domingo, 15 de dezembro de 2013

A primeira vitória no certame!



Foi no sacrifício. Em um jogo morno realizado a partir das 15 horas sob um sol escaldante, o árbitro José Woshington acabou obrigado a conceder parada técnica, em um primeiro tempo de partida onde ambas as equipes acabaram não criando grandes lances, deixando o jogo lento e chato para o 254 presentes no estádio Otávio Limeira, em Santa Cruz do Capibaribe. Coube a Jôsi marcar o gol da vitória americana aos 26 minutos da etapa complementar, justamente no lance mais claro de gol, em lance característicos do novo camisa nove da Estrada do Arraial, fazendo o pivô e chutando sem dó e nem piedade para o gol de Geday. Certo mesmo é que houve outras oportunidades, após a entrada Bob e Everton Bala no segundo tempo de jogo, mas foi o placar foi o suficiente para garantirmos a primeira vitória no Campeonato Pernambucano de 2014, em cima do time de Humberto Santos, técnico do América na campanha do acesso.

Euforia e felicidade com os três pontos ganhos a parte, o que podemos constatar foi um fraco entrosamento da equipe esmeraldina. Jogadores que vieram para reforçar o jovem elenco alviverde ainda não se encaixaram no esquema proposto por Edson Miolo. O atacante Flavio Paulista mesmo só veio a entrar em campo aos 15 minutos do segundo tempo, no lugar do meia Everaldo Palitinho. Otacílio que também chegou pra dar consistência ao time nesta temporada não completou um jogo inteiro, dando lugar a Bob.



Times do América e Pesqueira perfilados no Otávio Limeira | Foto: FPF-PE/Divulgação

Se a criação de jogadas bateu cabeça, podemos dizer que a defesa quase não passou sufoco e Grison quase não foi acionado durante os 90 minutos. Uma verdadeira operação VACILO ZERO na cozinha verde e branca, dando a mesma tranquilidade e eficiência construída durante a Série A2.

Torcemos para que este entrosamento possa vir já no próximo jogo, quando o América visitará o Ypiranga nesta quarta-feira (18) às 20 horas, neste mesmo Otávio Limeira. Na raça e no sacrifício, ainda estamos invictos no certame. É se organizar dentro de campo pra embalar de vez!

JUNTOS, SOMOS AMÉRICA!



0 comentários:

Postar um comentário