segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

AMÉRICA 1X2 SANTOS, MAS, A UM EMPATE DA VAGA


Depois de vencer os anfitriões da Ferroviária de Araraquara por 2x0 na estreia da Copa São Paulo de Juniores no Estádio da Fonte Luminosa, o América do Recife mediria forças contra o Santos F. C., equipe favorita devido à sua grande tradição em todas as esferas futebolísticas. Em 1928, os jornais chegaram a anunciar a vinda do Santos à cidade do Recife numa excursão, na qual, enfrentaria o América campeão pernambucano de 1927, mas, os paulistas abortaram a ideia devido ao alto custo. 88 anos depois, quis o destino que as duas agremiações estivessem frente a frente brigando pelas duas vagas para a próxima fase da competição, junto com a Ferroviária/SP e o Confiança/SE, equipe derrotada pelo Santos na estreia.

Quando a bola rolou neste dia 4 de janeiro de 2016 para América/PE x Santos/SP em Araraquara/SP pelo maior torneio de futebol Sub 20 do Brasil, o que se viu foi que a vitória do estreante América contra os santistas campeões em 1984, 2013 e 2014 não era impossível. Certo que logo aos 3 minutos, o atacante alvinegro Matheus Augusto chutou bem, forçando o goleiro Ruan a desviar a pelota para escanteio, que depois de cobrado, encontrou a cabeça do zagueiro Sabino que testou por cima, todavia, o América do Recife foi crescendo e aos 10 minutos, o atacante Michael roubou a bola de defesa adversária e tocou para Matheus, que mandaria um torpedo às redes santistas, mas, o zagueiro Bruno Leonardo os salvou. Quatro minutos depois, o alviverde Dentinho recebeu a bola na entrada da grande área e mandou o torpedo indefensável no canto direito do goleiro John Victor, que nada pôde fazer. É GOL DO AMÉRICA! AMÉRICA 1X0 SANTOS.

A bola estufa as redes do goleiro do Santos no golaço de Dentinho.

O Santos foi para cima e encontrou um América bem postado na defesa. Aos 25 minutos, o santista André Anderson chutou de fora da área por cima do goleiro pernambucano. Três minutos depois, foi a vez do meia Natan levar perigo com um chute rasteiro que passou à esquerda. O treinador do Santos optou pela entrada do jogador Willians na vaga de André Anderson e aos 33 minutos, o meia Caio cobrou falta de longe e o goleiro Ruan do América espalmou. Após a cobrança do escanteio, a bola sobrou para o santista Bruno Leonardo, que de cabeça empatou o placar. AMÉRICA 1X1 SANTOS. Infelizmente, a defesa pernambucana não se arrumou a tempo e quatro minutos depois, o atacante Alessandro já estava a virar o placar para o Santos, para o lamento do torcedor esmeraldino. AMÉRICA 1X2 SANTOS. No último minuto da primeira etapa, o santista Willians cobrou bem uma falta, mas, Ruan estava no centro do gol para agarrar a pelota.


Ruan, goleiro do América.
Veio o segundo tempo e o Santos quase marcou o terceiro gol, quando o atacante Matheus Augusto recebeu a bola na entrada da grande área aos 7 minutos e acertou a trave direita do nosso goleiro americano Ruan. O América melhorou na partida após o treinador Luciano Ribeiro optar pela saída do atacante Michael e a entrada do atleta João Victor, pois, logo aos 16 minutos o meia Jonatas se livrou com categoria da marcação paulista, porém, o chute saiu por cima do arco defendido pelo goleiro John Victor. 


O América jogou de igual para igual contra o Santos.

Dois minutos depois, o mesmo Jonatas recebeu um “presente” do atacante Dentinho e perdeu uma grande chance de empatar para os alviverdes de Casa Amarela. Logo depois, o treinador americano sacou o lateral Weslley para a entrada do jogador Lessinho, o que provocou duas alterações no lado do “Peixe da Vila Belmiro” que foram as entradas de Artur Gomes e Igor nos lugares de Matheus Augusto e Alessandro. Aos 35 minutos, Luciano Ribeiro queimou seu último cartucho com a entrada de Tiago no lugar de Jonatas. Sete minutos depois, o América perdeu uma grande chance de empatar o placar quando Lessinho passou a bola para Carlos, que driblou o zagueiro Bruno Leonardo e bateu para fora, levando pavor à defesa santista. Na última boa oportunidade do jogo, o santista Artur Gomes recebeu a bola cara a cara com o goleiro do América, mas, felizmente disparou pela última linha.

O América mostrou garra e qualidade principalmente na primeira meia hora de jogo, entretanto, a experiência e o melhor conjunto técnico do Santos prevaleceu, visto que souberam aproveitar os cinco minutos de pane da retaguarda pernambucana no primeiro tempo, algo compreensível em um grupo de garotos que como qualquer iniciante, comete equívocos.



Classificação após a segunda rodada.

Quarta feira dia 06, o América jogará uma verdadeira decisão contra o Confiança/SE. Devido à vitória por 2x1 dos sergipanos contra a Ferroviária, o América jogará pelo empate para garantir uma épica e incrível classificação à segunda fase da Copa São Paulo. Todos nós que estivermos em nossos notebooks, smartphones ou tablets escutando a transmissão da partida pela Rádio Jornal de Aracaju e que torcemos pelo Campeão de 1944, estaremos na expectativa pelo resultado e acreditando que este grupo pode ir muito além do que hoje eles mesmos pensam. SIM, PODEMOS E VAMOS!

AMÉRICA/PE: Ruan; Tião, Miranda, Nilson e Weslley; Victor, Matheus, Jonatas e Carlos; Michael e Dentinho. Treinador: Luciano Ribeiro.

SANTOS/SP: John Victor; Patrick, Bruno Leonardo, Sabino e Matheus Oliveira; João Igor, André Anderson, Caio e Natan; Alessandro e Matheus Augusto. Treinador: Marcos Soares.



0 comentários:

Postar um comentário