segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Empate na estreia



Um jogo bom e com muitas oportunidades desperdiçadas. Um resultado digno de clássico.

O América tomou a iniciativa do jogo e embora um pouco descoordenado, conseguiu criar as duas primeiras oportunidades da partida, mas sem grandes perigos. E antes de completar os primeiros 10 minutos de jogo, Pitio aproveitou uma falha no setor esquerdo da defesa Americana e entrou cara-a-cara com Gil, abrindo o marcador. O Central mais organizado e com uma impressionante marcação não deixava o América criar muito, mas os contra-ataques Esmeraldinos levavam perigo. Em um deles Kássio arrancou desde a defesa e na entrada da área alvinegra lançou Deysinho que finalizou com tranquilidade e empatou o jogo.

No segundo tempo o forte esquema de marcação do Central provocou seu efeito colateral, o time alvinegro nitidamente cansou e relaxou a marcação. Aí Kássio fez a festa! Mais do que inspirado, o meia Alviverde abusou do seu repertório e deu uma dor de cabeça imensa ao setor defensivo do Central. Foram dribles, jogadas pela linha de fundo, lançamentos precisos, escanteios perigosos e cobranças de falta com bola na trave! Não tem como descrever, só para quem estava lá!

O Segundo tempo foi do América. O Mequinha pressionou, colocou duas bolas na trave e criou pelo menos quatro situações de gol. Mas não conseguiu o essencial por pecar muito na finalização. Antes da conclusão da partida o Central ainda assustou por duas vezes. Em uma delas Júnior quase joga contra o patrimônio.

O resultado poderia claramente ser favorável ao América, mas a torcida até que saiu satisfeita com o jogo. Não pelo escore, mas pela atuação da equipe que, principalmente no segundo tempo, mostrou volume de jogo. Mas as vulnerabilidades também ficaram evidentes. No primeiro tempo o América teve erros sérios de posicionamento e deu muito espaço para o Central no meio-campo, e chegava com dificuldades ao ataque e não finalizava bem. As falhas de finalização, aliás, decretaram o resultado final da partida.

Agora o próximo jogo é contra o Pesqueira, fora de casa, na quarta-feira. E domingo volta aos Aflitos contra o Atlético. Se o que foi mostrado no segundo tempo se mantiver nessas duas próximas partidas, temos esperança de construir algo.

Força Mequinha!


Kássio organizando um dos contra-ataques Esmeraldino no primeiro tempo

0 comentários:

Postar um comentário