segunda-feira, 11 de julho de 2016

Ficou tudo pra última rodada

América perde no sertão paraibano e classificação fica para ultima rodada | Foto: Tercio Trindade

Sábado foi dia Sousa e América pela penúltima rodada na primeira fase da Série D. Até então vice-líder do Grupo A7, o Campeão do Centenário necessitava de um empate para ficar com um pé dentro da segunda fase. Pensando desta forma, o time montado pelo técnico Paulo Junior foi para o Marizão com a proposta totalmente defensiva, quase um ferrolho suíço. Quase, pois infelizmente o ferrolho montado por PJr foi vazado no tempo complementar... Do lado do Sousa o time vinha embalado com duas vitórias diante do Galícia-BA e ainda entrava em campo com a motivação de buscar a vitória para festejar seus 25 anos completados no domingo.

Com a bola em jogo a partida tomou contornos dramáticos, com nervos à flor da pele para ambos os times. Com cada time com sua proposta de jogo, o Sousa buscava a cada lance vazar a meta de Geaze, enquanto que o América se defendia e partia com a bola no contra-ataque. Em um destes poucos lances de ataque do America veio o gol de Danilo Quipapá, aos 22 minutos, aproveitando a falha do goleiro Junior Conceição e escorando de cabeça. Se o América entrou em campo pensando em não tomar gol, o time que já estava recuado após o gol ficou ainda mais fechado na sua defesa, dando espaços para que o Sousa a cada minuto buscasse empatar. Aos 36, o Sousa quase empatou com Camilo, mas a bola desviou, passando perto de uma das traves de Geaze.

Veio o tempo complementar da partida e, com ele, o impeto do Dinossauro foi menos produtivo que no primeiro tempo, dando a impressão que o América iria conseguir sair de Sousa com o objetivo atingido. Ledo engano. Bastaram dois lances de desatenção do até então rígido esquema montado por Paulo Junior que as pretensões esmeraldinas caíram. O empate dos donos da casa saiu aos 24 minutos, com Eduardo Recife conseguiu achar uma boa brecha na defesa alviverde, encontrando Rodrigo Poty sozinho, que mandou para dentro e deixou tudo igual no Marizão. Após o primeiro gol, o Sousa voltou a ter a empolgação do primeiro tempo e, aos 29 minutos, marcou mais um. Manu foi o responsável pelo gol da virada sob o Periquito.


Durante o intervalo dos dois gols até o final da partida vieram as cenas lamentáveis que, para quem acompanha o futebol paraibano, infelizmente é algo normal e rotineiro. Até o final da partida, muita hostilidade por parte dos torcedores do Sousa para com a diretoria e comissão técnica do América. Após o primeiro gol marcado pelo América, os torcedores locais arremessaram garrafas e copos de refrigerantes e cervejas contra os profissionais do América. Agressões gratuitas que ampliaram após os dois gols dos donos da casa, com torcedores invadindo a parte reservada a diretoria e partindo para violência física.

Ao final do jogo, o camarote foi invadido e por pouco Roberto Zaidan - conselheiro do América e representante da FPF - que era o primeiro próximo a entrada, não foi violentado, isso graças a intervenção da Polícia Militar da Paraíba. Se a situação ficou tensa fora de campo, outro festival de barbaridades aconteceu dentro das quatro linhas e, de forma omissa, a arbitragem fez vista grossa. Cotoveladas e falta de fair play por parte dos donos da casa, sem contar que os gandulas da partida faziam questão de sumir com as bolas, a partir dos 30 minutos do tempo complementar. Todo este cenário tanto para o quarto árbitro Emanuel Diniz de Araujo quanto para o delegado Severino Jose de Lemos, ambos da Paraíba, não houve nada de anormal no Marizão, conforme súmula da partida disponível no site da CBF.

Parte da sumula de Sousa-PB 2x1 America: agressões verbais (quase) física foram normais.


Enfim, o resultado só não foi pior porque incrivelmente o Galícia - lanterna do Grupo A7 - venceu por 1x0 aos 47 minutos do segundo tempo o Globo. Com os resultado do fim de semana, o Sousa foi a nove pontos e está agora na segunda colocação no grupo A7. Já o América-PE, com sete pontos, ocupa o terceiro lugar e está fora da zona de classificação. Com a derrota, o Globo permanece líder do grupo, com 10 pontos, mas não garantiu classificação e precisa vencer o Sousa na próxima partida para garantir a classificação e liderança do grupo. Já o América pra garantir a classificação precisa vencer Galícia, em Paulista. Ambas as partidas serão domingo, às 18h.

FICHA TÉCNICA: Sousa 2x1 América-PE

ARBITRAGEM: Eduardo de Santana Nunes (SE); Wendel Augusto Lino de Jesus Melo (SE) e Thiago Emanuel Reis de Albuquerque (SE)

SOUSA-PB: Júnior Conceição, Eduardo Recife, Alenilson, Gilmar e Camilo; Peu, Danilo (Josivan), Manu e Tarcísio; Rafhael Freitas (Lukinhas) e Rodrigo Poti (Luiz Paulo). Técnico: Tazinho.
AMÉRICA-PE: Geaze, Glauber, Rafael, Márcio (Dentinho) e Danilo Quipapá; Janderson, Leo Henrique, Messinho e Fernandinho; Jackson e Branquinho (Iranilson). Técnico: Paulo Júnior.

GOLS:  Sousa: Rodrigo Poti (24’\2º T) e Manu (29’\2º T) | América: Danilo Quipapá (22’\1º T)

AMARELO: Peu  (Sousa); Fernandinho, Messinho, Geaze e Jackson (America)
PUBLICO: 2.029 pagantes | RENDA: R$ 20.600,00


Um comentário:

  1. SAUDAÇOES ALVIVERDE
    O ESUEMA TATICO DO AMERICA FECHA SUA LINHA DE QUADRO E PARTIR COM A BOLA DOMINADA EM VELOCIDADE PARA A PARTIDA CONRA O GALICIA E NECESSARIO UMA VARIAÇOES TATICAS NO DECORRE DA PARTIDA NAO SE ENGANE VAI UMA DAS MELHORES PARTIDA QUE O AMERICA CHEIA DE TRADICAO E RIVALIDADE EDELSON EDUARDO

    ResponderExcluir