quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Fé no Mequinha

Celso Muniz esteve presente na sessão solene em homenagem a FPF | Foto: FPF/PE



Na sessão solene em que a Câmara Municipal do Recife homenageou, através da Federação Pernambucana de Futebol, a realização do centésimo Campeonato Pernambucano, a começar em 8 de dezembro, conversei com o empresário Celso Muniz. Ele está à frente do projeto que fez o América voltar à primeira divisão estadual, graças a um trabalho que classifica como muito profissional, e que é executado por um grupo dirigido por Osmundo Bezerra e Joaquim Bezerra. Celso Muniz acredita bastante no sucesso das cores alviverdes, no ano em que o Campeão do Centenário comemorará 100 anos de existência, pois foi fundado em 12 de abril de 1914. 

A contratação do técnico Waldemar Lemos, ex-Náutico e ex-Sport, entre outros times que dirigiu, foi feita após um exaustivo debate sobre sua atuação onde trabalhou. O clube da Estrada do Arraial está sendo gerido pela AFC Participação e Projetos, empresa criada com essa finalidade. Vale salientar que o América passou a ser tratado há muitos anos, nas páginas do Diário de Pernambuco, como Mequinha, pelo jornalista Amaury Veloso. Era assim que o América do Rio de Janeiro era chamado por seus torcedores, nos tempos áureos de participação no Campeonato Carioca. O tratamento carinhoso também pegou, no Recife. 

O América estreará no Estadual 2014, enfrentando o Serra Talhada, no dia 8 de dezembro de 2013, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

__
* Lenivaldo Aragão é jornalista esportivo em Pernambuco e trabalhou em vários jornais, rádios e revistas do Recife e do Sul do País: Jornal do Commercio, Diário de Pernambuco, Diário da Noite, rádios Clube e Olinda, Placar, O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde, Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e Tabloide Esportivo. Atualmente edita a revista Clássico.COM.

0 comentários:

Postar um comentário