sábado, 6 de dezembro de 2014

Chegou a hora


Chegou a hora do futebol profissional efetivamente estrear no ano do centenário. E o convidado é um velho conhecido.

Pois é, em um ano recheado de emoções e cenas de renascimento, o futebol profissional Alviverde estreia efetivamente. Embora já tenha ocorrido jogos do time profissional este ano, o América só agora estreia o carro-chefe do clube no glorioso ano do centenário.

Do outro lado um adversário tradicional, de tantas partidas, vitórias e derrotas: o sempre indigesto Central, equipe que não vencemos há um bom tempo. Além da tradição, a reconhecida experiência do time alvinegro é outro peso de expressão. Com alguns jogadores mantidos desde a série D e com uma preparação consistente, o time de Caruaru vem forte para o confronto.

O América, por outro lado, novamente aposta na base. A base que por dois anos consecutivos figura entre os quatro melhores times do certamente estadual e que também cedeu importantes valores no ano passado. E junto a eles, outros jogadores experientes e velhos conhecidos da torcida Esmeraldina.

Assim como os protagonistas do espetáculo, o palco não poderia ser menos tradicional. Estamos tristes com a saída da nossa casa dos últimos anos, mas o estádio dos Aflitos ainda é um palco memorável. E novamente aqui devemos reconhecer a compreensão da diretoria do Náutico que fez um acordo com o América.

Enfim, sempre sonhamos com uma vitória. Somos América e a esperança é a cor que vestimos todos os dias, no futebol e em tudo que fazemos na vida. Então vamos aos Aflitos neste domingo levar essa energia, torcer pelo Periquito e sonhar com mais um ano de glória.

0 comentários:

Postar um comentário