sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Danilo é convocado para a Seleção da Guiné Equatorial

Goleiro Danilo defendendo a Guiné Equatorial
O goleiro Danilo foi convocado pelo técnico brasileiro Gilson Paulo para a disputa da Copa Africana de Nações. A competição começa no próximo dia 20, em Gana. O atleta esmeraldino viajou nesta ultima terça-feira (10) e já encontra-se em seu país para disputa do campeonato, que ocorrerá entre os dias 21 de janeiro até o dia 12 de fevereiro, data que será realizada a final da competição.
A seleção do Guiné Equatorial que ao lado do Gabão são as anfitriãs da 28ª edição da Copa das Nações Africanas, enfrentará as seleções da Líbia, Senegal e Zâmbia. Os dois primeiros de cada grupo avançam para as quartas-de-finais. Sobre Danilo, o curioso é que o jogador só veio a se naturalizar em 2006, por influência do treinador Antônio Dumas. Diferentemente de vário atletas que buscam a naturalização em outros países, o arqueiro esmeraldino procurou se aprofundar na cultura da Guiné Equatorial, desde o costume de seu povo a cantar o hino local, que além do português também possui como idioma oficial o francês e espanhol. Depois de um conflito interno envolvendo o alto número de brasileiros na seleção deste país africano, todos foram excluídos da seleção, exceto Danilo, devido a sua identificação com o país guinéu-equatoriano. Em 2008, Danilo foi um dos responsáveis pela histórica vitória dos Nzalang sobre Camarões nas eliminatórias para a Copa Africana das Nações. Com a ausência de Danilo no elenco americano, o goleiro Adson será o dono da camisa 1 diante do Serra Talhada, neste domingo às 16 horas no Ademir Cunha. Veja os dados de Danilo no site da Fifa, defendendo a seleção da Guiné Equatorial, clicando AQUI.

2 comentários:

  1. E´realmente uma pena , pois esse excelente atleta vai fazer falta ao America. Principalmente logo no inicio do campeonato. Boa sorte Danilo.

    ResponderExcluir
  2. Agora entendi. Uma certa vez no comunidade alviverde no orkut, comentaram que Danilo defendia a Guiné Bissau (país de língua oficial portuguesa). Fui pesquisar e nada encontrei. Agora vejo que o mesmo defende na verdade, a Guiné Equatorial.
    Caro Washington, só me permita fazer uma correção no texto.
    Na verdade, além do espanhol e do português, a outra língua oficial do país é o francês, e não o inglês, como foi colocado no texto.

    ResponderExcluir