quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

América x Náutico

Abalado pela sequência de derrotas o elenco Esmeraldino tem um confronto que visto de fora é uma missão impossível e o prenúncio de uma goleada. Praticamente o confronto de opostos: de um lado o vice-líder e de outro o lanterna.
Neste jogo o América tem apenas um desfalque: Negretti, que cumprirá suspensão pelo cartão vermelho da última partida. Os demais estão a disposição para jogar esta noite. Ironicamente Maneco retorna da suspensão hoje depois do polêmico lance contra o Náutico que resultou no seu afastamento por três jogos.
Dessa forma é provável que entremos com três zagueiros e com Juliano Roma e França no ataque. Mas, a dúvida é quem comporá o centro criativo do América no meio campo? Na verdade essa é uma lacuna que está sem resposta desde o começo do campeonato. Para este jogo talvez Coringa entre novamente e seja apoiado por mais três volantes.
Obviamente o favoritismo é dado ao Náutico, mas o América deve entrar em campo com o espírito de quem ainda luta pela permanência e deve encarar a partida como uma decisão de fato.
Todos sabemos que a crise está muito profunda e que abala a torcida e quem faz o dia-dia do clube, mas a responsabilidade de lutar e jogar vai se estender até a última partida e por ora temos que nos agarrar nas poucas possibilidades que nos restam.
Mais uma noite na torcida pelo Mequinha.
--**--
Acompanhe América x Nautico nas rádios:

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Pernambucano SUB-20 já tem data marcada

A FPF divulgou ontem que o Campeonato pernambucano de juniores está marcado para começar no dia 17 de março.
Este ano a novidade está na fórmula e no número de participantes. Além das equipes que disputam a série A1 foram convidados mais quatro equipes. Elas disputarão o torneio em quatro chaves de quatro clubes, que jogarão no sistema de ida e volta, e de cada chave três equipes se classificarão.
A FPF se comprometeu em divulgar a tabela e a forma de disputa da segunda fase na sexta-feira, dia 2.
Lembrando que o Mequinha na edição passada fez uma campanha regular e manteve alguns jogadores com idade para disputar esse certame treinando entre os profissionais. Alguns deles chegaram a atuar em algumas partidas, como foi o caso de Maurício e Danilo.

Definido valores dos ingressos para América x Nautico

Depois de colecionar mais uma derrota no PE2012, o America volta a Paulista para receber o Náutico na próxima quarta-feira, no Ademir Cunha. Os bilhetes para a partida já estão à venda em Paulista na quarta-feira. Os ingressos estarão sendo vendidos ao preço único de R$ 20,00. Nos Aflitos as vendas serão antecipadas, sendo comercializadas a partir de terça-feira (28.02), das 9 às 20h, nas bilheterias dentro do Eladio Barros de Carvalho e da rua da Angustura. Na quarta-feira, as bilheterias irão funcionar das 9 às 12h. Ao todo, serão 3500 ingressos disponivel à venda para o torcedor nas bilheterias do Ademir Cunha e Aflitos. A troca para os cupons do Todos com a Nota será realizada somente amanhã (29) no Ademir Cunha.

Gilberto Freire para América x Náutico

A Federação Pernambucana de Futebol definiu a escala de arbitragem para a 13ª Rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. O árbitro responsavel que apitará o jogo entre América x Náutico será Gilberto Freire, auxiliado por Jossemar Diniz e Wilton Lins. O 4º árbitro será Giorgio Wilton. Em onze rodadas em que teve o nome sorteado PE2012, será a quinta oportunidade no qual Gilberto Freire comandará o apito. As outras seis esteve presente como 4º árbitro, duas delas envolvendo o América, pela segunda rodada na Ilha do Retiro em Sport x América, e na quinta rodada no Ademir Cunha em América x Belo Jardim. O "Clássico da Tecnica e Disciplina" está programado para a próxima quarta-feira (29), às 20h, no estádio Ademir Cunha.
Imagem: Paulo Paiva/Superesportes

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Segue o calvário: Ypiranga 2 x 0 América


O martírio da torcida Americana segue com mais uma derrota. Fora de casa o América foi subjugado pelo Ypiranga que se impôs e venceu com razoável facilidade, afundando ainda mais a impressionante crise que o América vivencia.

O jogo começou com uma pressão grande do Ypiranga, mas em uma cobrança de falta próximo a área o América quase chegou ao primeiro gol do jogo, após o chute de Coringa ter beijado a trave. Ainda no primeiro tempo Negretti foi expulso e em seguida o América sofreu o primeiro gol. O Ypiranga vez valer uma vantagem que o América não soube aproveitar na quinta-feira passada.

Após o retorno do segundo tempo o Ypiranga ampliou o marcador e decretou os números finais da partida. O América esboçou uma reação maior depois que Teles foi expulso pelo lado do Ypiranga, mas não teve êxito e o jogo ficou por isso.

A história praticamente se repetiu e mais uma vez a torcida Alviverde amargou um resultado negativo. As explicações nesta altura do campeonato ficam fazias e perdem cada vez mais o sentido.



Mesmo assim continuo insistindo que nosso meio campo é desorganizado e pouco criativo. Ontem acho que Charles Muniz teve a oportunidade de dar um novo gás ao time. Talvez não custe nada entrar com Danilo Reis atuando no meio junto com Dunga e fixar França e Juliano Roma no ataque. Mas essa desorganização não tem nos levado a nada.

Estamos com um time sem cérebro, sem comando e, em parte, sem vontade. Não dá para esperar muito. As chances estão diminuindo e todo o planejamento para 2012 foi por água a baixo com essa péssima campanha.

Só resta continuar lutando e acreditando num milagre.

Imagem: YpirangaNET

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Ypiranga x América: lado B

Depois da derrota durante a semana o América vai até Santa Cruz do Capibaribe para tentar, mais uma vez, a primeira vitória no campeonato. O jogo é o outro lado do disco que começou na quinta-feira, mas será que desta vez a música vai ser diferente?
Para o jogo o Mequinha não poderá contar com Adriano na lateral esquerda, sendo provavelmente substituído por Jaílton. Outro que deverá desfalcar o América é Juliano Roma que saiu contundido na última partida. Além deles, Cléber Gaúcho não deve jogar pois levou o terceiro cartão amarelo.
A novidade que pode surgir é Coringa, contratado junto ao Cratéus, ele tem passagens pelo Central, Salgueiro e pelo futebol gaúcho. Joga no meio campo e já se encontra disponível para o técnico Charles Muniz.
Jogar fora contra um time para o qual perdemos em casa é desalentador. Certamente a torcida e jogadores estão abalados com a situação onde chegamos. Mas o profissionalismo e o bom senso tem que prevalecer, assim como o orgulho e o autorespeito. Esses são elemento que devem ser evocados nesta hora.
As declarações de pena tornam todos pequenos, ninguém precisa de pena neste momento, precisamos de respeito e os jogadores devem ter atitude para se fazerem respeitados. A profissão do futebol pode mudar o perfil de um atleta em minutos: um grande artilheiro pode ficar marcado pelo gol perdido, mas o que faz ele ser grande não é a autopiedade ou a pena alheia, é sua capacidade e ombridade para enfrentar a situação com o mesmo empenho que se tivesse em momento mais confortável.
É isso que a torcida Alviverde, pequena, sofrida, mas orgulhosa e esperançosa, acima de tudo, espera de seus atletas. Um clube com 98 anos de história e que fundou e enriqueceu o futebol pernambucano merece mais respeito e empenho de todos.
É por isso que torcemos e pelo que esperamos neste domingo.
Avante Mequinha!
--**--

Off-topic: Acompanhe América-PE x Ypiranga através da internet pelas rádios Radio Vale AM 1370 khz (http://www.radiovaleam.com/) ou Polo FM 101,9 Mhz (http://www.polofm.com.br/)

América contrata meia Coringa

O América acertou a contratação do meia Coringa, de 26 anos. O que nós esperamos é que esta contratação possa dar o fim a carência de um meia armador. O meia que passou por exames médicos, assinou contrato e já foi regularizado através do Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Ele estava no Cratéus disputando o Campeonato Cearense e fica no Ademir Cunha até o final do Campeonato Pernambucano de 2012. Em 2010 o meia que também teve passagens por Cabense e Central, foi Campeão Pernambucano da série A2 pelo Serra Talhada. Além de Coringa, Carlos Alberto, ex-Paranavaí, e Tarcísio, ex-Atlético Pernambucano podem chegar a Estrada do Arraial. Enquanto que alguns chegam, outros que foram anunciados pelo Blog do Mequinha e que vinham realizando testes no Ademir Cunha não acertaram a contratação, são os casos do atacante Caiçara e do meia argetino Marco Jara. Caiçara acabou acertando com a Largatense do técnico Givanildo Sales, onde trabalharam juntos no Belo Jardim, enquanto que o argentino Marco Jara não havia tempo hábil para contratação. No dia 1º de abril, próxima quinta-feira, é o limite para os times pernambucanos fecharem os elencos.

Definida arbitragem para Ypiranga x América

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu nesta sexta-feira a escala de arbitragem para a 12ª rodada do Campeonato Pernambucano, a primeira partida do returno. O árbitro que apitará o jogo entre Ypiranga x América será Gilberto Castro Junior auxiliado por Albert Junior e Marcelino Castro. O 4º árbitro será Luiz Cláudio Sobral. Em doze rodadas, esta será a primeira que Gilberto Castro Junior comandará o apito. Nas dez anteriores, o arbitro teve seu nome sorteado em outras cinco rodadas como árbitro e uma como árbitro reserva. Nenhuma delas envolvendo o América. Em 2011, o árbitro da FPF apitou duas partidas envolvendo o América, contra Náutico e Sport, disputadas nos Aflitos e no Ademir Cunha, respectivamente. A partida entre Maquina de Costura x Periquito está programada para este domingo (26), às 16h, no estádio Arena Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe. Imagem: Helder Tavares/Superesportes

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Pena: O fundo do fundo do poço.

"...Eu fico sentido pelo o América, era um time grande, era o time do meu pai que apesar de paraibano torcia por ele, um dia gostaria de estar nesse clube..."
Reginaldo Souza, técnico do Ypiranga em entrevista a Rádio Polo FM no final de America 1x2 Ypiranga
"Fiquei triste por eles, né?"
Danilo Lins, atacante do Ypiranga, autor dos dois gols contra o América.
Veja a que ponto nós chegamos no PE2012. Onze rodadas disputadas até agora, dois míseros empates e nove derrotas. E se ainda temos que engolir este resultado decepcionante até agora, nos vem profissionais time adversário declarar pena devido a nossa situação. Acreditem amigos, quando o adversário expõe esta situação, podem ter certeza que a situação está preta. Desde criança ouço dos mais velhos que, quando achar que alguém tem que ter pena de você, está morto. Na minha ótica, pena é um sentimento dispensável, no qual geralmento usamos para pré-julgar a condição alheia. ora, cada um recebe o que merece, seja de bom ou ruim. O esforço é sempre recompensado - se a recompensa não veio, foi porque não houve esforço suficiente para contornar a situação. Sendo assim é inaceitável alguem ter pena de nossa situação, visto que nosso time não vem fazendo o básico dentro de campo. Se correria e afobação ganhasse jogo, as seleções africanas e asiáticas já teriam conquistado uma Copa do Mundo. Não existe nada mais auto-destrutivo do que continuar lutando sem fé nenhuma e, infelizmente, é assim que se vê o time do América na maioria das oportunidades. Um grupo de jogadores descrentes do seu potencial, sem organização tática, onde sequer se comunicam dentro de campo e apoiam a si mesmos. O resultado disso tudo são placares adversos oriundos de atuações bisonhas onde poucos se esforçam para melhorar a situação no qual se encontra o clube que defendem. Mesmo assim, eu ainda não sei o que é pior, torcer para um time digno de pena como foi mencionado logo no início ou ver um planejamento a longo prazo ser desmoronado depois da forma heróica como subimos para primeira divisão em 2010 e da permanência no ano passado. Se alguem souber, por favor... replique esta informação a este elenco.

Agora ou Nunca? (Um outro Desabafo)

Mais uma derrota, mais uma atuação MEDÍOCRE, e o que podemos ainda esperar? Só depende do Periquito e da bola que irão jogar, pois se continuar dessa maneira: A Série A2 nos Espera. É incrível como a nossa defesa se comporta tão mau, e nosso ataque pior ainda. Não dá mais para suportar tamanha incompetência de alguns jogadores, que desde as primeiras rodadas, demonstram incapacidade de ter visão de jogo ou conclusão de jogadas. Sem contar que não temos um cabeceador. Em 12 jogos, apenas 2 pontos. Campanha pior que pífia. Para quem almejava Série D de Brasileiro, esse time do América demonstra um completo despreparo psicológico, tático e técnico. É claro que sempre procuramos culpados, mas afinal TODOS SÃO CULPADOS. E como se isso não fosse o bastante, contamos também com a incompetência e amadorismo de uma fornecedora esportiva, que se compromete a fabricar o material do AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, e não dá ao Clube um “feedback”, causando mais frustração e angústia á Torcida Esmeraldina, que ontem mesmo diante de tamanhas adversidades, apoiou, incentivou, o time da Estrada do Arraial. Pena que alguns do banco de reservas Esmeraldino, não lembram disso, e ainda acham no “direito” de reclamar, quando afinal estamos lá gritando e criticando por AMOR AO CLUBE, ONDE A INSTITUIÇÃO ESTÁ ACIMA DE TUDO. Se não gostam de pressão, CAIAM FORA! Sei também que há jogadores esforçados, que lutam dentro de campo, e outros que nem se quer entraram nos jogos que sucederam essa infeliz campanha por motivos que só Deus sabe. A estes ressaltamos os nossos parabéns. Sinceramente posso dizer por mim que não sei mais o que pensar, a não ser claro, torcer, como sempre fiz e sempre fizemos. O que sei, é que jogadores como Janderson, Branquinho e Mousinho, nos fazem muita falta. Boa Sorte, América.

Blog: http://www.blog-o-criatura.blogspot.com

E-mail: artepbatista@gmail.com

Twitter: @paulopbatista

Noite inominável



Noite fatídica em Paulista, mais uma derrota Americana e uma triste sensação de contagem regressiva para o rebaixamento. Acho que isso resume os fatos e as emoções sentidas pelos verdadeiros Alviverdes nesta quinta-feira.

Em respeito aos leitores vou tentar sumarizar o jogo.

O primeiro tempo começou com jogadas Americanas pela lateral direita levando muito perigo ao gol do Ypiranga. Numa delas a bola não entrou justamente por ter batido em um de nossos jogadores depois de três chutes dentro da grande área. Depois disso o que se viu foi o América recuando a marcação cada vez mais e o Ypiranga dominando a posse de bola, em um jogo morno com raras chegadas dos dois lados.

O segundo tempo começou com o América levando vantagem no número de jogadores desde o fim da primeira etapa. Não demorou e mais jogadas pela lateral levaram o América ao ataque com perigo, mas elas se resumiram a três tentativas e só. De repente começou o pesadelo.

Em um contra-ataque fulminante o Ypiranga abriu o placar e desestabilizou completamente o time Alviverde. A partir daí bateu o desespero nos homens de verde e branco e em um novo contra-ataque o Ypiranga ampliou o placar. O desespero aumentou e em mais duas chances Danilo salvou o América de levar uma goleada humilhante.

Após algumas alterações o América tentava de forma desorganizada chegar ao ataque mas não tinha efeito. Os melhores lances foram uma cabeçada de Falcão e uma cobrança de falta de Roma. Já no finalzinho França fechou o placar do jogo com um gol de cabeça.


 
Agora peço licença para um desabafo.

Não gosto de ficar procurando culpados, pois em qualquer derrota todos erram e o futebol é um esporte coletivo, mas tá claro que alguns se matam dentro de campo enquanto outros assistem o jogo numa posição privilegiada. Se o elenco tem diferenças internas tá na hora de assumirem responsabilidades de homens e colocar os objetivos profissionais à frente de tudo. Essa campanha pífia não se justifica.

No caso particular de ontem acho que nosso treinador falhou em não qualificar o meio de campo. Jogar com três ou quatro atacantes não torna nenhum time mais ofensivo. Muitos jogadores precisam acordar e fazer um sacrifício a mais, pois o América ofereceu uma chance a todos de serem competitivos, mas eles falharam ao longo de todo o campeonato.

O que me deixa mais triste é que há um bom tempo o América não tem uma chance de revitalização tão clara enquanto clube. A permanência com campanhas no mínimo regulares traria conforto para o trabalho da diretoria e quem sabe depois de 2014 almejaríamos voos mais altos. Mas jogando deste jeito o América vira apenas motivo de piada e falta de credibilidade.

Triste.

Imagens: YpirangaNET

CAMPEONATO PERNAMBUCANO 2012 | 11ª RODADA | 23/02/2012 | 20H| ESTÁDIO ADEMIR CUNHA
America-PE 1x2 Ypiranga | PUBLICO/RENDA: 1274 | R$ 555,00 
ARBITRAGEM: Erique Rocha de Melo; Wilton Lins, Wlademir Lins; Luciano Castro 
GOLS: AMÉRICA: França 43"2T | YPIRANGA: Danilo Lins 8"2T; 12"2T 

CARTÕES: 
AMARELO: AMÉRICA: Algodão 8"1T; Cléber Pereira 1"2T; Falcão 47"2T; Negreti 48"2T | YPIRANGA: Ludemar 32"1T; Tigrão 6"2T; Teles 23"2T; Marcos Mendes 35"2T; Geday 38"2T 
VERMELHO: AMÉRICA: Adriano 44"2T | YPIRANGA: Everaldo 24"1T 

AMÉRICA: Danilo; Léo Gama, Negreti, Mauricio (Ricardo Mineiro); Roma (Roberto); Algodão, Cléber Gaucho, Adriano, Juliano Roma (Carlinhos Gravatá); Falcão, França | Téc. Charles Muniz 
YPIRANGA: Geday; Tigrão, Oséas, Everaldo, Teles; Julio Terceiro, Marcos Mendes, Jair, Ila; Danilo Lins, Ludemar. | Téc. Reginaldo Sousa

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A hora da virada chegou

O carnaval já passou mas não custa nada lembrar do refrão do famoso frevo O Bloco da Vitória de Nelson Ferreira, pois esse não poderia ser lema melhor para o América neste momento. O bom resultado diante do Petrolina antes da folia de momo animou o time que se empenhou nos treinos enquanto a maioria se divertia no carnaval.
Para esta partida Charles Muniz não poderá contar com Dunga e Jaílton, por conta dos cartões amarelos e nem com David, que foi expulso na última partida Alviverde. França e Juliano Roma são dúvidas para a partida e passarão por uma avaliação médica para saber se serão relacionados. Juliano Roma tem sido caçado desde o jogo contra o Araripina, quando saiu machucado e provavelmente as lesões tenham se agravado. Sua possível ausência seria o maior dos desfalques Esmeraldinos para este jogo.
O América precisa emplacar sua primeira vitória nesta quinta se quiser sonhar com uma recuperação. Mesmo que as chances não se esgotem numa eventual derrota, vencer o Ypiranga jogando em casa é o resultado mais esperado e pode dar o equilíbrio e animação que o elenco precisa para fazer uma campanha de reabilitação.
Mas o Alviverde não pode bobear, a máquina de costura já mostrou que pode surpreender até times muito mais fortes, como aconteceu na Ilha do Retiro contra o Sport. Mesmo que os alvi-azulinos tenham sido derrotados nos últimos dois jogos, o América vai ter que cuidar bem de seu sistema defensivo se não quiser ter dor de cabeça.
O futebol tem fenômenos que forçam até os mais céticos a titubear na frente das sLinkuperstições. No ano passado estávamos amargando a última colocação quando em uma partida contra o Araripina o Mequinha conseguiu sua primeira vitória e deu o pontapé para uma reabilitação histórica. Essa partida foi justamente a derradeira dos jogos de ida da fase inicial do campeonato.
Então chegou a hora! Vamos Mecão, vamos botar o bloco da vitória na rua!!!
--**--

Off-topic: Acompanhe América-PE x Ypiranga através da internet pelas rádios Radio Vale AM 1370 khz (http://www.radiovaleam.com/) ou Polo FM 101,9 Mhz (http://www.polofm.com.br/)

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Carnaval? Isso non ecziste!

Enquanto milhares de foliões estarão brincando o carnaval, inclusive a galera aqui do Blog do Mequinha, muita gente vai trabalhar forte durante este período. Os exemplos são varios, seguranças, médicos, enfermeiras, policiais, bombeiros, ambulantes e, porque não dizer, o elenco esmeraldino da Estrada do Arraial, que terá a dura missão de trabalhar para melhorar o desempenho após o carnaval, aproveitando o recesso do campeonato pernambucano para para aprimorar a parte técnica e física dos jogadores. Durante os quatro dias os dias da folia de Momo, elenco e comissão técnica irão trabalhar em duplo expediente... e olhe que a concentração alviverde fica no foco do carnaval, mais precisamente em Olinda! O América só voltará a entrar em campo na quinta-feira, dia 23, contra o Ypiranga, no Ademir Cunha. Até lá, o Blog do Mequinha irá reduzir a marcha com as atualizações periódicas sobre o Campeão do Centenário. Tempo o suficiente para os blogueiros aqui dar passadinha no Galo da Madrugada até o Bacalhau do Batata... e na torcida para que nossa folia permaneça e emende após a quarta-feira de cinzas, com a primeira vitória do Periquito!

Erique Rocha para América x Ypiranga

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu nesta sexta-feira a escala de arbitragem para a 11ª rodada do Campeonato Pernambucano. O árbitro que apitará o jogo entre América x Ypiranga será Erique Rocha, auxiliado por Wilton Lins e Wlademir Lins. O 4º árbitro será Luciano Castro. Em onze rodadas, esta será a primeira que Erique Rocha comandará o apito. Nas dez anteriores, o arbitro teve seu nome sorteado em outras seis rodadas como quarto árbitro, três delas em partidas envolvendo o América, na primeira, sexta e oitava rodada, no qual o Mequinha enfrentou Serra Talhada, Porto e Araripina, respectivamente. A partida entre Periquito x Maquina de Costura está programada para a próxima quinta-feira (23), às 20h, no estádio Ademir Cunha, em Paulista.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O inicio da recuperação?

Um ponto valioso! Sendo franco com todos, fiquei satisfeito com o empate conquistado diante do Petrolina no Estádio Paulo Coelho. Infelizmente, olhando de forma criteriosa nossa situação na tabela, nosso resultado só não foi melhor, pois continuamos na Z4, mesmo se vencêssemos. Contudo, fizemos o nosso dever e não perdemos jogando fora de “casa”. O futebol apresentado pelo “novo” América não foi aquele de encher os olhos, mas pelo o pouco que conseguimos ouvir Grande Rio AM (o site transmitiu apenas o segundo tempo e mesmo assim, com falhas de transmissão) é nítido o crescimento da equipe sob o comando de Charles Muniz. Apenas torcemos que este ímpeto demonstrado pelos jogadores seja dada continuidade para as rodadas pós-carnaval, caso contrário, poderemos apenas afirmar que era pra surpreender o "novo professor". Com a forte marcação do início ao fim, o América não permitiu ser vazado pelo adversário, que culminou no insosso placar. O setor defensivo falhou algumas vezes, mas bem menos que nas partidas anteriores. O ataque esmeraldino também deu muito trabalho a defesa sertaneja, mas não ao ponto de vencer o arqueiro Jailson, mostrando a Charles Muniz que muita coisa deve ser modificada para que o Mequinha saia desta situação incômoda. Até o momento só pontuamos em dois empates por 0x0. Por fim, a fase do nosso xerife David está “negra” e, brincando com o sério, precisa se benzer. Infelizmente após marcar dois gols contra o nosso patrimônio em rodadas passadas, no Vale do São Francisco, aos 29 minutos da etapa final comete uma falta desnecessária dentro da grande área, numa jogada onde não transparecia tanto risco para uma jogada mais forte. Por nossa sorte, Danilo defendeu o pênalti cobrado pelo lateral-direito Gustavo do Petrolina, repetindo assim, a mesma atuação da semana passada, quando defendia a seleção da Guiné Equatorial, na Copa Africana de Nações, quando pegou a penalidade do craque da Costa do Marfim e Chelsea, Didier Drogba. Vamos agora torcer pra que neste período de recesso no estadual devido ao Carnaval, nosso elenco possa ganhar força e competitividade, principalmente para que possa trazer dois resultados positivos diante do Ypiranga, um dos concorrentes diretos a fuga do rebaixamento. Jogo duríssimo!!! Vamos para cima deles, com seriedade e garra pois precisamos somar pontos para sairmos da temida Z2. Campeonato Pernambucano 2012 Petrolina 0x0 America | 10ª Rodada | Estádio Paulo Coelho, Petrolina ARBITRAGEM: Emerson Sobral, Paulo Stefannello, Bruno Alcantara, Tiago Nascimento CARTÃO AMARELO PETROLINA: Anderson 20"1T; Vilton 6"2T; Fabio 12"2T; Daniel 13"2T AMERICA: Jailton 13"1T; David 18"1T e 29"2T; Dunga 25"1T; Falcão 13"2T; CARTÃO VERMELHO: AMERICA: David 29"2T ELENCO PETROLINA: Jailson; Gustavo, Lau, Uilton, Jerfinho (Geovane); Daniel, Fabio, Allan, Julio (Kleiton); Souza, Anderson. Tec. Pedro Manta AMÉRICA: Danilo; Roma, Leo Gama, David, Adriano; Mauricio, Dunga, Cléber Gaucho, Jailton; Falcão (Carlinhos Gravatá), França (Ricardo Mineiro). Téc. Charles Muniz Publico: 4228 Renda R$ 2790,00

Mais quatro dispensas no América

De saída: Adson, Cláudio Romão, Rosivaldo e Edinho Recife.
Para tentar afastar a má fase no Pernambucano o America aposta em mudanças. Antes de viajar para o sertão pernambucano para enfrentar o Petrolina, foram anunciadas a dispensa de quatro jogadores: o goleiro Adson, o meia Rosivaldo e o atacantes Cláudio Romão e Edinho Recife. Todos com boa passagem em clubes adversários no PE2011, com exceção de Edinho Recife, que veio do Anapolina-GO, mas que infelizmente não se encaixaram neste momento no América-PE. Em dez rodadas do Pernambucano, Rosivaldo entrou em campo em cinco partidas, e marcando dois gols na partida contra o Araripina. Já os atacantes Cláudio Romão e Edinho Recife participaram de cinco e duas partidas, respectivamente, mas com nenhum gol marcado. Juntando-se a Claudio e Rosivaldo, Adson tambem vestiu a camisa esmeraldina por cinco rodadas. Antes deles outros quatro jogadores haviam rescindido com o Campeão do Centenário. Os meias-atacantes David Denner e Muller, o volante Pereira e o zagueiro Igor Baiano. Enquanto que Denner e Muller participaram das duas primeiras rodadas, Igor e Pereira sequer entram em campo.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

HORA DE AGIR

Hoje teremos mais uma rodada válida pelo Campeonato Pernambucano. O América parte para o improvável hoje às 20:00 no extremo sertão jogar conta o Petrolina em busca de sua primeira vitória. Isso mesmo primeira vitória. O América vive um dos seus momentos mais difíceis e nesse “fundo de poço” luta contra tudo e todos para dessa situação, que para muitos incrédulos a Série A2 é inevitável. Desde o começo que se dizia que o objetivo do América era a Série D do Brasileiro, e agora por conta de uma seqüência de erros cruciais, estamos mais uma vez lutando para não cair. Mas como diria um velho samba: “Reconhece a queda e não desanima, Levanta, sacode a poeira, E dá a volta por cima”. O América precisa acordar, precisa lutar, precisa se superar. E porquê não dizer com bastante lucidez: VOLTAR A BRIGAR PELA SÉRIE D. “Que a diretoria, elenco e comissão ténica possam ver essas palavras que tirem nosso time dessa situação, ninguém está feliz com essa situação do Mequinha. HORA DE SE LEVANTAR. VAMOS AMÉRICA, VAMOS GANHAR” !!!

Blog: http://www.blog-o-criatura.blogspot.com

E-mail: artepbatista@gmail.com

Twitter: @paulopbatista

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Mais uma batalha

Mais uma chance de reabilitação Alviverde nesta quarta-feira. Porém, uma parada difícil por vários motivos, mas o principal é que os donos da casa são soberanos jogando em seus domínios. Para apimentar a situação o histórico dos confrontos se resume a três partidas: duas vitórias do Petrolina, jogando em casa, e uma vitória do América, também jogando em casa.
O América deve encarar esse desafio com mudanças. Negretti desfalca o time cumprindo suspensão pelo terceiro amarelo e Alexandre Oliveira segue machucado. Algodão, por sua vez, é dúvida para entrar em campo. Outro desfalque certo será Maneco, que cumprirá suspensão de três jogos em virtude da falta realizada sobre o atacante Rogério, do Náutico. Mas se espera que o time repita o bom esquema de marcação que ficou evidenciado no jogo contra o Santa Cruz, principalmente no primeiro tempo. Além disso, a torcida espera a mesma postura de combatividade da última partida.
Mas o que precisamos melhorar mesmo é a pontaria. Na última partida ficou claro que precisamos acertar e aproveitar as oportunidades que aparecem.
Do lado do adversário não tem muito o que se falar. O Petrolina venceu todas as partidas disputadas em casa e faz uma grande campanha no PE2012, inclusive surpreendendo a muitos.
De qualquer forma o mais importante é estarmos cientes de que o confronto é difícil, mas no futebol não existe a palavra impossível. Aos nossos jogadores segue o apoio da torcida que continua acreditando e torcendo pela primeira vitória e pela reabilitação Esmeraldina. Mas eles também precisam se comprometer com o que já foi construído até agora e com os projetos que podem viabilizar um futuro melhor para o nosso Glorioso Mequinha.
A torcida Alviverde pode acompanhar o confronto neste link: http://www.granderioam.com.br/

Árbitro definido para jogo no sertão

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu na tarde desta segunda-feira a escala de árbitros para a décima rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. E o árbitro que apitará o Petrolina x América será Emerson Sobral, auxiliado por Paulo Steffanello e Bruno Alcântara. O quarto árbitro serão Tiago Nascimento. A partida entre a Fera Sertaneja x Campeão do Centenário está programada para esta quarta-feira (15), às 20h, no estádio do Paulo Coelho.

Maneco é suspenso por três jogos

Chamaram de Marginal. Não satisfeitos, ainda exigiram sua prisão. O presidente da Federação Pernambucana de Futebol também deu a sua bênção a toda a situação supervalorizada pelos dirigentes alvirrubros. Chegaram ao cúmulo de comparar o lance de contato físico com a agressão de Bolívar do Internacional de Porto Alegre ao atacante Dodô, do Bahia, no Campeonato Brasileiro e exigindo punição semelhante, no qual o atleta colorado só voltará a exercer suas atividades quando o atacante do Bahia estiver recuperado. Pois bem, após diversos comentários, enfim o Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD/PE) deu seu parecer. Diferentemente como queria a diretoria alvirrubra, o lateral-direito Maneco foi suspenso por três partidas no Campeonato Pernambucano. Na noite desta segunda-feira, ocorreu, então, o julgamento da representação do Náutico, no TJD/PE. O atleta do Mequinha foi enquadrado no artigo 254, por jogada violenta. Com a decisão do TJD, a representação de Evandro de Carvalho, presidente da FPF, no qual pedia que Maneco ficasse afastado dos gramados pelo mesmo tempo de recuperação de Rogério, será ser arquivada, uma vez que trata-se do mesmo artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), já julgado. Vale salientar que ainda haverá um novo julgamento agendado para a quinta-feira, novamente no TJD/PE. Maneco, que esteve em campo no domingo, contra o Santa Cruz, vai começar a cumprir sua suspensão já nesta quarta-feira, diante do Petrolina, em jogo pela décima rodada do estadual, no Sertão do São Francisco.
Foto: Globo Esporte/Elton de Castro Arte: Laercio Ismar

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Mais um resultado negativo

Analisar mais uma derrota? O que é isso, papai do céu? Lá vamos nós, de novo... mais uma vez.
Vamos direto ao ponto: perder pro Santa Cruz, não é e nunca haverá de ser algo pra desanimar, visto que é uma equipe de ponta no futebol pernambucano e são os atuais campeões do estado. Isso posto, as ressalvas: mesmo com uma defesa segura durante todo o jogo, o go sofrido era perfeitamente evitável, após a bola ter sido espalmada por Danilo a bola passou por toda a zaga e ninguém cortou, deixando livre para que o lateral-esquerdo Dutra chutasse com seu pé direito, que não é o bom! Por um lance rápido, perdemos o jogo que vinha equilibrado e permaneceu durante todos os 90 minutos. O que, tomando em conta os últimos jogos, não vem se convertendo objetivamente em grandes O Santa Cruz, que não tem nada com isso, colocou mais três pontos no bolso. Fato a se lamentar foram as chances perdidas do lado esmeraldino que poderiam dar uma outra trama à partida. Aos 26 minutos do primeiro tempo, numa bobeira da defesa tricolor, Juliano Roma, sozinho, perdeu uma chance clara, cabeceando errado e desperdiçou uma excelente oportunidade. Também vieram outras tentativas de infiltração do prório Juliano Roma buscando Rosivaldo, sem sucesso, assim como uma bela cobrança de falta de Jailton, já no segundo tempo, defendida com dificuldade por Tiago Cardoso. No entanto, as chances esmeraldinas se resumiram a isso. Fato é que algo ainda precisa ser mudado. E ao mesmo tempo que deve ser realizado uma cobrança ao elenco, deve ser dado a tranquilidade necessária para que o nervosismo não interfira na produção nas próximas partidas. Vamos ver se Charles Muniz consegue realizar esta dosagem para que os resultados possam aparecer já na proxima rodada em Petrolina, caso contrário, o retorno a Série A2 irá se desenhar cada vez mais. O blogueiro se encontra de cabeça baixa. Ainda tem fé que conseguiremos dar a volta por cima, mas relutantemente admite que não consegue mais dar sugestões para melhorar essa maldita má-fase. E apenas reza para que jogadores, comissão técnica, diretoria, juntamente com nós torcedores consigam, num incrível esforço conjunto, tirar o time da draga em que se encontra o mais cedo possível. Amém! Imagem: Superesportes/Ricardo Fernandes

sábado, 11 de fevereiro de 2012

O páreo é duro, mas não impossível!

Mais uma batalha pela frente para o resgate de nossa honra! O Periquito fará a sua (re)estreia no estadual que mais atrai publico no país pentacampeão mundial. Para a grande maioria da imprensa, o América é o “patinho feio” da competição. Entretanto, um aviso aos videntes esportivos de plantão: sujaremos a água da lagoa! Realmente, estou confiante que o Campeão do centanário comece com o pé direito na estréia do técnico Charles Muniz e faremos a nossa primeira vítima. Nada melhor que estrear contra o atual campeão pernambucano em nossos domínios com transmissão ao vivo para todo o estado de Pernambuco. Quer motivação maior? E por falar em vitória, conquistar os três pontos em casa será de extrema necessidade para a equipe reagir e sair da zona do rebaixamento. Até o momento estamos a nove pontos para sair do Z-2. Então, VAMOS PARA CIMA DELES, PERIQUITO! E acredito muito neste elenco, mesmo com todos os reveses tomados. A base do segundo turno campeonato pernambucano passado, foi mantida, a qual conseguiu a quarta melhor campanha do returno. Espero, contudo, que o Charles Muniz surpreenda e escale mais um meia que traga velocidade no meio campo, quem sabe Falcão possa fazer este tipo função. No ataque, tudo indica que muita coisa não será mudada com Juliano Roma sendo companheiro de Edinho Recife. Debaixo das traves esmeraldinas finalmente iremos contar com o goleiro Danilo, ausente nas ultimas oito rodadas para defender a seleção da Guiné-Equatorial pela Copa das Nações Africanas. Na minha opinião, faço a torcida por este time em nossa (re)estreia: Danilo; Roma, David, Negreti, Adriano; Algodão, Cléber Gaucho, Falcão e Ricardo Mineiro, Juliano Roma e Edinho Recife. Esmeraldinos a guerra (re)começou e a primeira batalha é hoje! Todos no Ademir Cunha empurrando os nossos atletas durante os noventa minutos! EU ACREDITO! __ Acompanhe América-PE x Santa Cruz pelas rádios: Olinda AM 1030 | Clube AM 720 | Jornal Recife 780 | Folha FM 101,3 | Transamérica Recife 92,7

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Meia argentino é contratado

Na tarde que foi apresentado o técnico Charles Muniz, a direção do América realizou a apresentação do meia Mario Jara, de 31 anos. O jogador chega para dar mais força ao meio campo da equipe esmeraldina.
O meia atuava pelo Santo André, mas após deixar o clube ano passado não atuou em mais nenhum clube, muito embora tenha sido contratado pelo Largato de Sergipe para disputa do seu estadual. O atleta foi dispensado sem sequer ter jogado uma partida oficial pelo time. Segundo a diretoria lagartense, o clube teve dificuldades para conseguir a transferência internacional, tornando a permanência do argentino no clube inviável. Além do clube do ABC Paulista, o meia já teve passagens pelo Olímpia e pelo 12 de Mayo, do Paraguai.
Outro atleta que poderá chegar na Estrada do Arraial é o atacante Daniel Caiçara, de 22 anos. O atleta que teve passagens por Nautico e Belo Jardim poderá ser anunciado em breve para reforçar o poder ofensivo do Campeão do Centenário. Vamos aguardar.
Imagens: ABC Digital | Superesportes

Definido ingressos para América x Santa Cruz

A direção esmeraldina já definiu os preços dos ingressos para a partida do próximo domingo, diante do Santa Cruz, no Estádio Ademir Cunha, a partir das 16h. O “clássico da amizade”, como é chamado o duelo dos dois times, será mais uma chance para o alviverde da Estrada do Arraial apagar a má impressão que vem perdurando desde a estréia do do campeonato pernambucano. Esperando um grande público, a direção do América definiu o valor dos ingressos, lembrando ainda do programa social "Todos com a Nota", que disponibiliza ao torcedor pernambucano 5000 ingressos. Confiram os preços dos ingressos: INTEIRA: R$ 20,00 (vinte reais)
ESTUDANTE | IDOSO: R$ 10,00 (dez reais)

Charles Muniz no América

O técnico que terá a missão de salvar o América no Campeonato Pernambucano já tem nome. Charles Muniz. O treinador foi apresentado no final de tarde desta sexta-feira e provavelmente irá dirigir o elenco na partida diante do Santa Cruz, neste domingo no Ademir Cunha. Muniz, assim como qualquer outro treinador, terá dificuldades para recuperar o time e tirá-lo da zona de rebaixamento. Mas a verdade é que, pela contribuição que deu ao Porto de Caruaru em 2010, quando o Gavião do Agreste passou por situação semelhante que a nossa, podemos ficar esperançosos. Sem contar que em seus trabalhos utiliza-se da motivação e atenção a seus comandados, além de ser muito competente como Preparador Físico. Aliás, pelo que dele já ouvimos, em preparação física ele é, antes de mais nada, um estudioso contínuo no assunto, iniciando sua carreira inclusive no América-PE, em 1979 nesta função. Em 2011, Charles Muniz chegou a treinar o Vitória, por quatro rodadas, mas foi dispensado sobre a justificativa de divergência de ideia entre ele a os dirigentes. Pela Série A2 do Pernambucano, foi técnico do Timbaúba. Desde já, estamos na torcida para que o novo técnico do América possa fazer um bom trabalho e perfil ele tem para isso. Atualmente o que mais esse elenco precisa é de organização, disciplina, suor e muita motivação. Boa sorte, Muniz. E faça o que tem que ser feito (de melhor).

Ricardo Jorge no Clássico da Amizade

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol definiu nesta quinta-feira (09) a escala de arbitragem para a nona rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. Para a partida entre América x Santa Cruz foram escalados o árbitro Ricardo Jorge, que terá como Assistente 1º Roberto José, Assistente 2º Clóvis Amaral e 4º Árbitro Ana Karina. Pela quinta rodada do PE2012, o árbitro Ricardo Jorge comandou América x Belo Jardim, no Estádio Ademir Cunha. A partida entre América x Santa Cruz, também conhecido como "Clássico da Amizade" está programada para o próximo domingo (10), às 16 horas , no estádio da Ademir Cunha, em Paulista. Imagem: Ricardo Fernandes/Superesportes

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Até breve, Paulo Junior


Paulo Junior.

Um dos símbolos do ressurgimento do América. Adepto a um boné, independente da ocasião, cheio de defeitos, com pavil curto, mas cheio de virtudes. Resumindo, um sujeito que vive o futebol com uma intensidade fora do normal.

Depois de outra goleada sofrida no PE2012, desta vez contra o Araripina, soubemos da iminência da demissão pela manhã da quinta-feira, por volta das 11h30. Infelizmente a situação era insustentável. Mesmo com toda a liberdade dada pela direção do América, dando condições para realizar um trabalho digno para garantir uma das vagas a Série D do Campeonato Brasileiro, o time neste ano não funcionou e o desgaste era cada vez maior. Para mim a decisão sobre sua saída foi correta devido a situação atual, mas se depender da torcida americana, as portas sempre estarão abertas.

Em tempo: Tanto técnico como diretoria entenderam que este era necessário, talvez até em rodadas anteriores.

Só lamentamos a saída ter sido com um retrospecto tão negativo, estando muito abaixo dos seus últimos trabalhos como técnico. Pelo Campeonato Pernambucano, Paulo Junior fez uma campanha abaixo do esperado por todos e porque não, até por ele mesmo. Em 8 rodadas disputadas, foram 7 derrotas, 1 empate e nenhuma vitória, agravando as estatisticas com 20 gols sofridos e somente 4 marcados. Devido a estes números, a necessidade de mudança pra sacudir os ânimos do elenco e ensaiar uma recuperação era vital.

Mas fica aqui o agradecimento do Blog do Mequinha por aquele que consideramos um heróis por rejuvenescer o América. Foi ele o técnico do acesso em 2010, após quinze anos distante da primeira divisão. Ao todo, foram 18 jogos pela Serie A2, conquistando 9 vitorias, 7 derrotas e 3 empates, garantindo 55,56% aproveitamento em seu comando no Mequinha. Também foi um dos responsáveis por manter o Campeão do Centenário na Série A1 do Campeonato Pernambucano, quando muitos duvidavam.Foram 12 partidas, 7 vitórias, 1 empate e 4 derrotas, que somaram 22 pontos ganhos e um aproveitamento de 61%, resultando na quarta melhor campanha do returno.

Obrigado, Paulo Junior: Ninguém tira teu nome da história do América Futebol Clube!

Um dia você volta…

Fundo do poço

Acho que acabamos de chegar em um ponto crítico no campeonato. Muitos podem achar que na verdade passamos dele, mas agora temos todas as razões para nos preocuparmos de verdade.
Ontem o América amargou mais uma derrota no campeonato. Desta vez para o Araripina, aliás, a primeira derrota que tivemos para o bode sertanejo. Um jogo cheio de emoção e de chances para os dois lados desde os primeiros minutos até o encerramento. Contudo, mais uma vez lamentamos que não fomos os mais eficientes.
Embora o Araripina tenha tomado a iniciativa do ataque foi o América quem marcou o primeiro gol, já na segunda vez quem subiu para a ofensiva. Rosivaldo escorou com muita classe o cruzamento de Juliano Roma da esquerda para a direita. Em seguida o Araripina empatou, e mantendo a pressão chegou a virada. Mas o Mequinha não se acovardou e depois de um contra-ataque e de uma jogada individual de Juliano Roma, foi agraciado com um pênalti que foi bem convertido por Rosivaldo novamente.
No segundo tempo o Araripina parecia ter dificuldades de encontrar o caminho do ataque, mas dominava a posse de bola e em uma bola parada novamente passou a frente do placar. A partir de então o América tomou o ritmo do jogo sempre procurando chegar ao gol, enquanto o Araripina investia em contra-ataques perigosos. Num deles, perto do fim do jogo, o América cometeu um pênalti que não foi desperdiçado e fechou a contabilidade da noite. Acreditem, contar isso é tão doloroso quanto ouvir!
O primeiro tempo do América parecia ser bom, Juliano Roma foi muito acionado e autor de jogadas que deixaram o torcedor do bode apreensivos. No entanto, ele saiu machucado no retorno devido ao lance que ocasionou o pênalti. Mas o segundo tempo poderia ser diferente não fosse as opções táticas adotadas por Paulo Jr. Acho que a entrada de Cláudio no lugar de Edinho não foi acertada. Talvez o ideal seria a entrada de Falcão, que movimentou bastante o time no jogo contra o Central. Com Falcão Rosivaldo poderia atuar mais adiantado e aproveitaríamos mais sua noite inspirada.
De qualquer forma essa é uma suposição e agora o fato já está definido. Chegamos numa situação em que é primordial pontuar. Além de tudo, agora estamos sem comandante pois Paulo Jr. foi desligado do time, agravando ainda mais a crise na Estrada do Arraial.
A única coisa que se pode fazer quando estamos no fundo do poço é começar a escalar para sair dele. Se o grupo Esmeraldino e todos estiverem cientes e empenhados no seu compromisso não tenho dúvidas que sairemos da atual situação.
Força Mequinha!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Em busca da recuperação

E da tão sonhada primeira vitória! Mas o confronto não tem nada de animador para o América, a não ser o retrospecto de ter sido vitorioso nas duas partidas contra o Araripina. E para os mais supersticiosos: foi contra o Araripina e que conseguimos nossa primeira vitória no certame de 2011, na última rodada da primeira fase e no último minuto do jogo!
Hoje Paulo Jr. terá a chance de reeditar a formação Alviverde que fez o segundo tempo do jogo contra o Central. Sem dúvidas esse foi o time que melhor se apresentou até agora no campeonato, mas a diferença é que estaremos nos domínios do adversário e naturalmente os donos da casa vão tomar a iniciativa do ataque.
E por falar em donos da casa, o Araripina realizou até agora três partidas no Chapadão do Araripe. Em todas enfrentou os três grandes e o saldo foi nada mais nada menos que um empate, uma derrota e uma vitória. Isso mostra o quanto o bode é forte jogando nos seus domínios e que novamente o América tem que montar um bom esquema de marcação se quiser sair com um resultado positivo.
O técnico do América conta também com a volta de David da suspensão, mas tem como desfalque o lateral Roma. Além da volta de David, a expectativa é que Paulo Jr. deixe o meio mais criativo e ágil com Dunga e Falcão para que as jogadas de contra-ataque possam fluir de forma mais eficiente. Também se espera que Adriano entre como titular na lateral esquerda e que possa repetir o bom futebol apresentado contra o Central.
Vencer o Araripina em seu domínios é uma tarefa complicada e diante da situação das duas equipes é o resultado menos esperado. Mas se o Mequinha quer mesmo iniciar sua recuperação no campeonato esse é o resultado mais desejável. De qualquer forma o elenco Alviverde tem que estar muito focado e unido diante do objetivo de pontuar hoje no sertão.
À torcida Alviverde cabe a tarefa de mais uma vez acreditar e torcer e aos guerreiros que entrarão em campo, honrar essa esperança com muita disposição, coragem e vontade acima de tudo.
Acompanhem Araripina x América pela rádio Arari Fm 90,3: http://www.ararifm.com.br/site/

Resistência Americana

O time apresentou uma melhora... Porém até agora nenhuma vitória, apenas um empate, e o resto são derrotas... O que esperar? Bem podemos na verdade esperar qualquer coisa do time do América. Mas o que o América pode esperar de nós torcedores? Apesar da nossa tristeza e inconformismo com os resultados que vem se seqüenciando, nosso espírito de torcedor continua intacto. Afinal, já passamos por situações muito piores, e nem por isso deixamos de ser América. Ser América é mais do que ir á campo torcer pelo time, é agarrar-se á um amor que pra muitos é esquecido, mas que mesmo com o passar dos anos ele continua existindo de forma “resistente” ao tempo. Hoje tem jogo do Mequinha, então fiquemos apostos para fazermos aquela “resistência” e apoiar até o fim o time Esmeraldino.

Blog: http://www.blog-o-criatura.blogspot.com

E-mail: artepbatista@gmail.com

Twitter: @paulopbatista

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Eduardo Alcântara para Araripina x América

A Comissão de Arbitragem da Federação Pernambucana de Futebol sorteou na tarde desta segunda-feira (06) a escala de árbitros para a Oitava Rodada do Campeonato Pernambucano de 2012. E o árbitro que comandará a partia entre Araripina x América será Eduardo Alcântara, tendo como seu auxiliares por Pedro Wanderley e Wlademir Lis. O quarto árbitro será Erique Rocha. A partida entre o Bode do Araripe x Campeão do Centenário está programada para a próxima quarta-feira (08), às 20h, no Estádio Chapadão do Araripe, em Araripina.

América vence jogo-treino antes de viajar ao Sertão



Na reapresentação do elenco esmeraldino após a derrota para o Central no Ademir Cunha, o elenco reserva do América recebeu o Íbis, que encontra-se em processo de formação de elenco para a Série A2 do Campeontao Pernambucano.

O resultado desta movimentação foi 5x1 para o América, com gols do lateral esquerdo Jailton, do meia Dunga, dos atacantes França e Claudio Romão, além do zagueiro Pedro, dos juniores.

Após o unico treino após o jogo contra o Central e antes do jogo contra o Araripina, a delegação esmeraldina composta por 19 atletas viajaram rumo ao sertão pernambucano às 20h30, percorrendo 764 KM para chegar em Araripina às 6h30. Na manhã desta segunda-feira, foi realizado apenas um repouso e no periodo da tarde será realizado um trabalho físico leve.

Foto: IBISMANIA

Uma história intensa em apenas duas partidas

É certo que Araripina x América não é um clássico que beira o centenário, no entanto, ao menos para a torcida esmeraldina, o duelo entre Periquito da Estrada do Arraial contra o Bode do Araripe guardam boas lembranças. As duas equipes já poderiam ter confrontado em 2009, mas a equipe esmeraldina foi muito mal na Série A2 do Campeonato Pernambucano, enquanto que os sertanejos fizeram um caminho totalmente diferente, subindo de divisão já no seu primeiro ano de fundação. Quis o destino que as duas equipes se fizessem seu primeiro embate justamente na primeira divisão do Estadual em 2011. O primeiro encontro entre bodeiros e americanos teve como palco o Estádio Ademir Cunha, na décima primeira rodada do PE2011. Se hoje na oitava rodada estamos sofrendo com apenas um ponto computado, o que dirá naquela ocasião, fechando os jogos de ida da primeira fase também com um misero ponto dentre 30 disputados? Embora fosse muito complicada a situação esmeraldina, havia um pingo de esperança no coração daqueles 418 presentes. A partida marcava a reestreia de Paulo Junior no comando esmeraldino, o que prometia a todos uma organização tática mais eficiente do que foi realizada antes por Luciano Ribeiro e Nereu Pinheiro. E através de uma partida eletrizante com chances de vitória para os dois lados da moeda, a sorte veio para o Periquito! De cabeça após escanteio, nosso xerife marcou o gol que deu a primeira vitória ao Mequinha no campeonato, transbordando euforia dentro e fora do gramado após o apito do árbitro Neilson Santos.
Momento do gol de David, selando a primeira vitória do América no PE2011
E o que dizer da partida decisiva lá no sertão Pernambucano? Para o América, nem empate e muito menos a derrota serviria e a vitória era uma questão de sobrevivência. E não é que ela veio? Logicamente, assim como no primeiro encontro das duas equipes, o Campeão do Centenário sofreu bastante para conquistar o resultado positivo. Diferentemente da partida no Ademir Cunha, iniciamos o primeiro tempo com derrota, mas o time buscou a frieza necessária para reverter o placar, começando com Branquinho. O gol da virada e da permanência na primeira divisão veio de forma sofrida, comemorado por todos como se fosse um título, saindo na cabeçada de Carioca, no apagar das luzes, aos 48 minutos da etapa final.
Momento gol de empate de Branquinho, no Chapadão do Araripe.
E depois deste longo texto, alguém deve estar perguntando... e o que isso muda para 2012? Pouca coisa, talvez, no entanto, o mais importante, é mostrar que com atitude e força de vontade podemos de sair da atual situação, transformando a vontade em vitória. E ficamos aqui na torcida para que Paulo Junior possa entrar em campo com o que de fato tem de melhor e retomar a mesma vibração e motivando seus jogadores e provar a todos que o Mequinha não está morto como muitos pensam.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Depois de fazer história, Danilo regressa ao América

Depois de fazer história na Guiné Equatorial, levando sua seleção até as quartas de final da Copa das Nações Africanas, o camisa 1 do América retornará a Estrada do Arraial, com a difícil missão de ajudar o Mequinha a sair da incômoda zona de rebaixamento. E se depender do feito inédito realizado por Danilo junto com seus companheiros africanos, poderemos contar com todo seu empenho para sairmos desta situação. Nesta edição da Copa Africana de Nações foi a primeira vez que a Guiné Equatorial marcou presença na competição continental. E de uma forma surpreendente, a seleção garantiu vaga nas quartas de final, vencendo as duas primeiras partidas, contra a Líbia, após uma vitória sofrida por 1 a 0 aos 41 minutos do segundo tempo e contra a Senegal, pelo placar de 2x1. Mas os feitos de Danilo não pararam apenas na primeira fase... Pelas quartas de finais contra a Costa do Marfim, Danilo não se intimidou frente a Drogba, defendendo a penalidade do famoso atacante e detentor do 25º maior salario do mundo, levando ao delírio a torcida da Guiné Equatorial presente no estádio de Malabo, com capacidade para 12.500 torcedores, um pouco superior a do Ademir Cunha. Provavelmente não teremos Danilo já na oitava rodada do Campeonato Pernambucano contra o Araripina, devido a desgastante viagem da Guiné rumo ao sertão pernambucano.
Foto: LANCENET/Amr Abdallah Dalsh

Mais uma derrota... mais esperança?

Pois é amigos, infelizmente de novo vivenciamos mais uma derrota. Se tivesse que escrever em poucas palavras a descrição da derrota seria simples: dois erros de passe, dois contra-ataques, dois gols. Pronto, simples assim.
Mas o futebol é construído com mais variáveis do que muitos esportes. Por isso a derrota desse domingo não pode ser interpretada de maneira tão minimalista e simplória. De qualquer forma o que entra para história é o resultado, América 1 x 2 Central.
No entanto, o que vimos nesse domingo foi um time bem melhor, sobretudo no segundo tempo. A formação inicial teve como novidades a entrada de Edinho Recife e Juliano Roma no time titular. Juntos com Ricardo Mineiro, essa formação do ataque movimentou bastante o time, mas as principais chegadas no primeiro tempo se deram através de bolas paradas.
No segundo tempo, Paulo Jr. sacou Ricardo Mineiro e promoveu a estréia de Falcão. Essa mudança mexeu significativamente na velocidade e na articulação do meio com o ataque. Com esse time o América se tornou extremamente ofensivo e o que se viu foi uma verdadeira chuva de jogadas desde os primeiros minutos do segundo tempo. Não demorou e deu o lógico, o América empatou a partida e teve algumas chances de virar. Mesmo assim o Central foi eficiente após um erro de Rosivaldo no meio que terminou num contra-ataque fulminante.
Depois mais uma sequência de gols perdidos e boas finalizações. Mas isso não foi suficiente e o jogo terminou como todos sabem.
Acho que desde a partida contra o Náutico o América tem avançado lentamente, mesmo com as derrotas. Porém, ontem o avanço foi expressivo em todos os setores. O meio se tornou mais criativo e veloz com a entrada de Falcão e o ataque funcionou como deveria. Destaque também para as alas que apoiaram com firmeza o ataque e criaram situações muito claras.
Mas alguns aspectos tem que ser destacados. Acredito que Paulo Jr. está cometendo um erro em insistir na permanência de Rosivaldo. Um meia mais veloz como Dunga ou Ricardo Mineiro traria mais eficiência ao meio campo. Para jogar ao lado de Alexandre Oliveira, que ontem fez uma boa partida, seria interessante ter Algodão ou Cléber Gaúcho apoiando na marcação.
Essa formação no meio apoiaria melhor qualquer forma de ataque, pois nesse setor temos bons jogadores que podem ser aproveitados de inúmeras maneiras, como França, Juliano, que ontem apresentou um bom futebol, Falcão e Edinho Recife. E foi justamente o que se viu ontem, um meio rápido e criativo, como ficou com Falcão, apoiaria bem qualquer um desses atacantes.
Outra coisa que ficou clara ontem é que a titular da lateral esquerda tem que ser de Adriano e isso é inquestionável. Suas subidas garantiram boas jogadas e algumas Linkfinalizações. E por falar em lateral, Roma voltou a fazer uma atuação à altura das que garantiram o título de melhor lateral no ano passado. E melhor, ele voltou e precisa continuar cobrando faltas, elas sempre levam perigo.
Acredito que com esses ajustes o time começa a esboçar a reação que tanto esperamos. É claro que temos que pesar as limitações do elenco, mas temos ferramenta suficiente para sair de onde estamos e garantir pelo menos uma classificação mediana.
Chega de sufoco, a torcida Americana quer vencer! Foto: GLOBOESPORTE.COM

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Será que vai ser agora?

Neste domingo, o Ademir Cunha será o palco da 109ª partida entre América e Central, um confronto que tem 75 anos de história e sem dúvida é um dos mais tradicionais do futebol pernambucano. A torcida Americana espera ansiosa que esta partida, cheia de história, seja o início da recuperação Esmeraldina.
Para este jogo, Paulo Jr. poderá contar novamente com Alexandre Oliveira e Negretti, que cumpriram suspensão na última rodada devido as expulsões contra o Belo Jardim. Por outro lado David se encontra suspenso pelo terceiro amarelo tomado no último jogo contra o Porto e não será uma opção para o setor defensivo.
Mas talvez a ótima notícia é a possível estréia de Richard Falcão, o reforço recente do Mequinha. O Atacante deverá reforçar nosso sistema ofensivo e trazer um novo gás. A torcida espera que ele também traga os gols que tanto carecemos neste campeonato.
Em relação ao esquema tático é bem provável que Paulo Jr. monte a equipe de forma parecida com a que jogou contra o Porto. De qualquer maneira, a expectativa fica para o funcionamento do time do meio para frente. Será que desta vez nosso meio campo terá eficiência tanto na marcação quanto na criação e assim apoiarão melhor nossos atacantes? Ficaremos todos na expectativa, mas é provável que as mudanças não sejam maiores do que as que foram feitas até agora.
O nosso adversário vem de um resultado positivo na última rodada e é uma equipe que já demonstrou sua força. Isso só reforça a necessidade do América entrar em campo focado e respeitando o adversário, mas sem se eximir da obrigação de buscar um resultado positivo.
Este domingo marca mais uma data de esperança no certame de 2012. Mas desta vez esperamos que o time saia do papel e mostre seu potencial, de preferência com uma boa vitória.

É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!! É CAMPEÃO!!!

E se o time profissional do América não vem fazendo sua parte nos gramados pernambucanos, pelas ladeiras de Olinda o mascote do Campeão do Centenário fez a sua parte, conquistando a medalha de ouro da segunda edição da Corrida de Mascotes, uma das três modalidades da tradicional Corrida de Bonecos Gigantes do carnaval de Olinda, que chega no seu sétimo ano. Se competir em competições profissionais com materiais adequados já precisa de um vigor físico e tanto, o que dirá trajando uma fantasia pesada sob um sol escaldante? Foi isso o que ocorreu hoje entre o Mercado da Ribeira e o Palacio dos Governantes, na histórica Rua de São Bento, necessitando de muita superação e preparo físico para os competidores encararem os cerca de 500 metros do percurso. Além do América bem representado por Sandro Sérgio, estiveram presentes os mascotes do Central, Íbis,Nautico, Santa Cruz e Sport. E depois do vice-campeonato de 2011, a medalha de ouro veio para a Estrada do Arraial, desta vez, após uma situação hilária, onde o representante do Íbis (Dilson Filho) fez juz à tradição do Pássaro-preto de eterno perdedor. O corredor ibiense liderava tranquilamente a corrida quando faltando poucos metros da linha de chegada resolveu olhar para trás, perdendo o equilíbrio em seguida e esborrachando a cara no chão. A cômica situação deixou nosso amigo Sandro com o caminho livre para receber a bandeirada. O mascote cachorra leão do Sport, vencedor de 2011, ficou em terceiro lugar, seguido por Central, Santa Cruz e Nautico, respetivamente. Ao nosso Periquito Macho, a bagatela de R$ 1 mil como vencedor. Já o Íbis que foi segundo colocado ganhou R$ 800 e o Sport que ficou com a terceira colocação R$ 500. Desde já nossos parabéns a Sandro e que sabe, nosso time possa amanhã se inspirar em sua vitória nas ladeiras de Olinda e possa trazer outra nos gramados de Paulista... Foto: Ibismania | Blog Cassio Zirpoli