sexta-feira, 15 de abril de 2016

América perde em São Luís e encerra LBF 2015/16 em terceiro


Fim da linha para o UNINASSAU/América na Liga de Basquete Feminino 2015/2016. Diante do Sampaio Corrêa/MA na noite desta quinta-feira (14), no Ginásio Castelinho, a equipe comandada pelo técnico Roberto Dornelas entrava em quadra necessitando da vitória para desempatar a série e garantir nova participação na final da competição nacional. Mas infelizmente a equipe alviverde não conseguiu sair de quadra com a vitória. Saindo derrotado pelo placar de 58x47, o UNINASSAU/América foi desclassificado da LBF 2015/2016. 

Modificando a formação das partidas anteriores, o técnico Roberto Dornelas colocou em quadra a armadora Débora no lugar de Tainá Paixão e ala cubana Ariadna no lugar da norte-americana Jennifer Lacy. Com isso, o alviverde alinhou Ariadna, Tati Pacheco, Erika de Souza e Kelly Santos. Mas a mudança não surtiu efeito esperado, com uma série de erros, fechando o primeiro quarto com derrota parcial de 21x12 e nove pontos atrás do Sampaio Corrêa.

No segundo quarto, o time alviverde acordou pro jogo. Longe das quadras a quase um mês, Roberto Dornelas colocou em quadra a armadora Adrianinha e, com duas bolas de três seguidas de Lacy e Adrianinha o América voltou para o jogo e reduziu a desvantagem para cinco pontos (23x18). Buscando a reação, as alviverdes empataram o segundo quarto por 10x10 e fechou o primeiro tempo com desvantagem de apenas três pontos, com placar parcial de 31x22.

Com uma melhor postura em quadra, o UNINASSAU/América foi pra cima mas, mesmo vencendo o terceiro período por 11x14, a equipe esmeraldina não conseguiu tirar toda a vantagem adquirida pelo Sampaio no decorrer do jogo, fechando o terceiro período pelo placar de 42x36. No quarto e decisivo período, os dois times voltaram a quadra no tudo ou nada.

Com as duas equipes bastante nervosas e abusando de erros, o América chegou a diminuir a vantagem para três pontos, mas não conseguiu superar a defesa alviverde. Nos minuto final, o Sampaio Corrêa acertou quatro lances livres com Palmira, decretando a vitória e a classificação maranhense para final.




0 comentários:

Postar um comentário