domingo, 17 de janeiro de 2016

Vitória pra dar moral



O América amanheceu líder isolado do Grupo B neste domingo! Em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano, o América visitou  Vitória de Santo Antão neste ultimo sábado (16) e conseguiu um importante resultado diante do Vitória, saindo vitorioso do Carneirão, pelo placar de 2x1.

Faltando apenas três jogos para o fim do primeiro turno, América e Vitória entraram em campo com a disposição e a consciência de que a vitória era essencial para abrir vantagem em um campeonato curtíssimo, onde apenas uma equipe em cada grupo terá o direito de sorrir na temporada. E foi com este pensamento que o América entrou no Carneirão buscando o abrir o marcador a todo instante. Em uma destas oportunidades, a história do jogo começou a ser desenhada logo aos 21 minutos de partida. Em contra-ataque veloz iniciado por Cesinha, o artilheiro esmeraldino conseguiu se livrar do zagueiro Cláudio, ficando na sequência frente a frente com David. Ultimo homem do Vitória, ex-xerifão esmeraldino não tinha outra opção a não ser matar a jogada com um empurrão e acabou sofrendo cartão vermelho direto do árbitro Gilberto Castro Júnior. Foi o suficiente para Thiago Laranjeiras, em cobrança de falta na meia lua da grande área jogar a bola com categoria no ângulo direito para delírio da torcida esmeraldina presente no Carneirão.



Com um jogador a menos, dava a entender que o América teria mais espaços para trabalhar a bola e pressionar ainda mais a equipe mandante. Ledo engano. Aguerrido, o Vitório demonstrou um poder de reação de disposição, mesmo com homem a menos. Em uma destas jogadas ofensivas, saiu o gol vitoriense, em jogada na direita criada por Vassoura, a defesa esmeraldina bobeou, deixando a bola cair nos pés do atacante Jefferson Baiano, que apenas deu um toquinho para as de Delone, empatando a partida aos 28 minutos.

Mesmo com o placar em igualdade, o América continuou sendo o dono do jogo. O trio Cesinha, Ewerton Bala e Alex Gaibu continuava aprontando das suas contra a defesa do Vitória. Com um a menos e demonstrando preocupação em levar o segundo gol, os donos da casa se viram obrigado a apostar no contra-ataque durante todo o restante de partida, deixando muitas vezes o atacante Jefferson Baiano do Vitória com chances claras de virar o placar. Em um destes lances, no segundo tempo, o atacante do Vitória conseguiu espaço na defesa esmeraldina pra fazer uma de suas jogadas individuais. Aos 13 minutos da etapa complementar, o atacante vitoriense foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou a penalidade máxima. Foi quando brilhou a estrela de Delone. Em cobrança a meia altura bem realizada por Vassoura, o arqueiro esmeraldino conseguiu alcançar a bola no canto direito de sua meta o suficiente para espalmar a bola, que beijou a sua trave e saiu para escanteio. Nova festa alviverde nas arquibancadas do Carneirão, que vibrou com defesa de Delone como se fosse um gol!

A defesa de Delone deu um novo gás ao time do América. Durante o decorrer da partida o atacante Jackson entrou, mas não acompanhou o ritmo intenso do jogo, não contribuindo tanto quanto é esperado dele pela torcida. O América continuava dono da partida, mas faltava calma ao ataque esmeraldino naquele chamado "ultimo toque". Depois de bolas no travessão, impedimentos assinalados e algumas boas defesas do goleiro Walber, o América aos 42 minutos acertou um belo contra-golpe no meio de campo. A bola sobrou pra Jackson que viu Cesinha livre na esquerda e, com tranquilidade, tocou no canto esquerdo de Walber. Foi o gol da vitória em cima do Vitória!



Com o resultado, o América assume a liderança do grupo B, com cinco pontos. Com os jogos de volta do primeiro turno iniciando nesta próxima quarta-feira (20), o América contará agora com o "fator casa" a seu favor, pois terá pela frente dois jogos seguidos em casa, o primeiro dele agora, novamente contra o Vitória, no estádio Ademir Cunha, às 20h30, pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano.



0 comentários:

Postar um comentário