sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O Casarão é nosso!!!



E sempre será! A justiça tem que prevalecer e a lei deverá ser cumprida. Chega de desmandos.

Nesta tarde uma apresentação detalhada do processo que levou ao imbróglio mais recente do América e a polêmica carta de arrematação que deverá ser executada na próxima segunda-feira deixou evidente o número sistêmico de erros que anulariam o processo pelo menos umas dez vezes!

Os erros vão desde equívocos na natureza do processo até problemas de medidas do terreno. Também erros bizarros como documentos anexados ao processo fora do prazo, documentos importantes não assinados, sem data precisa ou corrigindo problemas que aconteceriam no futuro! São tantos erros que fica difícil acreditar que eles passaram meramente por incompetência de quem trabalhou para acelerar o processo e de quem o julgou. E fica mais difícil ainda acreditar nisso, pois os erros foram apontados inúmeras vezes e nunca aceitos pelos juízes.

Mas além de erros processuais ou de documentação chama a atenção também a dimensão do problema. Como exemplo, a descrição do objeto leiloado corresponde a duas vezes mais que as dimensões reais do terreno pertencente ao América, a carta de arrematação atinge também os vizinhos ao terreno Alviverde, inclusive um condomínio localizado ao lado da sede. Segundo o leiloeiro Joaquim de Carli, ao todo são 12 imóveis adquiridos no processo do leilão. Ou seja, não é só o América o verdadeiro atingido, o problema também envolve os moradores do entorno.

Os procedimentos para tentar anular o processo foram tomados diversas vezes e sempre julgados contra o América e em favor da empresa que adquiriu o imóvel. Mas a luta continua, o América vai continuar com a luta na justiça até que ela seja julgada no STJ.

O Casarão é nosso!!!

0 comentários:

Postar um comentário