segunda-feira, 1 de setembro de 2014

MEMÓRIAS ESMERALDINAS: América 4x0 Santo Amaro em junho de 1969

Diário de Pernambuco de 05 de junho de 1969
sobre a abertura da rodada com América x Santo Amaro
Nasciam em 1969 a atriz Drica Morais (atriz nos filmes “Onde Anda Você” de 2004 e “O Bem Amado” de 2010), o ator norte-americano Edward Norton (ator nos filmes “A Cartada Final” de 2001 e “Uma Saída de Mestre” de 2003), o ex-jogador Márcio Santos (campeão paulista de 1998 com o São Paulo e da Copa de 1994 com a Seleção Brasileira), o ex-jogador colombiano Asprilla (campeão da Copa da Itália de 1999 com o Parma/ITA e campeão do Torneio Rio-São Paulo de 2000 com o Palmeiras) e o ex-goleiro alemão Oliver Kahn (campeão da Liga dos Campeões da Europa em 2001 com o Bayer de Munique). Faleciam o ator norte-americano Jeffrey Hunter (ator em filmes como “Têmpera de Bravos” de 1956 e “O Último Hurra” de 1956), o poeta recifense Múcio Leão (autor dos livros “Tesouro Recôndito” de 1926 e “Castigada” de 1934), o poeta Rodrigo Otávio Filho (autor de livros como “Fundo da Gaveta” de 1924 e “Velhos Amigos” de 1938), o ex-jogador Arthur Friedenreich (campeão paulista de 1918 com o Paulistano e sul-americano de 1922 com a Seleção Brasileira) e o músico Brian Jones (ex-guitarrista da banda de Rock The Rolling Stones). Na música os sucessos foram “Aquele Abraço” com Gilberto Gil, “As Curvas da Estrada de Santos” com Roberto Carlos, “Atrás do Trio Elétrico” com Caetano Veloso, “Tudo Passará” com Nélson Ned e “Hoje” com Taiguara.

A terceira rodada do segundo turno do campeonato pernambucano de 1969 teve início no dia 5 de junho, uma quinta-feira, com a partida envolvendo o América e o Santo Amaro no Estádio Eládio de Barros Carvalho. Os alviverdes, que haviam terminado o primeiro turno na quinta colocação, vinham de derrotas contra Santa Cruz e Sport, enquanto que, os alvirrubros da Zona Norte, que haviam findado o primeiro turno na sexta colocação à frente dos eliminados Ferroviário e Íbis, vinham de derrotas frente a Sport e Náutico, sendo que tanto um como o outro ainda não haviam balançado as redes adversárias. A rodada seria completada no domingo, quando Santa Cruz e Náutico fariam o Clássico das Emoções no Estádio do Arruda e Sport (campeão do primeiro turno) e Central se enfrentariam na Ilha do Retiro. No dia anterior à partida, os americanos sob o comando do treinador argentino Dante Bianchi, fizeram um treino no campo do Iolanda em Afogados, no qual os titulares venceram os reservas por dois a zero. Este treino não contou com as presenças dos jogadores Batista e Fernando, uma vez que, estavam entregues ao Departamento Médico do clube. Os santamarinos, que agora contariam com Alcides Teixeira novamente como treinador da equipe, viriam em busca do primeiro triunfo no returno e dar o troco ao “Mequinha” depois da derrota obtida no turno inicial.

Ilustração de América x Santo Amaro nos Aflitos pelo campeonato
pernambucano de 1969
Com a bola rolando depois da partida entre os aspirantes, que terminou com vitória americana por quatro a zero, as duas equipes fizeram um primeiro tempo equilibrado. Aos 10 minutos o América teve uma boa chance quando o meia Edinho cruzou rasteiro para o atacante Paulinho, que chutou por cima do goleiro Lino. O Santo Amaro reagiu aos 15 minutos num chute de Zeca que o zagueiro Ubirajara do América rebateu e no rebote, Maurício acertou um belo chute, mas, o guarda-meta Jagunço do América estava atento ao lance. Com 20 minutos o lateral Teco do América entregou a bola para Manuelzinho, que driblou o zagueiro Fernando do Santo Amaro e chutou forte, todavia, Lino estava esperto e fez grande defesa. Jaminho correu em velocidade pelo canto esquerdo e cruzou a bola para o meia Toinho II e rapidamente este passou a pelota para o atacante China, que driblou o zagueiro Beto do Santo Amaro e acertou um míssil no canto baixo do goleiro Lino aos 30 minutos. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 1X0 SANTO AMARO e festa alviverde nos Aflitos.

Após o intervalo, o América voltou melhor em campo e o Santo Amaro caiu de produção, como se o gol de China tivesse abalado os atletas. Aos 8 minutos Ubirajara do América avançou e tocou a bola para o atacante Toinho I, que chutou ao gol, mas, Lino se esticou para fazer a defesa. O clube de Casa Amarela colocou pressão na partida e aos 15 minutos o meia Edinho tocou a bola para o veloz China, que livre de marcação tocou no canto indefensável de Lino. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 2X0 SANTO AMARO com direito a dois gols de China.

Diário de Pernambuco de 06 de junho de 1969 relatando
a brilhante vitória do América do Recife
Os alvirrubros da Zona Norte buscaram reagir e aos 20 minutos o lateral direito Paulo avançou em velocidade e deu bom passe para o atacante Agápito, que se livrou da marcação do Zagueiro Dodó e chutou tirando tinta da trave esquerda do goleiro Jagunço que “tirou com os olhos”. Com 25 minutos de bola rolando mais uma vez o América atacava, desta vez com Toinho II que tocou para China, porém, o lateral Arlindo afastou o perigo. A pressão americana era grande e aos 30 minutos, numa grande jogada de Manuelzinho e bola sobrou para o atacante Paulinho que não desperdiçou. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 3X0 SANTO AMARO. Os santamarinos ainda tiveram uma boa chance com o atacante Rina, que chutou muito por cima do gol de Jagunço. Aos 40 minutos do segundo tempo o inspirado China correu em velocidade e se livrou da marcação dos zagueiros Beto e depois Fernando para tocar para Paulinho, que de frente com o goleiro Lino, foi somente escolher o canto. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 4X0 SANTO AMARO. Nestas alturas o clube de Alcides Teixeira já torcia para não levar mais e com o placar de quatro tentos a zero, encerrou-se mais uma vitória do América no campeonato pernambucano de futebol. A renda somou a importância de 486 cruzeiros novos para um público de 160 torcedores e os atletas desta grande partida foram os seguintes:
AMÉRICA:
 Jagunço;
Teco, Dodó, Ubirajara e Jaminho;
Toinho II e Edinho;
Manuelzinho, Toinho I, China e Paulinho.

SANTO AMARO:
Lino;
Paulo, Fernando, Beto e Arlindo;
Zeca e Roberto;
Rina, Agápito, Maurício e Joãozinho.




0 comentários:

Postar um comentário