domingo, 24 de novembro de 2013

MEMÓRIAS ESMERALDINAS: América 1x0 Esporte Caruaru, em 1977



O América do Recife entrou em campo no dia 02 de julho de 1977 para mais uma grande partida pelo campeonato pernambucano de futebol. A partida foi válida pela quinta rodada do segundo turno e foi de suma importância para o quadro esmeraldino.

Estádio dos Aflitos, 1977
O campeão do centenário vinha não somente de quatro derrotas seguidas (para o trio de ferro e o Central), mas também já vinha de quatro jogos sem conseguir balançar as redes adversárias. A equipe naquele sábado recebeu no Estádio Eládio de Barros Carvalho (Aflitos) em Recife a equipe do Esporte Clube Caruaru, que já havia conquistado 1 ponto no segundo turno, fruto de um empate no clássico contra o Central.

As cem pessoas que estiveram presentes naquele dia no estádio do Clube Náutico Capibaribe renderam uma renda de mil cruzeiros e viram uma partida muito truncada e com poucas oportunidades de gol de ambos os lados. O primeiro tempo termina com um empate sem gols que não era bom para nenhuma das duas equipes.

No segundo tempo a equipe do E. C. Caruaru sentia que o gol da equipe do América estava amadurecendo e tentou parar a equipe recifense com muitas faltas. Com os refletores já acesos, aos 35 minutos da segunda etapa, o árbitro da partida, o Sr. Dirceu Arruda enxerga jogada faltosa dentro da grande área protegida pelo goleiro caruaruense, Indalécio. É pênalti para o América!.

Era a chance do América de como diz um grande amigo Marcos, afastar a “zica!” Seu xará, Marcos Costa bate no canto sem chances para o goleiro Indalécio e afasta a “zica” da falta de gols do lado verde e branco. Era o gol do América. A partir de então foi segurar o resultado com inteligência e esperar o fim de jogo. O América vence a primeira partida no segundo turno  do campeonato
de 1977.

A escalação do América na partida foi: Adeildo; Vassil, Nilo, Alexandre e Neco; Marcos Costa (Humberto), Cordeiro e Mozart; Roberval, Robertinho e Valdir. 

A equipe do Esporte Clube Caruaru foi formada com Indalécio; João Luis, Nado, Carlos e Chaparral; Zezo, Diva e Paulo; Vavá, Admilson e Firmino (Jaílson). 

América, no Campeonato Pernambucano de 1977 | Foto: Acervo Lenivaldo Aragão


0 comentários:

Postar um comentário