domingo, 11 de outubro de 2015

Dando o braço à torcer



Antes do começo do campeonato pernambucano sub20, quando o nome de Luciano foi aventado para dirigir o projeto da AFC/SA dentro de campo eu fiz uma avaliação crítica e sugeri que ele não era uma boa opção para comandar o Alviverde. Eu estava errado, e estou feliz por isso!

No final da história, Luciano ao menos calou a minha boca para este campeonato. O América fez um bom time, competitivo, maduro dentro de campo e muito regular. Ao longo do campeonato foram apenas duas derrotas. Alguns jogadores com mais tempo de América se firmaram, como Yuri e Jackson, este um dos artilheiros da primeira fase. E outros parecem ter desenvolvido o potencial para representarem o América no estadual profissional.

Além disso, o time saiu com propriedade de um grupo complicado na primeira fase e chegou a semi final enfrentando em mesmo tom o time outras equipes fortes. Outro ponto interessante é que mesmo mantendo o velho estilo Luciano com times recuados, o América se mostrou muito forte no ataque com grande volume de jogo e saídas rápidas. Isso levou o ataque Alviverde a ser o segundo melhor do campeonato, perdendo apenas para o Porto, nosso adversário na semi final.

E parece que as bases para os próximos anos estão lançadas, pois existe uma equipe em formação com jogadores de idade de sub20 e que aparentam ter qualidade.

Um trabalho de base não vive necessariamente de resultado dentro de campo, mas nitidamente times que ganham tem bons jogadores ou pelo menos jogadores que se comportam bem para o grupo e as propostas táticas. Dessa forma, acho que Luciano conseguiu superar em muito as expectativas de quem o criticou ou não acreditava no seu trabalho, como eu.

Agora quem sabe não é hora da AFC/SA dar melhores condições de treino para a revelação de alguns jogadores e começar a explorar alguns mercados alternativos para conseguir os primeiros resultados e manter o América funcionando.

Parabéns Luciano, sua comissão técnica e seus comandados. Representaram muito bem o América até aqui, agora tá na hora de querer mais!

0 comentários:

Postar um comentário