sexta-feira, 14 de março de 2014

Vandalismo na Sede do América

Vidraça da exposição de troféus do América: alvo de vandalismo por parte de delinquentes.


Estamos às vésperas de completar 100 anos de existência como um clube que sempre se dedicou ao fomento dos esportes no estado de Pernambuco e principalmente ao futebol.

Mas quando se espera que o tempo seja o cimento da civilidade, verdadeiras bestas trajadas com símbolos de outros clubes agridem aqueles que é um dos símbolos mais tradicionais do esporte pernambucano: o Casarão Verde da Estrada do Arraial, sede do América.

Uma testemunha ocular viu a ação que ocorreu na noite da última quarta-feira após o "clássico" em que se enfrentaram o Santa Cruz e o Sport. Segundo essa testemunha os vândalos vestiam trajes de torcida organizada do time do Santa Cruz Futebol Clube. Felizmente os prejuízos se restringiram ao janelão de vidro da exposição dos troféus e estes já foram guardados em segurança até que os reparos sejam realizados.

O fato não apenas é lamentável, mas é mais uma afronta direta que essas agremiações paralelas fazem contra a civilidade e a sociedade desportiva pernambucana e contra aqueles que estão inclusive alheios a qualquer rivalidade entre clubes de futebol. Qualquer respeito construído ao longo de décadas é colocado à prova por vândalos e bárbaros, que se beneficiam financeiramente, e de outras formas, com os símbolos dos clubes por quem "torcem" e se aproveitam para provocar vários tipos de problemas e prejuízos para os cidadãos.

Agora, nós que não temos nada que ver com a derrota ou rivalidade de ninguém temos que pagar para bandidos serem escoltados com segurança aos estádios, enquanto os cidadãos de bem e seus patrimônios ficam vulneráveis as barbáries impetradas por delinquentes?

Sou Alviverde desde que nasci e não tenho outro segundo ou primeiro clube, sou apenas América. Hoje não estou apenas indignado, estou envergonhado e desesperançoso com o futuro de um lazer já secular, ameaçado por quem não tem história e nem respeito por ela.

0 comentários:

Postar um comentário