segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Atletas do Uninassau/América trocaram a quadra pelo estúdio



Ao invés de uma quadra, um estúdio de fotografia. No lugar de uma bola de basquete, um estojo de maquiagem. Foi assim o sábado das atletas do Uninassau/América, que substituíram em poucas horas o trabalho de atletas para tornarem-se verdadeiras modelos. Pelo menos este foi o objetivo do técnico Roberto Dornelas, que tomou como ideia algo bastante comum nos Estados Unidos, para divulgar as atividades esportivas daquele país.

A ideia nasceu muito antes do projeto Uninassau/América se concretizar, quando o técnico Roberto Dornelas e sua equipe multidisciplinar visitou o Atlanta Dream, clube da WNBA. Lá na liga norte-americana de basquete é muito comum as equipes criarem livreto para divulgação do elenco e da comissão técnico, de maneira bem casual e, muitas vezes, utilizando a sensualidade.

No estúdio, a produção e os ensaios ficaram à cargo de cada atleta, onde a maioria fizeram tomaram a liberdade de criar sua própria produção. Participaram do evento as armadoras Adrianinha, Tainá Paixão e Vanessa Gattei, além das alas Izabela Andrade e Tatiane Pacheco, além das atletas do SUB-19 e os membros da comissão técnica. Agora é aguardar pra ver e admirar antes da estréia dos torneios.

0 comentários:

Postar um comentário