domingo, 20 de março de 2016

Um mestre que vai, outro mestre que volta

Após uma sequência de marcantes goleadas, Charles Muniz se despede do comando do América. Em seu lugar assumiu Paulo Jr. que já iniciou os trabalhos esta manhã com parte do elenco que não jogou ontem.

Charles Muniz deixa o América após amargar uma péssima sequência que não pode apagar seus feitos recentes.

A saída de Charles Muniz não foi como gostaria o torcedor Esmeraldino. E a péssima sequência recente ameaça jogar uma pá de lama na história construída pelo experiente treinador pernambucano no América. Mas nossa responsabilidade é de registrar os fatos e não deixar o calor do momento obliterar os legados. 

Charles se despede do América após realizar uma verdadeira façanha, ou algumas. Assumiu o compromisso de comandar o time para a disputa da competição e enfrentar em seu bojo a dificuldade financeira imposta pela atual conjuntura do nosso futebol. Ajudou a montar um elenco às vésperas do início da competição e a primeira impressão foi de desconfiança da torcida Alviverde e daqueles que cobriam o início do campeonato pernambucano. A desconfiança só fez se acentuar depois da estreia. Sobrepujando os problemas internos e externos conduziu o elenco à uma campanha invicta que levou o América à fase de disputa do título do certame e ao retorno histórico à uma disputa nacional de futebol. Continuou surpreendendo todos com uma vitória histórica e heroica na estreia da segunda fase sobre o Sport e manteve o América na fase de classificação para as semi-finais até a quarta rodada da competição. 

Mas seu esquema tático que pouco variou e um certo excesso de confiança em alguns jogadores que não renderam tanto se aliaram ao clima atribulado dos últimos dias dos bastidores do Alviverde com as derrotas sucessivas e acachapantes. Receita que levou ao fim de sua passagem pelo América. Saldo final: Charles deixa um América ainda esperançoso em alguma classificação para as semi-finais, com a melhor campanha do clube no estadual desde seu retorno à divisão de elite em 2011 e com resultados históricos. Apesar do momento, temos que agradecê-lo.

Paulo Jr. volta ao América: o que esperar, o Paulo Jr. de 2010 e 2011 ou o de 2012?
Mas a partir de hoje talvez se inicie uma nova história no campeonato. Algo que serve para reanimar ou balançar as motivações. Paulo Jr. foi anunciado como novo comandante do Alviverde e já começou a trabalhar. Relatar a história de Paulo Jr. no Alviverde é quase desnecessário, mas podemos resumir em dois altos e um baixo: retorno à série A1 em 2010, campanha histórica de permanência em 2011 e uma passagem fracassada em 2012. Dessa vez esperamos que o mestre Paulo Jr. não repita os erros de 2012 e que possa dar ao América o mesmo brilho de suas passagens anteriores. Que seja muito bem vindo.

10 comentários:

  1. O Professor Charles Muniz conseguiu tirar leite de pedra, trabalhando os jovens atletas e conseguindo resultados importantes, principalmente a sonhada vaga na série D.
    O futebol é feito de resultados, a sequencia de derrotas de certa forma minaram o trabalho dele. Um ser humano admirável, boa conversa e trabalhador!!
    Boa Sorte Charles!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço das suas palavras as minhas. Charles Muniz é um excelente profissional e transparece ser uma pessoa do bem. O América só perdeu com sua saída.

      Excluir
  2. Charles Muniz saiu da pior forma possível. Infelizmente. E desde já estou na torcida pelo Paulo Junior de 2010 e 2011. Que aquele PJr de 2012 fique no passado.

    ResponderExcluir
  3. É os jogadores? Será que eles mantiveram o mesmo padrao de quando conquistaram as vitórias recentes? Aposto que não! Mas, vamos dar sequência às mesmas mazelas dos grandes clubes do futebol brasileiro. Perdeu 2 ou 3 bota o técnico pra fora que ele desaprendeu tudo... e os jogadores continuam...
    Contudo, vamos dar a Boas vindas e desejar muito sucesso ao Paulo Jr.

    ResponderExcluir
  4. Todo mundo no meu prédio ficou perplexo com a saída do Charles Muniz. Um excelente treinador, que fez milagre com o elenco que tinha. Presidência burra. Sem comentários.

    ResponderExcluir
  5. Espero que o prof. Paulo Jr de uma olhada para a base pois tem um garoto la que tá arrebentando. É um atacante ( Lucas Júnior ) é o nome dele! Ha vi ele jogando e o garoto é fera mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Esse Lucas e um atacante de 19 anos e tem grande agilidade e um exelente chute e se eu disse o técnico do time profissional daria uma oportunidade a ele!

    ResponderExcluir
  7. Valeu Charles! Agora é torcer pro Paulo Jr. ajudar o América à continuar fazendo história nesse 2016. Estamos vindo de alguns resultados negativos, mas o pulso ainda pulsa e enquanto nós tivermos chances de classificação, eu acreditarei! Vamos pra cima do Santa e pra cima do Central! O sonho da semi final não acabou! Sábado, vamos todos apoiar nosso esmeraldino!

    ResponderExcluir
  8. MUDANÇA TÉCNICA E SALUTAR POREM E NECESSÁRIO ACREDITA TEMOS CONDIÇÕES DE SAIR COM A CLASSIFICAÇÃO EU AINDA ACREDITO

    ResponderExcluir
  9. Eu tambem acredito vamos america nosso hino diz por ti eu serei capaz

    ResponderExcluir