terça-feira, 7 de outubro de 2014

Pernambucano de 2015, começando em 2014 e com distinções



Aconteceu nesta terça-feira o Conselho Arbitral, reunião que define as regras do Campeonato Pernambucano de 2015. Neste evento foi apresentado a fórmula de disputa do campeonato, que foi proposta pela Federação Pernambucana de Futebol e acatada pelos clubes participantes.

De acordo com o Arbitral o Campeonato começa no dia 7 de dezembro de 2014 e termina no dia 6 de maio de 2015, a fórmula de disputa, que no primeiro momento foi contestada, acabou sendo aprovada por unanimidade.

O campeonato será disputado por 12 clubes,em duas fases, no primeira fase ( chamada de Taça Eduardo Campos, antiga Miguel Arraes ) os oito clubes  América,Atlético Pernambucano, Central SC, Pesqueira, Porto, Serra Talhada, Vera Cruz e Ypiranga, se enfrentarão em 14 partidas ( ida e volta) para classificar dois clubes que ganham  vagas na série D e o direito de disputar o título estadual, jogando contra Sport, Náutico, Salgueiro e Santa Cruz.

Na segunda fase haverá dois grupos distintos e com objetivos diferenciados, um grupo, composto pelos 6 clubes que disputaram o primeiro turno lutando para não cair. Um outro grupo formado pelo trio de ferro do Recife (Sport, Náutico e Santa Cruz ), mais o Salgueiro e os dois melhores da primeira fase. Que vão disputar o título, as vagas na Copa do Nordeste, na Copa do Brasil e terão suas partidas transmitidas pela televisão. 

Particularmente sei que a alteração da fórmula da disputa se deve a alguns fatores, como, participação do Sport, Náutico e Salgueiro na Copa do Nordeste, o desinteresse do Santa Cruz em disputar o turno inicial ( no passado, mesmo achando ruim , o Náutico teve que disputar o primeiro turno), a determinação da CBF que prioriza os clubes que disputam as séries A e B ( favorecendo assim o Santa Cruz.

Apesar de reconhecer estes fatores achei a fórmula ruim, já que ela cria uma segunda divisão dentro de um campeonato de primeira. Os clubes menores vão disputar um campeonato com poucos atrativos, menor possibilidade de público, jogos em curto espaço de tempo e pouca ou nenhuma transmissão via de seus jogos na televisão.

Vai ter clubes que não vão jogar contra os grandes!!!

Foi aprovado!!!


0 comentários:

Postar um comentário