quinta-feira, 1 de março de 2012

Periquito voa alto e empata o jogo

Isso mesmo, pessoal! Caso não entenderam ainda vou lhes contar a história do jogo de ontem de uma maneira bem diferente, porém, leal aos fatos que se sucederam na noite de ontem. O cenário da partida estava montado, ao Náutico era a chance de golear e correr para a liderança do Campeonato, já que o Salgueiro perdia por 1x0 para o Central até então, e ao América cabia tentar evitar mais uma derrota trágica. O jogo começou bem e seguiu equilibrado, o América com mais posse de bola e investindo quando podia, enquanto o timbu atacava pouco, mas com perigo e se não fosse nosso goleiro Danilo, e vários outros jogadores que ganharam destaque como Algodão, a goleada já estaria feita. A torcida alvirubra fazia muito barulho, enquanto a nossa, não tinha voz suficiente para empurrar o nosso Glorioso da Estrada do Arraial, uma vez que, por motivos desnecessários, as nossas torcidas organizadas Esquadrão e Império, estavam do lado de fora tentando de uma forma justa entrar no campo para tentar fazer a sua parte, empurrar o “Meca”. Foi ai que surge o “12º Jogador” do América, aquele que veste verdadeiramente a camisa do América, e não só a camisa como a fantasia de Periquito, que com sua humildade assistia o jogo junto a torcida: Trata-se de Sandro Sergio da Silva, o mascote Periquito Americano. Inconformado com o fato das torcidas Americanas estarem do lado de fora do estádio foi até a Diretoria pedir uma providência. Já no 2º tempo de jogo, finalmente nossas torcidas começaram a entrar em campo e não apenas isto, mas o próprio Sandro veio personificado de Periquito para torcer, pular vibrar, empurrar e incentivar o time junto á todos os outros, deixando a Torcida Americana de igual pra igual coma alvirubra. Foi ai que o jogo começou pra valer, com o Náutico abrindo o placar... logo após o América empatou... no decorrer do jogo Cleber Gaucho cometeu a imprudência de fazer um penalti desnecessário, com os alvirubros convertendo o tento para 2x1... e fechando o placar, na base de muita raça, o América empatou o jogo com um bonito giro de David na pequena área com um chute forte, sem chances para Gideão. Poderíamos ter saído com a vitória, mas a arbitragem não nos deu um pênalti que foi legítimo, já no fim do jogo. O futebol é feito de grandes gestos, e ontem nosso amigo Sandro teve dois deles, o 1º de interceder por sua torcida e o 2º já como Periquito, cantar junto a ela... Obrigado, Sandro e parabéns você é um VENCEDOR.
Imagens: Marionaldo Junior/LeiaJá

2 comentários:

  1. Dale periquito! você e quem manda no minho do Ademir cunha!

    ResponderExcluir
  2. em algum lugar deste blog um colega torcedor do Petrolina pede pro América não desaparecer, pois eu tenho a honra de conhecer SANDRO,o America deve muito a Sandro.
    Parabéns tambem aos meninos das organizadas.

    ResponderExcluir