreia do Náutico como dono do campo dos Aflitos, no dia 18 de agosto de 1918, alguém decide convidar o América para o tira-teima. A ideia foi péssima, o América venceu por 3 a 0 com absoluta tranquilidade, puxando até o freio de mão pra não exagerar na dose na festa do adversário. Aliás, detalhe importante, desde o primeiro Clássico da Técnica e da Disciplina, como é chamado o encontro entre as duas equipes, disputado em 1916, o América só veio a conhecer derrota ante seu rival no distante 20 de setembro de 1925. Durante os nove anos que durou o tabu, o Náutico jogou treze partidas contra os esmeraldinos amargando doze derrotas e um mísero empate, comemorado como se fosse a conquista de um Hexacampeonato. ____ Texto faz parte do livro 'América, o Campeão do Centenário' com lançamento previsto para 12 de abril de 2012, com prefácio do presidente João Antonio da Costa Moreira e introdução do nosso Mestre Washington Luiz Vaz. Larissa Riquelme? Isso é pergunta que se faça!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

DECEPÇÃO

“Eu acho que não tem muito mais que isso nessa situação...”
Pois é amigos, as palavras do nosso amigo luso-americano Paulo Batista resume tudo. Não há mais o que dizer. Como torcedores queremos o melhor para o América, e somos América no melhor ou na pior das situações. Mas algo deve ser URGENTEMENTE ou caso contrário, a “decepção” pode ser ainda maior. #AcordaAmérica!!!

Links: Blog: http://www.blog-o-criatura.blogspot.com

E-mail: artepbatista@gmail.com

Twitter: @paulopbatista

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Lembram dele? Será o dono do apito para Nautico x America



A Federação Pernambucana de Futebol (FPF), definiu a arbitragem para Náutico x América, partida que ocorrerá nesta quarta (25) às 21h10, válida pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano.

O Árbitro que apitará o Clássico da Técnica e Disciplina será Cláudio Mercante e seus auxiliares Elan Vieira e Clóvis Amaral. Para quem não se recorda, Cláudio Mercante foi o árbitro na estreia do América-PE no PE2011 contra o Sport Recife, na Ilha do Retiro.

Mercante pegou a famosa “geladeira” por onze rodadas, devido a uma série de lambanças na partida, dentre elas a expulsão de desnecessária do zagueiro Givaldo aos cinco minutos do primeiro tempo, a validação do gol de Carlinhos Bala em impedimento e a anulação de um gol legitimo de Douglas.

Antes programado para 19h30, a partida entre Nautico e América foi reprogramada para às 21h10. O motivo da mudança deve-se principalmente ao adiamento da partida Sport x Petrolina que ocorreu nesta segunda-feira às 20h30 nos Aflitos.

À margem

Hoje mais uma vez nos deparamos com a manchete que o América novamente é goleado dentro de casa, perdendo ontem por 3x0 para o Salgueiro, e pior não demonstrando qualquer tipo de reação dentro das quatro linhas, totalmente diferente de 2011 onde mesmo em desvantagem buscava reagir e dava trabalho aos adversários sendo uma verdadeira carne de pescoço como diria os antigos.
Se analisarmos as três primeiras rodadas da edição anterior veremos que diferente deste no qual o único ponto conquistado se deu na segunda partida, o alviverde apenas foi conseguir pontuar no sexto confronto diante da Cabense, por isso ainda é cedo para rotular o time como um dos favoritos ao descenso, contudo, na terceira rodada já havia saído o primeiro gol e levado cinco.
A atual versão do elenco apesar de contar com atletas remanescentes da última temporada nem de longe lembra tal equipe, pelo contrário, é um time apático, inconsistente e preguiçoso que acostumou a ver todos os demais maior do que ele próprio assumindo assim uma certa "síndrome da inferioridade", comum àqueles que não confiam no seu possível potencial. Nos deparamos ainda com o velho discurso vago e empobrecido de jogador de futebol já tão manjado quanto inexpressivo ao afirmar algumas redundâncias do tipo: "aqui só tem homem e vamos sair dessa", mas é claro que são homens pelo contrário seria futebol feminino, "estamos trabalhando para melhorar", essa é a função do trabalho, ninguém trabalha buscando piorar. O certo é que a verdadeira resposta deve ser dada dentro de campo não para afagar o ego da torcida (torcedor de time pequeno não faz a diferença), mas para os dirigentes e patrocinadores porque são esses quem pagam os salários, valorizam o atleta e colocam após desempenhar um bom papel em notoriedade e quanto a quem acompanha resta apenas acreditar em dias melhores.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Abaixo das expectativas

A empolgação e confiança adquiridas após o empate durante a semana não foram suficientes para que o Mequinha conseguisse um bom resultado contra o Salgueiro. Alguns erros cometidos contra o Serra Talhada voltaram a se repetir e novamente o resultado foi desolador.
Mesmo jogando com uma variação do 4-4-2 e, teoricamente, sendo mais ofensivo sem se descuidar da defesa, o América começou o jogou vendo o Salgueiro atacar e essa foi a tônica dominante da partida. As tentativas Alviverdes se limitaram aos contra-ataques, os quais, mais uma vez foram ineficientes e careceram de objetividade. Dessa forma o América terminou o segundo tempo perdendo por 0x1 após um contra-ataque do Salgueiro, no qual a tentativa de interceptação de David foi infeliz e resultou em gol contra. No segundo tempo as modificações feitas por Paulo Jr. mudaram o esquema tático da equipe, mas não a tornou mais objetiva e eficiente. Na realidade o que aconteceu foi o efeito contrário: o Salgueiro aumentou ainda mais seu poder ofensivo e perdeu várias chances de gol. A situação se tornou ainda pior quando o Mequinha perdeu Lewis por contusão e por já ter feito todas as substituições ficou em campo com um jogador a menos. Assim o Salgueiro chegou ao seu segundo gol e ao terceiro, selando a vitória. No intervalo de oito dias fomos do inferno ao céu e voltamos ao inferno novamente. Conseguimos nosso primeiro ponto de forma heróica e inteligente, mas não podemos esconder que esta equipe peca muito no poder ofensivo. Aliás, nosso ataque está muito aquém das expectativas até agora temos o pior sistema ofensivo do campeonato e não conseguimos converter nenhum tento. França não tem rendido o bom futebol que vimos no ano passado e que ajudou o América na campanha reabilitação e o Serra Talhada na do acesso. Isso se deve a falta de um bom apoio do meio de campo e dos demais atacantes. Outro setor que está chamando a atenção pela ineficiência é a defesa. O mais curioso é que o núcleo do sistema defensivo do Mequinha é o mesmo do ano passado e em muitas situações Negretti, David, Carioca e Roma decidiram partidas a favor do América. É claro que os jogadores citados aqui não são os únicos a errar e vários dos erros cometidos por eles são decorrentes dos erros de outros companheiros em campo, isso nos faz refletir sobre a necessidade de uma mudança de postura urgente e o único que pode iniciar e conduzir essa mudança está sentado no banco e é Paulo Jr. Essa correção é urgente, pois o saldo dessas três partidas é nada mesmo que o pior ataque e a pior defesa. A torcida Americana espera por dias melhores e que eles venham o mais breve possível com uma vitória e, principalmente, com uma apresentação empolgante, corajosa e vibrante.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Com cautela

Na última quinta-feira o alviverde recifense conseguiu sair da Ilha do Retiro com seu primeiro ponto no campeonato diante do Sport, agora o Periquito vai em busca da primeira vitória, entretanto, assim como o confronto do meio de semana a tarefa não será das mais fáceis já que o clube em questão, Salgueiro, vem de um bom resultado perante o Santa Cruz.
Ano passado, no Ademir Cunha, em partida válida pela 7ª rodada da primeira fase, o América terminou derrotado por 2 x 0 reforçando a tese que apesar como mandante os compromissos darão trabalho, a estréia dessa edição é um bom exemplo, e por isso mesmo ainda contentes pelo empate sem gols fora de casa não se pode esquecer da qualidade do adversário. Sempre esperamos uma apresentação impecável, seja elas em quaisquer circunstâncias, o torcedor tem ânsia em ver como seu time consegue se impor e os do América não seria exceção, devido a esse fator faz parte da obrigação dos jogadores e comissão técnica apresentar o melhor, principalmente em casa para poder passar confiança aos que estão na arquibancada. Amanhã vai ser mais um dia onde o América precisará superar as adversidades buscando sim derrotar o Salgueiro, contudo, sabendo das dificuldades e não só dentro do campo, já que o público ainda sente insegurança devido a estréia frustrante diante 2.219 pessoas, mas como foi visto na quinta-feira nada está perdido e a tendência é melhorar. Bora Mequinha!!!

Neilson Santos para América x Salgueiro

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol (CEAF/PE-FPF) definiu na tarde desta sexta-feira (20) a escala de arbitragem para os jogos de domingo para a Terceira Rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. O árbitro que apitará o jogo entre América x Salgueiro será Neilson Santos, auxiliado por Charles Rosas e Wlademir Lins. O quarto árbitro será Giorgio Wilton. A partida entre América x Salgueiro está programada para às 16h do Recife, no estádio Ademir Cunha, em Paulista.

O Gatinho pensou que ia ser "fácil"...

Foi duro. Foi suado. Foi sofrido. Mas o América conseguiu arrancar um empate na Ilha do Retiro.
A pequena mas "fiel" Torcida Esmeraldina que resiste através do tempo comemorou muito este resultado, e a após aquele resultado horrível na estréia, definitivamente o América agora acordou para o Campeonato e nada ainda está perdido. Todos diziam que seria uma goleada rubronegra, mas aí o Periquito disse: "Aqui não". Mas ser América é isso, nada é fácil. E domingo vamos marcar presença para apoiar o nosso Clube Querido para sair com uma grande vitória!
"A Ilha me trás boas lembranças com a Lusa, e agora feliz com o Mequinha que heroicamente segurou o resultado."
Palavras do nosso amigo Paulo Batista, embaixador americano em São Paulo.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

América, valente!

Enfim, vimos o América estreando... isso sim, amigos! Hoje o América fez sua estréia porque no ultimo domingo aquele 11 jogadores que estiveram em campo não apenas entraram em campo. Obviamente, Paulo Junior realizou não somente a postura tatica dentro de campo, como também algumas peças no time titular. Logo de cara, foram colocados para jogar os laterais Maneco e Adriano respectivamente no postos de Roma e Jailton. Outro esmeraldino que realizou sua estreia como titular foi o volante Lewis. Todos que estiveram em campo contra o Sport sabiam da obrigação que era fazer uma boa apresentação contra o Sport, mesmo diante de um bom público, com a torcida leonina em festa com seu estádio reformulado.
Jogando um futebol convincente e organizado taticamente, o América conseguiu sair com o empate diante do Sport, fora de casa. Para aqueles que já contabilizavam os três pontos em cima do América, acabaram sendo decepcionados, vendo um América tranquilo dentro de campo e dominando o primeiro tempo através dos erros de passes e organização tática do Sport. Ciente da necessidade de pontuar, o técnico Paulo Júnior soube armar a equipe com muita marcação do meio de campo e tocando a bola na defesa, esperando o Sport sair para tentar o contra-ataque. Através desta estratégia foi o Periquito que teve a melhor chance do primeiro tempo. Aos 20 minutos Lewis tocou para França, que chutou rasteiro, fazendo com que Magrão trabalhasse com os pés. Veio o segundo tempo e o América continuou demonstrando a mesma tranquilidade do primeiro tempo, mesmo com o Sport melhor ofensivamente, buscando o ataque. Na defesa esmeraldina, méritos para o trio de zaga David, Carioca e Negreti, que não deixaram passar praticamente nenhuma jogada ofensiva do Sport, fazendo com que Adson pouco trabalhasse, no entanto, quando foi necessária a participação do goleiro alviverde, lá estava ele, como aos 46 minutos do segundo tempo espalmando para sua direita o chute de Marcelinho Paraiba. O grandalhão Adson que na na primeira etapa do jogo demonstrava certo nervosismo em suas saidas de bola, no segundo tempo foi crucial sua participação, mostrando também a todos que a sorte estava ao seu lado, quando a bola de Anderson Paraíba beijou sua segunda trave já nos momentos finais da partida. Para o América, um ótimo resultado que com certeza levantou a moral após o baque sofrido contra o Serra Talhada em pleno Ademir Cunha. Se no jogo passado as críticas realizadas por todos foram justas, após esta partida realizada na Ilha do Retiro, podemos dizer que o time em campo nos deu orgulho, retomando aquela tradicional espírito valente que estamos habituados desde 2010. Que este espírito possa continuar de hoje em diante, pois este é o América que nos emociona e nos faz brotar a esperança buscar grandes vitórias. Foto: Superesportes

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

A busca pela reabilitação

A estréia humilhante diante o Serra Talhada agora é passado, o objetivo nessa rodada é correr atrás do prejuízo para que os concorrentes não consigam se distanciar, entretanto, a tarefa não será nem um pouco agradável devido ao fato do adversário em questão ser o Sport Club do Recife, maior detentor de títulos pernambucanos, com quem o América em tempos idos fazia o Clássico dos Campeões, sendo esta a principal disputa do esporte no estado quando ambas equipes brigavam pela hegemonia no início do século XX.
Hoje não dá mais para tratar a equipe rubro-negra como um dos principais rivais do clube esmeraldino, talvez pelo contexto histórico e a tradição vinda de uma época em que o Periquito possuía a alcunha de clube fidalgo, mas atualmente existe um imenso abismo que os separa. O verdadeiro campeonato para o Campeão do Centenário não inclui nem Sport, Santa Cruz ou Náutico, esses três fazem um torneio a parte em busca do título, verdade seja dita. A principal meta alviverde é a vaga na Série D e esse sonho mesmo com o primeiro contratempo, desastre que ninguém esperava, está mais próximo da realidade do clube do que traçar algo maior, contudo, para isso querendo ou não vai ser preciso passar pelo Leão e caso não consiga, situação normal de jogo, o torcedor do alviverde, sofrido a longas datas, quer ver um América brigador, que busque criar oportunidades, que não desista ao invés de ficar observando o adversário jogar. Hoje vamos esperar por um novo América.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Pra fim de conversa...

Não fui ao jogo. As obrigações familiares me obrigou que eu ficasse cuidando da pequena Malu, enquanto que meus amigos esmeraldinos estavam lá, curtindo a estreia do Campeão do Centenário. Obviamente, procurei acompanhar a partida do meu jeito... E com o rádio ligado, via internet, da mesma forma como “presenciei” nosso acesso e nossa permanência na primeira divisão. Me decepcionei... Me decepcionei devido a ter acompanhado alguns treinos deste elenco. Ou seja, parecia que aquela vontade nos treinos foi utopia ou fantasia nos olhos de um torcedor que contava as horas para o inicio do estadual. Quem acompanha o blog sabe de nossa satisfação com a forma com que vem sendo reformulado o clube e com o trabalho do elenco está sendo conduzida. Vejo como algo a longo prazo, durador, sólido. E esse saldo de 2010 pra cá vem sendo muito positivo, mesmo com o sofrimento em que vem sendo conduzidas estas conquistas. Fora de campo vieram injeção de marketing, concentração própria, conquista de terreno para o futuro CT, bons contratos de patrocínio... Mas para que este crescimento seja exponencial, o time tem que render em campo. Mesmo sem ter ido ao jogo, acompanhando pelas ondas da rádio percebemos que o América não aquele mesmo time aguerrido no segundo turno do PE2011, onde cada partida era tratado como uma final de campeonato. A começar pela defesa, Adson não lembrou nada daquele arqueiro que dificultou nossas vidas em ambos os jogos contra o Araripina no ano passado, nosso Xerife David não merecia sequer se chamado de recruta... Negreti irreconhecível e o Roma que estava na lateral direita não merece a alcunha de melhor da lateral de 2011. As falhas não foram exclusividades da defesa, mas do time como um todo. O meio esmeraldino após o primeiro gol sertanejo não deixou de existir, o mesmo se pode dizer do ataque. Rosivaldo e Alexandre Oliveira, principais homens no miolo do campo não renderam o esperado pela torcida. No ataque, França e Muller quase não mostraram o potencial ofensivo que todos nós conhecemos, assim como Claudio e Juliano Roma. Mas vida que se segue. A segunda rodada esta batendo em nossas portas e, mesmo com o rendimento destes atletas muito abaixo do que eles podem render, torcemos para que contra o Sport a técnica e a raça possam sobressair. Nesta quinta-feira iremos enfrentar um grande adversário, mas dentro de campo serão 11 contra 11. Também temos um grupo qualificado e temos condições de brigar de igual para igual com eles, no entanto, esta condição de igualdade só irá existir com a doação de todos, dependendo exclusivamente daqueles que atualmente estão defendendo a camisa esmeraldina dentro de campo. Quinta-feira estarei lá na Ilha do Retiro, simplesmente porque mesmo decepcionado com a estreia, acredito neste time. Já passamos por situações piores ano passado e superamos. Calamos a boca de muita gente. Ainda é só o inicio da guerra, e caímos apenas na primeira batalha. Quem veste esta camisa alviverde tem que ter a esperança dentro de si.... Vamos pra cima, América.

Ingressos para Sport x América nas bilheterias

Alviverdes podem adquirir os bilhetes para o jogo de quinta-feira (17) nas bilheterias da Ilha O América enfrenta o Sport, nesta quinta-feira (19), pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano. A partida será no Estádio da Ilha do Retiro e está prevista para começar às 20h. Inicialmente, a partida estava remarcada para o Arruda, com o intuito preservar o novo gramado do estádio rubro-negro, no entanto, a diretoria do Sport juntamente coma Federação Pernambucana de Futebol (FPF) decidiu por bem manter o local da partida na Ilha, adiantando para a quinta-feira (19). Os donos da casa disponibilizarão 35 mil ingressos para o jogo. O Blog do Mequinha entrou em contato com o Sport Recife. Segundo a central de atendimento rubro-negra, a torcida visitante ficará no espaço localizado entre a arquibancada frontal e a arquibancada lateral do placar. Os valores dos ingressos varias de R$ 15 para estudantes ou idosos, R$ 30 para inteira e R$ 50 para quem preferir acompanhar nas cadeiras. Esgotando-se a carga de ingressos compatível com a capacidade do estádio, as vendas serão encerradas. Confira todos os detalhes das vendas de ingressos: LOCAIS VENDA: Sport Club do Recife – Sociais (para sócios) e Arco (para não-sócios) Futebol do Brasil – Boa Viagem Carol Esporte – Boa Viagem e Areias Vendas na internet – Site www.futebolcard.com.br DIAS VENDAS: 17/01/2012 (terça-feira) – das 13h às 17h 18/01/2012 (quarta-feira) – das 09h às 17h 19/01/2012 (quinta-feira) (dia do jogo) – das 09h até o início do segundo tempo PREÇOS VISITANTES: Arquibancada | Estudante/Idoso: R$ 15,00 Arquibancada | Inteira: R$ 30,00 Cadeira | Não-sócio: R$ 50,00

De cabeça inchada

Assim podemos descrever o torcedor Esmeraldino nesse momento. Nem o mais pessimista dos torcedores esperava uma estréia tão ruim. Literalmente a nossa torcida foi do céu ao inferno. E dessa vez não nos restam muitas escolhas, é necessário vencer o Sport Recife para aí sim recuperar um pouco da confiança de boa parte da torcida americana, apesar de sabermos que é uma missão bastante difícil. "Nosso amigo Lusitano, deseja ao América sorte e força de superação". Valeu Paulo!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Gleydson Leite será o arbitro na segunda rodada

As 18 horas desta segunda-feira (16), a Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu a escala de arbitragem para a segunda Rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. O sorteio foi realizado na sede da FPF pela Sra. Lindauria Maria Matos Vieira. O árbitro que irá apitar a partida entreSport x América será Gleydson Leite, tendo como auxiliares Jossemmar Diniz e Elan Vieira. O quarto árbitro será Gilberto Freire. No PE2011, Gleydson Leite foi o árbitro de América x Santa Cruz, partida realizada no Ademir Cunha, válida pela 18ª rodada do estadual. Antes programada para quarta-feira no estádio do Arruda, a partida entre rubro-negros e alviverdes foi reprogramada para a próxima quinta-feira (19), às 20h do Recife, no estádio da Ilha do Retiro.

A última vez

Embora toda a festa estivesse preparada, a tarde deste domingo foi marcada pela tristeza e pelo despertar da desconfiança da torcida do América após a humilhante derrota para a equipe do Serra Talhada.
É óbvio que na cabeça de quem gosta de história a primeira pergunta que vem é: qual foi a última vez que tivemos uma derrota tão destruidora de sonhos, como foi nesta fatídica tarde?
Pois bem, a resposta é 16 de julho de 1995. O jogo foi contra o Porto em Caruaru e a partida foi perdida por 5x0. Exatamente isto, um pouco menos que 17 anos.
Atravessamos toda a fase negra da série A2 sem um constrangimento tão grande quanto este que tivemos no dia 15 de janeiro de 2012, jogando em casa com o apoio da torcida que compareceu de forma expressiva para os padrões Alviverdes.
Esperamos que nossos jogadores e comissão técnica despertem com este tombo e que daqui para frente tenhamos mais força e dignidade dentro de campo. E que esta vergonha possa demorar mais 17 anos vezes 7 para se repetir novamente.
Força América!

domingo, 15 de janeiro de 2012

Sem comentários

Um vexame retumbante, assim pode ser descrito a estréia do clube alviverde no Campeonato Pernambucano onde quem compareceu ao Ademir Cunha nesta fatídica tarde de domingo viu apenas uma equipe disposta a jogar e não era o América, mas o Serra Talhada que em nenhum momento foi ameaçado durante os 90 minutos.
O ar encantador deixado pela modelo paraguaia Larissa Riquelme por sua passagem no Recife acabou assim que o árbitro Sebastião Rufino Filho (irregular durante toda partida) deu o apito inicial. Sem explicação, fracasso maior do que se poderia esperar são alguns dos termos que podem ajudar a descrever o massacre da Laranja do Sertão na cidade do Paulista.
Jogadores apáticos, perdidos dentro de campo, sem poder de reação que apenas assistiram o campeão da segunda divisão de Pernambuco a dominar a partida em todos os aspectos. Ainda é cedo para querer fazer críticas mais profundas, essa foi apenas a primeira de 22 rodadas, entretanto, uma equipe que almeja ir para a Série D do Campeonato Brasileiro não pode ser achincalhada da maneira que foi dentro dos seus domínios.

O primeiro degrau

Finalmente o esquadrão verde e branco vai entrar em campo, enfim a espera acabou! O América Futebol Clube, seis vezes campeão de Pernambuco, irá estrear em casa diante da sempre participativa torcida da cidade do Paulista e neste ano o Glorioso da Estrada do Arraial pretende alçar voos maiores e mais tranquilos do que na última edição onde por muito pouco não voltava ao ostracismo da Série A2, mas dessa vez o objetivo é conquistar uma vaga para o Campeonato Brasileiro da 4ª divisão. A estrada será longa, espinhosa e repleta de obstáculos, entretanto, a força do conjunto aliado a vontade de vencer poderá fazer a diferença nos momentos delicados dessa árdua empreitada. O primeiro desafio, assim como os demais, não vai ser tarefa fácil e entra na competição com status de campeão do torneio de acesso, levantando a taça no seu primeiro ano de fundação, tendo em seu elenco bons atletas, entre eles o goleiro Bruno Xavier, ex-arqueiro americano que sempre demonstrou sua simpatia pelo alviverde recifense. No mais, é isso. Resta torcer para que neste domingo o periquito possa chupar a laranja vinda do sertão (de preferência doce) e dar seu cartão de visita as demais equipes mostrando o poder verde e seu imenso potencial.

Preparador de Goleiros e seus Paredões

Esta foto mostra a união que está o grupo e mostra confiança á nossa Torcida no quesito “fechar o gol”.
Na liderança dessa equipe de paredões está o Preparador de Goleiros Junior, que já defendeu o América no ano de 1995. E ele garante: “Estamos prontos e preparados, o grupo está unido e pretendemos levar nossa Equipe a Série D...”. Além disso, Junior já declarou amor as cores do América, onde se sente em casa, e o ambiente é o melhor possível para se trabalhar e construir laços de amizade. Na foto os goleiros Fernando (base), Dida, Adson e Rodrigo (base), e claro o preparador Junior.

Larissa e o América

É inevitável agora essa comparação. Larissa Riquelme lembra o América e o América lembra Larissa Riquelme.

A belíssima jogada de marketing da diretoria do Periquito gerou várias páginas de jornal e matérias de sites de futebol do Brasil e do Mundo todo.

Essa associação fez com que um torcedor da Portuguesa de Desportos (LUSA) que já alimentava simpatia pelo Mequinha, toma-se a iniciativa de fazer uma ótima charge, que na qual é muito bem feita e irreverente.

Estamos falando de Paulo Batista, de 44 anos, ilustrador, cartunista, designer gráfico, pseudocronista em evolução, torcedor ferrenho da Lusa e que a partir de agora adota o Mequinha como uma das suas grandes paixões.

O Blog do Mequinha abre esse espaço para esse grande amigo paulistano que sempre será bem-vindo quando vier ao Recife assim como divulgar seu trabalho aqui no nosso espaço.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Diario Pernambucano 1x0 Blog do Mequinha

Larissa Riquelme provocou um verdadeiro MMA no Teatro Boa Vista
Como é de conhecimento de todos a nossa musa inspiradora não só vestiu a camisa do Campeão do Centenário como também lançou ao publico várias camisas, causando um alvoroço entre os machos de plantão. Uma das camisas que a beldade Larissa Riquelme lançou ao publico, tal qual é feito em festas infantis com "bamborim", várias crianças se engalfinham para conseguir pegar algo. Agora troque as crianças por marmanjos... o resultado foi a maior confusão do universo, ou melhor, uma batalha épica!
De um lado, Joca Naia, reporter do Diario Pernambucano e, na outra ponta, o blogueiro que redije estas linhas tortas e onde tivesse uma ponta de tecido havia um louco na tentativa de conquistar uma das camisas de Larissa Riquelme. Eu lutei até o momento que não havia cameras focando aquele "fuzuê" e fazendo me arrepender amargamente quando vi minha cara lisa em diversas reportagens na TV aberta e fechada... enquanto isso, Joca Naia do Diario Pernambucano seguiu com sua batalha hercúlea contra outros 6 ogros, chegando a ser sendo bizarramente arrastado e arremessado pelas escadarias do teatro. Heroicamente o jornalista obteve sucesso. Em seguida, deu entrevista à Globo dizendo que está convertido à religião americana. Já Julivaldo da Silva, outro reporter do Diario Pernambucano, teve a cara de pau de pedir autógrafo a nossa beldade em sua Playboy.... Parem as Máquinas!

Preços Definidos para a Estréia do América

A Diretoria definiu os preços dos ingressos para o jogo contra o Serra Talhada hoje ás 16:00. Os valores custam R$ 5,00 (cinco reais) para meia entrada, e R$ 10,00 (dez reais) para inteira. A expectativa é para um bom público, já que não só a cidade do Paulista como todo o Estado de Pernambuco, aguarda ansioso pela estréia do Periquito visando uma vaga na Série D do Brasileiro. Vamos lá apoiar o Mequinha!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A um passo de começar

Neste domingo será dado o pontapé inicial na 98ª edição do Campeonato Pernambucano que promete ser uma das competições mais acirradas dos últimos anos, principalmente em relação à medição de força entre as equipes menores, sem esquecer o favoritismo dos três principais clubes da capital.
Serão quatro meses de disputa dividido em duas fases, a primeira contará com vinte duas rodadas distribuído em partidas de ida e volta, já a segunda, onde as quatro melhores equipes irão disputar de fato o título deste ano vão se enfrentar pelo o sistema de mata-mata até chegarem a grande final. No primeiro compromisso do América, clube seis vezes campeão dessa mesma competição, medirá forças com o estreante Serra Talhada, uma das quatro equipes representantes do sertão do estado, em solo paulistenense, mas é válido ressaltar que a Laranja do Sertão (nome popular do Serra Talhada) em 2011 foi campeã da segunda divisão de Pernambuco tendo Paulo Jr. no comando e alguns atletas que hoje fazem parte do plantel esmeraldino a exemplo de Alexandre Oliveira, Negretti e Rosivaldo. Ainda é cedo procurar fazer algum prognóstico apontando quem irá brigar pelas duas vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro ou quais equipes que podem ser candidatas ao descenso ou ainda se alguma equipe intermediária poderá quebrar a hegemonia de 68 anos de Náutico, Santa Cruz e Sport (lembrando que o último campeão foi justamente o América). Só nos resta acompanhar e ver o resultado e mais um certame.

Sebastião Rufino Filho na estréia do PE2012



A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) definiu a escala de arbitragem para os jogos da primeira foda da do Campeonato Pernambucano de 2012, realizado o sorteio nesta quinta-feira, na sede da entidade pelo Sr. Alessandro Cassiano de Souza.

O trio de arbitragem para este confronto vai ser comandado pelo árbitro Sebastião Rufino Filho auxiliado por Wilton Lins e Roberto José. Já o quarto árbitro será Erique Rocha, sendo este o eventual substituto de Sebastião Rufino Filho, caso ocorra alguma eventualidade.

 O confronto entre o Campeão do Centenário e o Serra Talhada está programado para as 16g da deste domingo, no estádio Estadio Ademir Cunha, no Paulista.

Danilo é convocado para a Seleção da Guiné Equatorial

Goleiro Danilo defendendo a Guiné Equatorial
O goleiro Danilo foi convocado pelo técnico brasileiro Gilson Paulo para a disputa da Copa Africana de Nações. A competição começa no próximo dia 20, em Gana. O atleta esmeraldino viajou nesta ultima terça-feira (10) e já encontra-se em seu país para disputa do campeonato, que ocorrerá entre os dias 21 de janeiro até o dia 12 de fevereiro, data que será realizada a final da competição.
A seleção do Guiné Equatorial que ao lado do Gabão são as anfitriãs da 28ª edição da Copa das Nações Africanas, enfrentará as seleções da Líbia, Senegal e Zâmbia. Os dois primeiros de cada grupo avançam para as quartas-de-finais. Sobre Danilo, o curioso é que o jogador só veio a se naturalizar em 2006, por influência do treinador Antônio Dumas. Diferentemente de vário atletas que buscam a naturalização em outros países, o arqueiro esmeraldino procurou se aprofundar na cultura da Guiné Equatorial, desde o costume de seu povo a cantar o hino local, que além do português também possui como idioma oficial o francês e espanhol. Depois de um conflito interno envolvendo o alto número de brasileiros na seleção deste país africano, todos foram excluídos da seleção, exceto Danilo, devido a sua identificação com o país guinéu-equatoriano. Em 2008, Danilo foi um dos responsáveis pela histórica vitória dos Nzalang sobre Camarões nas eliminatórias para a Copa Africana das Nações. Com a ausência de Danilo no elenco americano, o goleiro Adson será o dono da camisa 1 diante do Serra Talhada, neste domingo às 16 horas no Ademir Cunha. Veja os dados de Danilo no site da Fifa, defendendo a seleção da Guiné Equatorial, clicando AQUI.

As armaduras esmeraldinas para 2012


Foto: Globo Esporte

Mais uma vez foi um show de organização seriedade realizada pelo departamento de Marketing do América, novamente dando aula para os demais clubes do país. Como a maioria de vocês já viu a nova camisa e os uniformes nos demais portais, não vou mostrar muitas imagens e sim dar a minha opinião sobre o novo material.

Vamos ao lançamento: Alexandre Oliveira, Danilo Reis, David, Léo e Lewis foram os “garotos propaganda” dos uniformes alviverdes na “sombra” musa da Copa da Africa e apresentaram os produtos que torcemos para que desta vez seja vendido nós torcedores. Com modificações consideráveis para o olho do torcedor, o design, da versão 2012 ficou um pouco mais poluído que na versão 2011, o que pode soar estranho para os olhos do torcedor esmeraldino. Menos clean, embora ainda com beleza fora do comum, ainda mais quando o manto esmeraldino está sendo vestido por nada menos que Larissa Riquelme.

A respeito da numeração, podemos dizer que tivemos uma grande melhora, comparado com os uniformes do PE’2011, principalmente no uniforme listrado. Ela acompanha o contraste das cores, embora sua fonte seja mais fina que a anterior. Por falar no uniforme listrado, reduziram-se as quantidades de listras, mantendo apenas três na parte frontal do uniforme. O uniforme verde esmeralda segue a tendência do listrado, contendo um dégradé alternando listras verticais em tonalidades clara e escura e, por ultimo, o padrão branco que foi apontado pelo público presente como o mais bonito dos uniformes de jogo, encaixando-se bem com o design dos patrocinadores másters.

Caindo na graça de todos os presentes foi o uniforme de passeio deste ano, limpo e respeitando as tradições do América predominando as cores alviverdes. Enfim, quem viu de perto gostou muito, isso o Blog do Mequinha pode comprovar “in loco”. Competência total por parte do marketing esmeraldino e também da Rota do Mar.

Os destaques da festa além da belíssima Larissa Riquelme (oconcur) foi a escola de samba presente, contagiando e deixando ainda mais a vontade a ilustre convidada e o Periquito Mequinha que juntos, caíram no samba em pleno Teatro Boa Vista. Enfim, em breve publicaremos todas as imagens. Sobre a venda dos uniformes, o América e a Rota do Mar ainda não se pronunciaram. Apenas torcemos para que as falhas cometidas em 2011 pela fornecedora não venha ser cometido novamente e que este fato torne página virada.

Site do América ganha 'cara nova'




Depois da apresentação dos novos uniformes do América para a temporada 2012, agora foi a vez do site oficial do Campeão do Centenário ganhar uma nova roupagem e fazendo com que o torcedor esmeraldino possua mais um canal de informação sobre o Campeão do Centenário, apresentando um novo layout, moderno, dinâmico e com ferramentas de compartillhamento nas principais redes sociais.

Novas seções fazem parte do novo layout. Destaque as tabelas para exibição dos jogos, com promessa para visualizar o histórico completo de todos os jogos, além da tabela de classificação. Em breve, o torcedor esmeraldino poderá adquir produtos licenciados do alviverde da Estrada do Arraial na loja virtual do site, que encontra-se em manutenção. O novo site do Mequinha foi lançado, mas novas ferramentas de comunicação prometem ser implantadas e disponíveis muito em breve. O projeto foi desenvolvido pelo Lula Camargo.

Visite e confira!

http://www.americafcpe.com.br/

E lá estava o Blog do Mequinha

Não se falou em outra coisa na crônica esportiva local e nacional, Larissa Riquelme foi a bola da vez no cenário pernambucano mostrando mesmo a contragosto de pouco, bem verdade, que a jogada de marketing realizada em conjunto entre a cúpula esmeraldina e a Rota do Mar foi um sucesso maior do que poderiam ter imaginado.

O excelente desempenho apareceu em diferentes mídias, do impresso ao digital, correndo mundo afora, das Américas a Europa, sempre enaltecendo a beleza estonteante da modelo paraguaia de 26 anos que ao se despedir dos admiradores recifenses no Teatro da Boa Vista fez a promessa que se o Periquito for campeão ficará nua (em alguns meios de comunicação foi vinculado que isso ocorrerá caso o time não seja rebaixado).

Agora resta torcer que os bons ares deixados pela mais nova musa alviverde traga resultados excepcionais também dentro de campo já que fora a meta foi conquistada com louvor, trabalho complicado, mas não impossível porque além de Larissa Riquelme o América possui um bom time e vai querer voltar a ser notícia nacional, dessa vez como um dos primeiros do Campeonato Pernambucano.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

É hoje, papai!

Seria sexta-feira, mas segundo fontes confiaveis do Blog do Mequinha, Larissa Riquelme, vai chegar mais cedo ao Recife. Obviamente, seus assessores relataram problemas com sua agenda com compromissos no Paraguai, mas todo mundo sabe mesmo é que modelo estava era louca para vestir a camisa do Campeão do Centenário. Para que a beldade se sinta em casa, o evento foi marcado no teatro da Boa Vista, situado na Rua Dom Bosco, no Centro do Recife, proximo ao Colégio Salesiano. Além da presença da modelo guarani, serão ainda apresentados os novos uniformes do América para a temporada 2012, fornecidos pela Rota do Mar em sua quarta temporada de parceria com o Campeão do Centenário. Desde já, esperamos que ela não repita os erros cometidos em 2011 e que todos nós possamos comprar e vestir com orgulho, a camisa do Periquito em suas partidas no Ademir Cunha. Além dos uniformes, também serão apresentados ao torcedor os novos patrocinadores do alviverde da Estrada do Arraial. Vale salientar também a grande repercussão do evento em vários meios de comunicação no Brasil e no Mundo. Segundo o presidente João Moreira, a visibilidade está saindo mais do que o esperado por todos os envolvidos. Bom para o nosso América, que através desta bela jogada de Marketing terá a chance de atrair novos investidores e simpatizantes, e excelente também para Larissa Riquelme que, terá a chance única de conhecer os nobres blogueiros deste espaço, o mais bonito, obviamente é este que redige estas tortuosas linhas... Viviane Araújo que o diga!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Rápidas do Mequinha

Três atletas do América tiveram os nomes divulgados, nesta segunda-feira, no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e estão aptos a atuar em partidas oficiais defendendo o Campeão do Centenário. O volante Dunga; o meia Ricardo Mineiro e o lateral esquerdo Edmilson já estão a disposição do técnico Paulo Junior para a estreia no Campeonato Pernambucano de 2012. Nesta terça, os nomes dos volantes David Dener e Lewis são aguardados seus nomes no boletim da entidade máxima do futebol nacional. Enquanto alguns ficam as disposições do técnico esmeraldino, outros se recuperam para que no domingo fique a disposição para a partida de estreia no estadual. O zagueiro Algodão se recupera de uma lesão de grau leve sofrida no amistoso contra o CSE, enquanto que o zagueiro Léo Gama, se recupera de dores intestinais, no entanto, as chances são mínimas de ambos ficarem fora da partida por questões médicas. Outro que se recupera devido a uma febre é o volante David Dener, mas também não preocupa a comissão técnica e deverá voltar aos trabalhos já nesta quarta-feira. Outro atleta esmeraldino que desfalca o Mequinha, mas não por questões médicas é o zagueiro Carioca, autor do gol esmeraldino que decretou a permanência alviverde na elite do futebol pernambucano. O defensor possui três jogos de suspensão, ainda quando jogava pelo Serra Talhada na Série A2. O América luta para que esta pena seja revista, para que o jogador possa ficar disponível do técnico Paulo Junior na estréia.

Larissa Riquelme: vale ou não a pena?

Desde o sábado o futebol pernambucano não fala de outro assunto a não ser a vinda de Larissa Riquelme para apresentar os novos patrocinadores e uniforme do América... E na minha caixa de e-mail do blog vieram muitas críticas sobre o porque não comentar o assunto. Bom, se é por falta de assunto, o Blog do Mequinha listou as reportagens dos maiores portais do Brasil e alguns do América Latina:
BAND ESPORTES: Musa paraguaia acertou com o América-PE para apresentar os novos uniformes do clube. http://migre.me/7stewLinkVIRGULA: Larissa Riquelme será modelo de novo uniforme do América-PE http://migre.me/7stht clube pernambucano convida Larissa Riquelme para ser modelo de uniforme http://migre.me/7stje FUTEBOL INTERIOR: Larissa Riquelme vai desfilar com a camisa do América-PE http://migre.me/7stms NE10: Larissa Riquelme é exclusiva do América http://migre.me/7stnv SUPERESPORTES: Musa das Américas agora é do América http://migre.me/7stpQ PORTAL R7: Clube pernambucano convida Larissa Riquelme para ser modelo de seu uniforme http://migre.me/7st8n GLOBOESPORTE: Larissa Riquelme será a musa do América-PE http://migre.me/7st5Y UOL ESPORTE: América-PE diz que Larissa Riquelme será modelo de novo uniforme http://migre.me/7sttY TRIBUNA HOJE (MS): Larissa Riquelme desfilará com uniforme do América-PE http://migre.me/7stuX YAHOO! ESPORTES: Larissa Riquelme desfilará com uniforme do América-PE http://migre.me/7stvj DIARIO ONLINE (PA): Larissa Riquelme apresentará camisa do América-PE http://migre.me/7stwz ARENA NE: Larissa Riquelme desfilará com novos uniformes do América-PE http://migre.me/7styp LANCE!NET: Larissa Riquelme é aposta de marketing para América-PE http://migre.me/7sNGR REVISTA PTP (Paraguai): Larissa Riquelme será musa del club América-PE brasilero http://migre.me/7sQ9t
Depois de relacionado todos os portais, voltamos ao que interessa... toda esta agressividade de marketing vale ou não a pena? Enquanto muitos parabenizam o clube pela ousadia do marketing esmeraldino, outros (poucos) apontam críticas, com a opinião de que todo este aporte financeiro seria melhor investido no elenco. E no final das contas, quem está certo? Antes de tudo, vale salientar que há duas formas básicas em que nossos clubes praticam o marketing esportivo em Pernambuco: a primeira, através de produtos e serviços voltados aos consumidores (camisas oficiais do time, por exemplo) e, por ultimo, utilizando-se do esporte como meio de divulgar produtos, sem que elas tenham ligação com atividades esportivas (patrocinadores em geral). O que o América vem realizando desde o ano passado, quando apostou na presença da modelo Viviane Araújo ratifica o quanto estamos atrasados neste seguimento de gestão dentro do futebol, tomando como falsa premissa de que um departamento de marketing é nada mais de que um gasto desnecessário a uma equipe intermediária, que possui rendimentos escassos. De forma competente, a diretoria do Mequinha vem demonstrando justamente ao contrário. Com o mundo futebol cada vez com parcerias milionárias, onde pagam-se fortuna pra investir em um time de futebol, nossos dirigentes aliados aos seus parceiros vem criando grandes campanhas, fazendo com rejuvenesça sua marca, devido à força que o esporte possui entre os jovens e a população em geral e, com todo este aporte, faz com que o Periquito, que até pouco tempo atrás estava fadado ao esquecimento, consiga de forma espontânea e criativa, manter sua marca e dividindo visibilidade entre os grande clubes do estado e do país, o que consequentemente poderá trazer investidores para seu projeto do CT em Abreu e Lima, no qual já possui um terreno com 11 hectares... ou seja, nada é feito por acaso ou no oba-oba! O América não é qualquer clube. É uma agremiação centenária e que nasceu grande, mas se perdeu no caminho por incompetência de dirigentes do passado. É justo que os dirigentes busquem alternativas para minimizar este tempo perdido. Campanhas como esta fará com que aos poucos o América passe a ter mais transparência por parte de seus administradores perante seus (futuros) patrocinadores e ganhará uma maior credibilidade ao seu publico, conquistando novos torcedores.

Ademir Cunha quase pronto para estreia

Com menos de cinco dias para a estreia do América no Campeonato Pernambucano 2012 as obras no Estádio Ademir Cunha continuam a todo vapor. Após realização da ultima vistoria da Federação Pernambucana de Futebol, ocorrida na manhã deste ultimo sábado (07), cerca de 20 homens da Prefeitura do Paulista continuam trabalhando, para que o publico presente no domingo possa prestigiar uma grande partida do Mequinha contra o Serra Talhada, atual campeão da Série A2. Nesta segunda, além da limpeza dos fossos e tratamento final no gramado do Cunhão, a prefeitura realizou a instalação do sistema de monitoramento de câmeras, que é uma das exigências do Estatuto do Torcedor para aqueles estádios que possuem publico superiores a 10 mil torcedores. Com o gramado recuperado, o elenco esmeraldino já vem realizando atividades leves. A expectativa é que já nesta quarta-feira o gramado já esteja totalmente liberado para realização de coletivos.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Enquete aponta América como o favorito a Série D

A primeira rodada do Campeonato Pernambucano já bate nas portas dos doze clubes participantes e, enquanto a bola não rola, o torcedor pernambucano vai apontando seus favoritos. No programa Domingo Esportivo da Radio Jornal AM deste final de semana, uma pesquisa foi realizada para descobrir através de seu público qual seria a surpresa do Campeonato Pernambucano, com exceção de Náutico, Santa Cruz e Sport, o chamado Trio de Ferro. E, de maneira disparada, o América confirmou o seu favoritismo, para uma das vagas da Série D. Em mais de uma hora de enquete realizada pelo radialista André Luiz Cabral e respondida pelos ouvintes através de telefonemas, o Campeão do Centenário foi o mais lembrado, ficando a frente da dupla caruaruense Central e Porto e do Araripina, atual Campeão do Interior. Que o desejo da maioria dos ouvintes possa ser realizado daqui a três meses, e ao que tudo indica observando a pré-temporada do Periquito e as peças que compõe o elenco, podemos sim alcançar este objetivo.

Elenco alviverde segue treinando em duplo expediente

Após o amistoso contra o CSE de Alagoas em Palmeira dos Indios, o elenco profissional do América apenas folgou o domingo e já pela manhã de segunda-feira (09). Após realizar apresentação na concentração esmeraldina em Olinda, todos os jogadores juntamente com a comissão técnica partiram para o Ademir Cunha para realização de treino físico, comandado pelo preparado físico Genivaldo Arruda e pelo assistente técnico Nildo Magalhães. Ainda pela manhã os goleiros Adson e Danilo realizaram seus treinamentos específicos, comandado pelo preparador de goleiros Junior Sales. Pela tarde, foi a vez do técnico Paulo Junior comandar as atividades, realizando um treino com bola dividindo o elenco em duas equipes. Nesta terça-feira, o elenco continuará trabalhando em duplo expediente. No turno matutino, todos os jogadores alviverdes irão realizar trabalhos físicos na academia, em Olinda. No turno da tarde, seguirão para Paulista, onde realizarão treino técnico e tático.

Ultimo ensaio antes da estréia

Muita posse de bola e chances criadas e poucas convertidas em gol. Derrota para um time alagoano em amistoso preparativo no estadual... Dejá vu? Nada disso amigos. Assim como no amistoso contra o CRB em 2010, o resultado do placar em si não traduz o que foi a partida, no entanto, servirá para que o técnico Paulo Junior corrija os erros apresentados e também para mostrar aos nossos atletas (e a nós mesmos) que a caminhada rumo ao brasileiro não será facil. Com o fim de jogos-treinos e amistosos, agora o elenco esmeraldino irá focar somente a estréia do Campeonato Pernambucano, que ocorrerá neste domingo em Paulista contra o Serra Talhdada.
Como não acompanhamos o amistoso, logo abaixo a resenha da partida, por Bruno Levy, do site Palmeira 24h: A partida
O jogo mal começou e o time do CSE conseguiu fazer o seu primeiro gol. No primeiro minuto de partida houve um bate rebate na área do América pelo lado direito de ataque do Tricolor, a bola sobrou para Thales na linha de fundo que chutou cruzado. Luís Paulo se antecipa na bola e marca o seu primeiro gol. CSE 1x0 América-PE.
O time do América melhora na partida e numa bela triangulação o atacante Muller passa por dois zagueiros e passa pelo goleiro, mas perde o ângulo, mesmo assim tenta mandar a bola no meio da área, mas o zagueiro Nadson corta sem dar chances para o azar. A pressão do Periquito de Recife continua e depois de um corte da zaga do CSE a bola sobra para França, o atacante do Periquito, que chuta na meia-lua e a bola passa rente a trave do goleiro Ibson criando grande perigo aos torcedores do Tricolor. Ao contrário do América que teve tantas chances desperdiçadas, o Tricolor soube aproveitar as suas. Aos 38 da primeira etapa, Paulo Victor, meio-campista do CSE, mandou a bola na área e três jogadores subiram como o dia era do atacante Luís Paulo, ele pulou e mandou a bola para o fundo da rede. CSE 2x0 América.
No segundo tempo o jogo ficou morno, sem muita emoção e só apenas aos 24 minutos houve a primeira chance de gol. O meio-campista do CSE Paulo Víctor passa pela zaga do América, vai até a linha de fundo do lado esquerdo de ataque e chuta sem ângulo, mas a bola bate pela rede pelo lado de fora. Após o ataque do CSE, aos 25 minutos do segundo tempo, França recebe a bola na entrada da área, sai costurando para o lado esquerdo passando por dois jogadores do CSE e manda de canhota. A bola vai ao contrapé do goleiro Ibson e entra chorando no gol. CSE 2x1 América. Ainda teve expulsão na partida. Medalha, lateral-esquerdo do CSE, recebeu um amarelo do árbitro Severino Ferreira após reclamar acintosamente sobre um pedido de cartão para o jogador adversário. Como já tinha um, foi expulso pelo seu segundo cartão. Imagem: Janio Bernardo | Palmeira 24h
FICHA TÉCNICA Local Estádio Juca Sampaio, Palmeira dos Índios-AL Horário: 20h | Público 426 pessoas | Renda R$ 3.146,00 ARBITRAGEM
Árbitro Severino Ferreira Assistente 1 Sandro Souza | Assistente 2 Carlos André | 4º Árbitro José Tadeu CSE: Ibson; Israel (Joaninha), Nadson, Sidnei e Medalha; Freitas (Franco), Agmerom (Wellington), Paulo Victor (Cleiton) e Ibson Melo (Etinho); Thales (Valença) e Luís Paulo (Bam Bam).
América-PE: Danilo (Adson); Roma (Maneco), Negretti, David (Léo Gama) e Jaílton; Algodão (Lewis), Alexandre Oliveira, Dunga (Denner) e Rosivaldo (Juliano Roma); França e Muller (Ricardo Mineiro).