segunda-feira, 28 de julho de 2014

A volta do Handebol no América


Aos poucos, o  America vem resgatando sua imagem de clube esportivo. Embora tenha o nome América Futebol Clube, as raízes do clube da Estrada do Arraial, vem do ciclismo, quando ainda era conhecido como João de Barros Foot Ball Club, mas quis seus fundadores, formar uma agremiação de futebol, que era a coqueluche em meados dos anos 10.

Nos anos 60 era muito comum ver o América disputar competições de vôlei, basquete ou futebol de salão, inclusive com grandes destaques e conquistando títulos. Além destas modalidades, no passado o Periquito também chegou a ser representado em competições de Pólo Aquático e Handebol, mas tudo isso durou até a década de 80, quando estes esportes ainda recebiam de certo modo a atenção devida por parte da imprensa esportiva do estado.

Anos depois de inativado o desporto amador e olímpico no América, algumas modalidades vem sendo criadas dentro do clube, como foi o futebol feminino e o society, já a duas temporadas com resultados significativos. Outras, como o basquete e o vôlei retornam a Estrada do Arraial depois de um hiato de três décadas. De lá pra cá, estas modalidades trouxeram vida ao centenário do América, como o título da Copinha de Futebol Feminino e a terceira colocação no estadual, conquistada pelo Futebol Feminino e o vice-campeonato da Copa Verão e da Copa Cidade do Recife, conquistados pelo basquete masculino e pelo vôlei feminino, respectivamente.

Além do Basquete Feminino, que também é novidade pelas bandas da Estrada do Arraial, com a parceria entre Roberto Dornelas, América, Uninassau e Sesc Santo Amaro, para a disputa dos campeonatos pernambucano, nordestino e da LBF, outra modalidade que vem sendo resgatada e está pronto para fazer sua estréia nesta semana é o Handebol, que entrará em quadra nesta terça-feira (29), pelo Campeonato Brasileiro Adulto e no próximo dia 05 de Agosto, pelo Campeonato Brasileiro Feminino,  ambos liderados pelo técnico Marcio Bezerra e que disputados no no sertão pernambucano, em Afogados da Ingazeira. 

O mesmo Handebol que um dia já foi forte e vitorioso no América. Em 1981, o clube foi campeão pernambucano juvenil e adulto da temporada de 1980, como pode ser vistos nestes recortes do Diário de Pernambuco.

0 comentários:

Postar um comentário