sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

O novo "poder jovem esmeraldino"

Fotos: Marcia Wanderley

Em 1969, o América sagrou-se campeão de aspirantes. Um timaço que tinha no elenco que ficou conhecido na época pela imprensa pernambucana como "Poder Jovem", revelando jogadores com Ivan Xavier e Draílton, onde mais tarde defenderam não apenas o time profissional americano, como outros grandes clubes. Com o centenário batendo nas portas, o América estreia no Campeonato Pernambucano neste domingo, diante do Serra Talhada, a partir das 16h, no Estádio Ademir Cunha, fazendo novamente assim como no inicio dos anos 70, a aposta em suas categorias de base. 

A equipe manteve a base da última temporada, com destaque para meia Kassio e o goleiro Grison, mas o que chama a atenção no elenco esmeraldino é a valorização da prata da casa, projeto sustentado pelos princípios que fizeram a chegada da AFC/SA e, desde março deste ano vem realizando um trabalho profissional, integrando as categorias de bases liderada pelo técnico Valter Mendes a comissão técnica de Waldemar Lemos.

Se na equipe da Série A2, Humberto Santos tinha a seu dispor 11 atletas vindo do grupo do SUB-20, grupo este que foi semi-finalista do Campeonato Pernambucano de Juniores com Valter Mendes, agora Waldemar Lemos terá a sua disposição 16 atletas formados pelo clube, que possuem a média de idade em torno dos 19 anos.

Na defesa, além do goleiro Rafael (18), o elenco esmeraldino conta também com os zagueiros Mauricio (19), Marcio (19) e Cirlan (21) o lateral direito Alef (19) estarão no grupo que representará o América em seu centenário. Como volantes, outros quatro prata da casa que estiveram no acesso do Periquito para a primeira divisão estadual darão continuidade ao projeto no Campeonato Pernambucano, contando com Glauber (19), Vieira (20), Thiago Ramos (22) e Adriano (19).

No setor de criação e ataque, mais outros oito jogadores revelados no Campeão do Centenário. No meio de campo, o América poderá contar Everaldo Palitinho (19), Hyago (21) e Mateus Papel (17), enquanto que no ataque Waldemar terá a disposição de Jackson (18), Jonatha (21), Lucas Santa Cruz (19) e Wenderson (21).

Se nosso acesso iniciou pela base, a aposta na centésima edição do Campeonato Pernambucano passará novamente pelos valores da casa.

Fotos : Marcia Wanderley | AFCSA/Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário