sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Mais um desafio!



Depois da brilhante passagem sobre o Santa Cruz o desafio agora é o Náutico.

Não tem vida fácil para quem quer vencer. Mesmo não sendo favorito e contra várias adversidades o América superou a equipe do Santa Cruz e avançou para as semifinais do Sub-20 2013. Agora encara o Náutico nas semifinais. Novamente na condição de "franco atirador". Será?

Dono da melhor campanha do certamente no geral, o Náutico enfrenta o América como o favorito. Esse time é o atual campeão da categoria, disputou partidas pelo campeonato estadual profissional de 2013 e outras competições importantes em nível nacional. Além disso, o retrospecto desse ano reforça o favoritismo alvirrubro: em duas partidas contra o América foram duas vitórias do time da Rosa e Silva.

Mas nada disso assusta a torcida e os jogadores Alviverdes. E devemos considerar o seguinte. Este ano o Náutico nos enfrentou na primeira fase da competição. No primeiro jogo, o América formado há menos de 2 meses, enfrentou esse elenco nos Aflitos, que já vem jogando juntos desde o ano passado, e perdeu por três a zero. Mas o América foi um time valente. Fomos pra cima dos donos da casa e desperdiçamos várias oportunidades de gol. No segundo jogo, apenas uma semana depois, o América já tinha amadurecido um pouco mais e no Ademir Cunha levou o primeiro gol, não se abateu, foi para cima, teve bola na trave e um quase gol olímpico e finalmente empatou. Mas de forma um tanto imatura levou o segundo gol. A postura já apontava para uma melhoria significativa do time.

Agora, a realidade é outra. O América amadureceu e passou por uma equipe cotada para figurar entre os finalistas. Ainda há uma diferença entre o América e o Náutico? Certamente, mas quem torce espera o melhor e pelo que já foi conquistado por este elenco até agora podemos ter esperança e sonhar com o começo de uma passagem para uma final inédita na história do Clube Esmeraldino.

Infelizmente não poderemos contar com um dos nossos principais jogadores e artilheiro da equipe: Jackson, que foi expulso contra o Santa Cruz. Mas Maurício poderá reforçar a defesa, pois a situação dos profissionais é bem confortável e sua liberação para o jogo diante do Náutico é plausível.

Com essa esperança esperamos lotar o Ademir Cunha e pressionar nosso adversário para galgar mais um degrau nessa campanha, que até agora já foi brilhante mas que pode ser ainda melhor.


3 comentários: