quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

MEMÓRIAS ESMERALDINAS: América 2x1 Botafogo-PB,em 1972


Em 1972, o América do Recife disputou a sua primeira competição oficial realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão de 1972 teve a participação de 23 clubes divididos em três grupos hexagonais e um grupo pentagonal.

Página esportiva do Diário de Pernambuco de
11 de novembro de 1972
O clube alvi-verde receberia naquele dia 11 de novembro, a representação do Botafogo F. C. da Paraíba em jogo válido pela nona rodada da fase inicial. O América viria a campo para enfrentar o “Tricolor do Contorno” no Estádio Eládio de Barros Carvalho na condição de segundo colocado do grupo C enquanto que a equipe paraibana estava na liderança.

Atacante Flávio retorna à equipe
contra os paraibanos.





Dois aspectos faziam daquela partida, especial para o América. O clube pernambucano vinha de uma derrota por 2x0 para o Centro Sportivo Alagoano (CSA) jogando em Maceió e precisava de uma reabilitação e o segundo detalhe era que em caso de vitória, a equipe pularia para a primeira colocação e desbancaria o “Belo” para o terceiro lugar.

O Botafogo Paraibano vinha de uma vitória por 4x0 contra o Ferroviário do Recife jogando no Estádio Almeidão em João Pessoa, local onde também havia goleado o América por 3x0 nos jogos de ida. A partida servia como uma revanche pernambucana à equipe da Paraíba.

De acordo com o treinador Caiçara, o time entraria no gramado do Estádio dos Aflitos com três alterações com relação à equipe que perdeu em Maceió para o CSA que eram a entrada de Lala, Flávio e César que não estiveram com a equipe em Alagoas. O horário da partida estava marcado para as 21:30h e teria a arbitragem de Rubens Cerqueira da Federação Alagoana de Futebol e seria auxiliado por Gilson Cordeiro e Geraldo Alves.

Um dia antes da partida, o treinador Caiçara realizou uma palestra com a intenção de alertar os seus atletas sobre a importância de se vencer o Botafogo (PB) principalmente depois de um resultado adverso contra o CSA. À tarde, Caiçara organizou um treino no campo do Náutico, no qual houve vitória dos titulares contra os reservas por 5x0, com gols de Everaldo (2), Pedrinho (2) e Nunes. Moisés, que treinou entre os reservas, sentiu o tornozelo e saiu do treino, enquanto Dema e Duquinha treinaram separadamente para aprimorar a parte física. Os selecionados para a partida somente seriam escolhidos após um recreativo na manhã do dia do jogo, no Sítio da Trindade.

No dia do jogo, a partida foi transferida para o Estádio da Ilha do Retiro, enquanto que Ferroviário do Recife e Alecrim (RN) se enfrentariam nos Aflitos. 

O América alinhou com Naércio; Braulino, Ivan, Djair e Jorge; Valdeck e Nunes; Lala, Pedrinho, César e Flávio e saiu de campo vencedor pelo placar de 2x1. 


Ilustração da partida
América x Botafogo (PB)
Com apenas 3 minutos de bola rolando, Pedrinho marca o primeiro gol da partida. É GOL DO AMÉRICA! Com apenas dez minutos depois, aos 13 minutos ainda na primeira etapa, o América amplia a vantagem e marca o segundo por intermédio de Lala. É GOL DO AMÉRICA! Com 2x0 no placar a equipe esmeraldina se comportou no jogo de forma mais folgada. Aproveitando uma brecha na defensiva americana, o Botafogo da Paraíba desconta no placar por meio de Jorge aos 36 minutos da primeira etapa. No segundo tempo houve vários bons momentos de gol tanto de uma equipe quanto de outras, mas não houve alteração no placar. 

O América vence o Botafogo da Paraíba na Ilha do retiro por 2x1 para uma renda de 650 cruzeiros e assume a liderança do grupo C do campeonato Brasileiro da segunda divisão de 1972. Com o empate de 1x1 entre Ferroviário (PE) e Alecrim (RN), o América confirmou sua classificação e avançou de fase, mas o Botafogo perdeu a vaga para o CSA na rodada final. 

0 comentários:

Postar um comentário