quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Dia histórico no futebol feminino



As meninas Alviverdes honraram a camisa e fizeram um jogo histórico nesta tarde nos Aflitos.

Pena que tudo ocorreu em meio a um dia tão atribulado e cheio de expectativas negativas. Por muito pouco o América não venceu a partida por WO. A delegação do União se perdeu no caminho para os Aflitos e se complicou no caótico trânsito recifense retardando o início da partida em mais de 40 minutos. Mas elas chegaram e o jogo começou.

Foto: http://www.fpf-pe.com.br/


E o início foi elétrico. Bia deu o primeiro susto no time adversário com menos de um minutos de jogo, quando invadiu a área em jogada individual e quase marcou o primeiro tento Esmeraldino. A resposta do União foi rápida e num vacilo da defesa os adversários abriram o marcador. Não demorou para que o América empatasse após falha da goleira de Alagoas depois da cobrança de escanteio de Adrielly. Em seguida, novamente Geyze deixou os visitantes á frente do placar. Mas o América foi valente e depois de um novo escanteio Suzan empatou para o Mequinha.

No segundo tempo, o jogo demorou para ser reiniciado pois os refletores não haviam sido acessos. Jogando com apenas parte dos refletores acesos, as meninas de ambas as equipes sentiram o impacto da correria do primeiro tempo. O jogo ficou mais cadenciado e a goleira Alviverde salvou o América de uma derrota que poderia ter eliminado o segundo jogo. Extenuadas e com ritmo menor, as meninas do América tentaram chegar mas não deu. Empate por 2 a 2, foi o resultado final.

O América retornou ao cenário nacional do futebol. Nossas meninas foram valentes, superaram muitas dificuldades e mostraram para as campeãs alagoanas que também são fortes e competentes. Todo o time está de parabéns e a torcida Americana fica orgulhosa com esse momento.

Agora, a próxima partida será no estádio Rei Pelé em Maceió, quinta-feira que vem. Passando, será mais um feito grandioso. 

0 comentários:

Postar um comentário