terça-feira, 26 de agosto de 2014

Super Basquete!!

Na última sexta-feira estivemos no bairro dos Aflitos para assistir a estréia do basquetebol feminino do América e bater um papo com o treinador Roberto Dornelas. A partida representou a estréia do time da Uninassau/América no campeonato pernambucano sub19. Na ocasião o Náutico, que amargou uma derrota de 47 x 15. Um resultado que demostrou para os presentes que a chapa vai esquentar!!

O treinador respondeu algumas perguntas do Blog do Mequinha, destacando sempre a alegria que está vivendo e a certeza de que pode fazer muito pelo basquetebol Pernambucano e brasileiro. Roberto discorreu sobre vários assuntos, para facilitar o entendimento vamos agrupa-los em tópicos.

BASQUETE BRASILEIRO: o treinador reconhece que o momento do esporte da bola laranja no Brasil passa por dificuldades, seja por falta de investimento na formação de novos valores ou até da crise vivida por grandes centros, como São Paulo, que encontra dificuldades para promover campeonatos, times como o Americana ( último campeão da LBF - Liga de Basquete Feminino) podem ficar de fora do campeonato local e da própria liga.Uma das saídas apontadas por Roberto é a formação de parcerias com empresas e Universidades, neste caso ele cita a parceira com o SESC, que vai montar escolinhas de basquete em diversas unidades, facilitando assim o acesso de novos praticantes e ofertando emprego aos atletas. O primeiro projeto vai ser montado na unidade de Santo Amaro tendo como treinadoras as jogadoras Adrianinha e Vanessa Gattei, além da supervisão de Roberto Dornelas e de sua equipe de preparadores. A escolinha vai abrir para associados do SESC, crianças de 8 anos de idade,e aos poucos será ofertado para comunidade.


BASQUETE PERNAMBUCANO: neste ponto ele valoriza o campeonato local enfatizando que o mesmo vai ajudar a montar a sua equipe,vai dar ritmo de jogo as atletas e oferecer aos pernambucanos uma boa competição. Neste caso ele frisa que vai entrar com duas equipes no campeonato adulto.

A OPÇÃO PELO AMÉRICA: ele falou um pouco sobre sua passagem pelo Sport,a sua paixão pelo basquete e a vontade de enfrentar novos desafios. A opção pelo América se deu por questões de facilidades, pesou a simpatia que o América desperta nas pessoas ( e na própria família do treinador) e por último o apoio que recebeu do presidente Celso Muniz Filho. Roberto lembrou bem que as meninas ficaram encantadas com o projeto e estão "jogando junto", acreditando no sucesso da parceria.

PROPOSTA DE TRABALHO: Roberto procurou enfatizar que uma das razões para o sucesso de seu trabalho se dá através de sua proposta de trabalho, que valoriza o trabalho em equipe, a utilização de tecnologias e a integração entre os diferentes segmentos do seu grupo, quando fala sobre isto, exemplifica: fala do trabalho da equipe de psicologia, de fisiologia, da preparação física, do treinamento tático e da própria vontade das atletas. De acordo com o treinador o "pau come" durante os coletivos!!

A conversa foi altamente esclarecedora e positiva, com certeza o basquetebol vai trazer muitas alegrias para galera Alviverde!! Aproveito para pedir desculpas a turma do Roberto, atrasamos o jantar deles, porém foi por uma boa causa!! Em breve estaremos juntos nas quadras...torcendo...vibrando e festejando!!

Vão conhecer "seu Otacil", o decano dos Americanos e Jairo da Buzina!!!

Juntos somos fortes, juntos somos América!!




0 comentários:

Postar um comentário