quarta-feira, 7 de maio de 2014

MEMÓRIAS ESMERALDINAS: América 2x1 Santo Amaro em setembro de 1974

Folha esportiva do Diário de Pernambuco de 05 de setembro
de 1974 relatando a vitória do Náutico a o jogo do América
Nasciam em 1974 o ator britânico Matthew Macfadyen (Xerife de Nottingham no filme “Robin Hood” de 2010), o ex-jogador Ronaldo Guiaro (campeão paulista pelo Santos em 2006), o ex-jogador Guilherme (campeão mundial interclubes com o São Paulo em 1993), o ex-jogador Alex Oliveira (campeão brasileiro com o Vasco da Gama e com passagem pelo Santa Cruz em 2011), o ex-jogador Luisinho Netto (campeão da Copa do Brasil com o Sport em 2008), o ex-jogador Juninho Petrolina (bicampeão pernambucano com o Sport em 1997 e com passagem no Náutico em 2005) e a atriz norte-americana Elizabeth Banks (atriz do filme “Homem-Aranha 3” de 2007 e “O Grande Dave” de 2008). Faleciam o escritor Cassiano Ricardo (autor de livros como “Jardim das Hespérides” de 1920 e “O Sangue das Horas” de 1943), o cantor norte americano Tex Ritter (autor de “Just Beyond the Moon” de 1967), o ex-jogador Everaldo (destaque do Grêmio/RS e campeão mundial de 1970 com a Seleção Brasileira) e a atriz Marina Freire (atriz no filme “O Puritano da Rua Augusta” de 1965 e na novela “Estrelas no Chão” de 1967). Na música, faziam sucesso “A Noite Mais Linda do Mundo” e “Cadê Você” ambas de Odair José, “Canta Canta, Minha Gente” de Martinho da Vila, “Se Não For Amor” de Benito Di Paula e “Eu Quero Apenas Carinho” de José Augusto.


Destaque do jornal a respeito do jogo América x santo Amaro
Em 05 de setembro de 1974 ocorreu a última rodada do primeiro turno do campeonato pernambucano e nela, o América enfrentou o Santo Amaro no Estádio José do Rego Maciel (Arruda). As nove equipes jogaram em ida (1° turno) e volta (2° turno) e os seis melhores colocados na soma dos dois turnos, se classificaram para o terceiro turno do campeonato. O América vinha de derrota contra o Santa Cruz enquanto que o Santo Amaro vinha de derrota contra a Desportiva Pitu. O América figurava na sétima colocação com apenas quatro pontos e o Santo Amaro (antigo Vovozinhas) vinha na nona colocação com apenas um ponto ganho (dois pontos atrás do Íbis) e ambos fora da zona de classificação para o terceiro turno, por isso a vitória seria de extrema importância para ambos os lados e a disputa prometia ser ferrenha.
América x Santo Amaro foi a preliminar do clássico das multidões Santa Cruz x Sport e foi arbitrado por Luis Gonçalves. 

Ilustração de América x Santo Amaro no Estádio do Arruda em Recife
no dia 05 de setembro de 1974 pelo campeonato pernambucano
O Mequinha se postou melhor do que seu adversário nos primeiros quinze minutos de partida, tanto que aos 18 minutos, o atacante Valdir fazia o primeiro gol da partida em favor dos alviverdes. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 1X0 SANTO AMARO. Mas a vibração da torcida nas arquibancadas não demorou muito, isso por que logo após a saída de bola, a defesa do América vacila e dois minutos após o gol de Valdir, Zé Pedro empata para o time alvirrubro. AMÉRICA 1X1 SANTO AMARO. O América aproveitou a melhor qualidade técnica dos seus atletas e não baixou a cabeça. Em uma grande jogada ensaiada do seu setor ofensivo, o atacante esmeraldino Evandro com um chute certeiro colocava o time da Estrada do Arraial na frente do placar no Estádio do Arruda. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 2X1 SANTO AMARO. Faltando apenas dois minutos para o encerramento do tempo inicial de jogo, o jogador zagueiro santamarino Hilton, acertou um pontapé em um jogador do América de maneira bastante desleal e o árbitro da partida não teve dúvida em expulsá-lo de campo, deixando o Santo Amaro com um jogador a menos.

Diário de Pernambuco destacando a vitória do
América contra o Santo Amaro no canto inferior direito
A expectativa era que agora com um jogador a mais, o América do treinador Astrogildo Néri fosse atropelar o seu adversário de maneira impiedosa, todavia, o que se viu em campo foi algo completamente diferente. O atacante Duca saiu para a entrada de Zezinho no clube alvirrubro. Os atletas do Santo Amaro se desdobraram e passaram grande parte do segundo tempo pressionando o América, que se defendia como podia para tentar segurar a vitória dentro do Arrudão, para poder entrar na zona de classificação do campeonato. Aos 23 minutos brilhou a estrela do atacante Ferreira do Santo Amaro, que apesar da sua destacada barriga proeminente, conseguiu driblar quase toda a defesa do América numa arrancada espetacular iniciada antes do meio campo, até que perto da área, veio a ser derrubado pelo zagueiro Antonino do clube alviverde, que soltou o verbo com seus companheiros, exigindo mais compromisso com a partida. O América segurou o resultado de vitória por 2x1 e somando este resultado aos jogos que completaram a rodada que foram a vitória do Náutico por 5x0 contra a Desportiva Pitu, do Ferroviário contra o Íbis por 1x0 e o empate de 0x0 entre Sport e Santa Cruz, deixou o América dividindo a 6ª colocação com o time de vitória de Santo Antão. A ideia era que o time poderia melhorar seu desempenho no segundo turno, para conseguir a classificação para o turno seguinte, visando uma possível disputa em alguma competição nacional. Eis as escalações dos jogadores que participaram daquela partida:




AMÉRICA:
Carlos;
Vitor, Birunga, Antonino e Jaminho;
Teco e Paulo Roberto;
Valdir, Batoré, Evandro e Elói.

SANTO AMARO:
Omar;
Santos, Hilton, Ivan e Edmilson;
Zé Pedro e Neco;
Aurino, Duca, Ferreira e Zuzinha.



0 comentários:

Postar um comentário