sábado, 19 de outubro de 2013

Batalhas das gravatas



Segue a guerra fora dos gramados em busca de pontos.

Depois da derrota que abalou a Nação Esmeraldina semana passada e fez o América despencar na tabela com seis pontos perdidos, o Clube deu entrada com efeito suspensivo na decisão tomada pela 2ª Comissão Disciplinar do TJD-PE. Sendo assim, a pontuação voltou provisoriamente para o América que agora ocupa a 3ª colocação do grupo E com 19 pontos.

No entanto, ainda pesa sobre o Mequinha a dúvida de mais um julgamento. Dessa vez se refere a uma eventual escalação de jogador irregular por não ter cumprido suspensão do SUB20. O caso envolve Maurício, que foi expulso na primeira partida contra o Náutico nas semi-finais do SUB20 e em seguida disputou partida válida pela A2 contra o Olinda. Esse caso foi denunciado, mas ainda não foi pautado pelo TJD.

Resumindo, no total o América sofreu quatro acusações: a primeira contra uma escalação irregular de Jackson, o América perdeu 3 pontos válidos pela primeira fase e não apresentou defesa. O atleta no caso estaria jogando sem contrato. A segunda denúncia envolveu Palitinho (Everaldo) que teve contrato encerrado um dia antes da partida contra o Olinda na segunda fase da competição. Nesse caso o América entrou com recurso para efeito suspensivo e agora aguarda nova decisão do TJD. A terceira acusação foi a mesma da segunda e por isso o caso foi arquivado. A quarta acusação ainda será divulgada e se refere ao caso Maurício, explicado acima.

Aguardemos, então, os novos capítulos dessa novela.

0 comentários:

Postar um comentário