quarta-feira, 23 de julho de 2014

MEMÓRIAS ESMERALDINAS: América 7x2 Tramways em outubro de 1939

Jornal do Commercio de 15 de outubro de 1939 em sua
página esportiva destacando o jogo de logo mais
1939 foi o ano de nascimento de pessoas como o físico alemão Peter Grunberg (vencedor do prêmio Nobel de física em 2007), o ator Sérgio Mamberti (ator no filme “O Efeito Ilha” de 1994 e na novela “Cortina de Vidro” de 1989), a atriz Suely Franco (atriz no filme “Querido Estranho” de 2002 e na novela “A Selvagem” de 1971), o ex-jogador argentino Carlos Bilardo (campeão mundial de clubes em 1968 com o Estudiantes de La Plata (como jogador) e campeão da Copa do Mundo de 1986 com a Seleção Argentina (como treinador)), o ex-músico Ray Manzarek (ex-tecladista da banda de rock The Doors), o ex-zagueiro Djalma Dias (pai do jogador Djalminha e campeão carioca de 1960 com o América/RJ), o ex-goleiro argentino Andrada (campeão brasileiro de 1974 com o Vasco da Gama e goleiro que levou o milésimo gol de Pelé). Faleciam Sigmund Freud (pai da psicanálise), o escritor parnasiano Alberto de Oliveira (autor de livros como “O Culto da Forma na Poesia Brasileira” de 1916), o ex-jogador austríaco Matthias Sindelar (defendeu a Seleção da Áustria na Copa de 1934) e o ator norte-americano Douglas Fairbanks (ator nos filmes “Intolerância” de 1916 e “A Marca do Zorro” de 1920 ). Nesta época, o brasileiro curtia o som de “A Casta Suzana” com Déo, “A Jardineira” com Orlando Silva, “Acorda Estela” com Francisco Alves e Dalva de Oliveira, “Chorei Quando o Dia Clareou” com Araci de Almeida, “Deusa da Minha Rua” com Sílvio Caldas e “O Carreté do Coroné” com o pernambucano Manezinho Araújo.

Ilustração de América x Tramways no Estádio do Parque da Jaqueira
em 15 de outubro de 1939 pelo campeonato pernambucano
A oitava rodada do segundo turno do campeonato de 1939 foi aberta no dia 15 de outubro com a partida envolvendo o América e o Tramways. O time da companhia elétrica e de transporte ferrocarril (bondes) dividia a liderança do campeonato junto com o Náutico (campeão do 1° turno) com sete pontos, seguidos por Santa Cruz e Sport, que possuíam cinco pontos, e pelo América, com quatro. Faltando apenas três rodadas para o término do turno, todas as equipes poderiam levantar o título, o que muito empolgou o torcedor pernambucano a ir aos campos dos Aflitos, Jaqueira e Ilha do Retiro para ver jogos decisivos. As duas equipes já tinham se enfrentado três vezes naquele certame, com duas vitórias para os tricolores e uma para os americanos. Enquanto o América vinha empolgado pela vitória em cima do Sport Club do Recife, o Tramways vinha de derrota para o Santa Cruz Futebol Clube e em caso de vitória, os alviverdes sairiam da última colocação e assumiriam a vice-liderança do campeonato, portanto, empolgação não faltava.

Marzol, atacante do América
A partida foi antecedida por uma preliminar entre Flamengo x Íris, válida pela divisão inferior, cujo placar foi favorável ao primeiro por 5x1. Com o relógio marcando quinze para as quatro da tarde, o árbitro Sr. José Mariano Carneiro Pessoa, auxiliado nas bandeirinhas por Argemiro Félix e Manoel Pinto, autorizou o início do duelo no saudoso Estádio do Parque da Jaqueira, outrora pertencente ao América e que já em 1939 pertencia ao Tramways. O placar foi aberto logo aos 2 minutos quando Bahiano lançou a pelota para Pixe, que driblou o zagueiro Alemão e chutou forte no canto do goleiro Lucas, levantando a torcida dos tranviários da Torre. AMÉRICA 0X1 TRAMWAYS. A reação verde e branca veio de forma imediata, quando aos 4 minutos, Pinhegas levantou a bola na área e ela foi interceptada pela cabeça de Guaberinha do Tramways, que marcou contra. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 1X1 TRAMWAYS.


Jornal do Commercio de 17/10/1939 trazendo todas as
informações desta grande partida de futebol
Aos poucos o América se tornava melhor em campo. O resultado disto surgiu aos 15 minutos, quando o zagueiro Lucas do Tramways tocou a bola com a mão na entrada da área maior. A responsabilidade da cobrança da falta coube a Moacyr, que disparou um tiro forte e indefensável contra o goleiro Rubens. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 2X1 TRAMWAYS. Festa alviverde na Jaqueira. Os gritos da torcida empolgavam os jogadores do América e numa bela jogada de Castanheira, a bola encontrou a cabeça de Pinhegas, que com categoria não desperdiçou. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 3X1 TRAMWAYS. Os garotos de Casa Amarela exibiam uma classe futebolística magistral, levando o time da empresa britânica Pernambuco Tramways, campeões de 1936 e 1937 ao desespero, principalmente quando aos 29 minutos, o atacante Daniel recebeu a bola de Marzol, para aumentar a vantagem alviverde no placar. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 4X1 TRAMWAYS. A águia tricolor reagiu e equilibrou a partida até o término do primeiro tempo, que findou sem mais movimentações no placar.

Olívio, atacante
do Tramways
Veio o segundo tempo e o “Expressinho da Torre” foi logo surpreendido com uma grande jogada armada aos 3 minutos por Pinhegas, que com qualidade cruzou para Moacyr balançar mais uma vez as redes adversárias. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 5x1 TRAMWAYS e festa esmeraldina na Jaqueira. No lance, o goleiro Rubens do Tramways se machucou e foi substituído imediatamente por Zé Miguel. Os “elétricos” foram ao ataque e aos 15 minutos numa bela jogada trabalhada por Pixe, a bola sobrou para Sérgio, que com categoria diminuiu o placar em favor dos garotos do bairro da Torre. AMÉRICA 5X2 TRAMWAYS. Com 20 minutos de bola rolando, depois de um grande toque de bola entre Fernandez e Baptista, este último lançou a bola para Moacyr, que aumentou a vantagem americana naquele domingo. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 6X2 TRAMWAYS. 

Destaque do Jornal do Commercio de 17/10/1939 ressaltando a maiúscula
derrota imposta ao clube da companhia elétrica e ferrocarril
Não perca as contas por que ainda teve mais. A dupla Baptista-Moacyr estava infernal naquela tarde e aos 40 minutos mais uma vez, passe de Baptista para Moacyr que voltou a estufar as redes de Zé Miguel. Moacyr seria o artilheiro máximo da partida com quatro gols anotados. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 7X2 TRAMWAYS e cinco minutos depois, o árbitro encerrou mais uma grande façanha da história do mais querido do Recife. O público compareceu em bom número ao Estádio da Jaqueira e com isso, os portões arrecadaram a quantia de 4:952$000 (quatro contos novecentos e cinquenta e dois mil réis). As equipes da partida estiveram assim escaladas:

AMÉRICA:
Lucas;
Alemão e Barbosa;
Natal, Fernandez e Castanheira;
Baptista, Marzol, Moacyr, Daniel e Pinhegas.

TRAMWAYS:
Rubens;
Domingos e Lucas;
Guaberinha, Paizinho e Furlan;
Alcides, Sérgio, Pixe, Bahiano e Olívio.


0 comentários:

Postar um comentário