segunda-feira, 11 de abril de 2016

Fim da linha no Pernambucano


Chegou ao fim a participação do América no Campeonato Pernambucano de 2016. Uma participação supreendente e que ao mesmo tempo com a sensação que poderíamos ir mais além, levando em conta o quanto o Periquito remou contra a maré. Apesar de jogar fora de casa, o América diante de uma série de fatores tinha a obrigação de vencer a Patativa e o favoritismo ao seu lado, mas no tempo complementar viu a sua vitória parcial conquistada no primeiro tempo ir por água abaixo.

Com um primeiro tempo de jogo mostrando vontade e um entrosamento superior ao do Central, o América iniciou a partida encurralando o Central em seu defesa. E deu certo, pois logo aos dois minutos o Alviverde da Estrada do Arraial abrir o placar no Luiz Lacerda, com Odair. Gol que ampliava ainda mais a esperança esmeraldina de avançar para a semifinal do estadual, que também estava atento ao que acontecia no Clássico das Multidões, que até ali estava com um empate sem gols.

Com a vantagem no placar, o time comandado pelo técnico Paulo Júnior administrou toda primeira etapa, chegando em alguns momentos e esbarrando nas grandes defesas do goleiro Juninho. A Patativa por sua vez, atacou pouco, mas conseguiu colocar uma bola na trave na cabeçada do zagueiro Vinícius. Sem mais grandes oportunidades, o primeiro tempo terminou com a vitória do Periquito.  

Na tempo complementar, o América entrou com mudança até aqui incompreendida. Com o sistema defensivo bem arrumado, Paulo Junior queimou uma substituição, tirando o zagueiro Yuri para colocar Carioca, outro defensor. E o time voltou mais desligado e aceitando a pressão dos donos da casa. Depois de cinco lances ofensivos da equipe alvinegra, veio o gol de empate do Central, mais ou menos no mesmo instante que acontecia o gol de empate do Sport no Arruda contra o Santa Cruz. O gol dos donos da casa foi originada após uma cobrança de escanteio desviada por Vinícius e sobrando para o atacante atacante Lourival empurrar para o fundo das redes de Delone.

Depois do gol de empate, o América tentou sair mais para o jogo buscando voltar à frente do marcador. Paulo Junior tirou Laranjeiras no meio de campo para colocar mais um atacante e acionou Cesinha para dar maior movimentação, mas acabou não contribuindo muito, pois o Central encurralava o time alviverde na altura do meio de campo e explorava os contra-ataques. O América só voltou a criar oportunidades com a entrada de Gaibú no lugar de Odair, mesmo assim, as chances criadas ou parava na defesa centralina ou eram desperdiçadas.

Quando o jogo já se encaminhava para terminar empatado, aos 44 minutos do segundo tempo veio o gol derradeiro do Central. Com Araújo,o América viu sua participação no Campeonato Pernambucano terminar com uma derrota por 2x1. Mesmo se vencesse, a chance alviverde de avançar de fase não seria concretizada, já que o placar no Arruda entre Santa Cruz x Sport terminou empatado em 1x1.

Ao América serve de alento a bela campanha, fechando o Campeonato Pernambucano na quinta colocação e retornando a disputa do Campeonato Brasileiro, garantindo também a temporada de 2017 com calendário completo. Ficamos agora na torcida para que o time possa ser reforçado para a disputa da Série D e que o trabalho pés no chão continue.

2 comentários:

  1. Sou Sport Club do Recife, mas torço pelo sucesso do Mequinha, dá-lhe verdão do Arraial!!

    ResponderExcluir
  2. Sou mequinha e sei que podemos ir longe nests serie D vamos America rumo a serie c

    ResponderExcluir