sexta-feira, 11 de agosto de 2017

América enfrenta Sport pelo Sub20


O jogo foi transferido da Ilha do Retiro para o estádio Ewerson Simões, em Chã Grande. O América luta pela primeira colocação e para manter sua invencibilidade no grupo B. 

Até agora o América está na segunda posição com o mesmo número de pontos que o Central, mas o clube esmeraldino marcou menos gols e assim leva desvantagem no critério de desempate. O time alviverde estreou com vitória em cima do Santa Cruz e foi até Caruaru e voltou com um empate sem gols diante do Central. O Sport por sua vez é o terceiro colocado com 1 ponto ganho, mas com um jogo a menos que o América.

A partida está marcada para as 15:00hs deste sábado (12/08/2017) no estádio Ewerson Simões, o Barbozão, em Chã Grande .

domingo, 30 de julho de 2017

Escolinha de Futebol: venha ser atleta do Campeão do Centenário

Teremos nesta terça-feira, dia 01 de agosto, a abertura de vagas para a "Escolinha de Futebol" , um projeto destinado a jovens dos 7 a 17 anos que estejam interessados em praticar futebol e jogar no AMÉRICA FUTEBOL CLUBE .

Os interessados deverão ir até a Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco (UPE) , em Santo Amaro levando cópias de documento de identificação, comprovante de residência, declaração de matricula escolar, atestado médico para atividades físicas  e 1 foto 3x4 recente .
No ato da inscrição o menor deverá ser acompanhado por responsável, que assinará ficha de inscrição e deixará cópia da identidade e telefone de contato.

As inscrições vão acontecer nas terças e quintas-feiras, sempre nos horários  das 8:30 as 11:30 (parte da manhã) e das 14:30 as 16:00 horas (tarde). A coordenação do Projeto está sob a tutela do Prof. Aldemir Teles e os trabalhos de campo a cargo da equipe do Prof. Fernando Galvão que será responsável pela inscrição dos interessados.

O projeto faz parte de uma parceria que está sendo constituída pelo SPORTV, UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO (UPE), AMÉRICA FUTEBOL CLUBE e a DE PEITO ABERTO. Sendo possível graças a recursos obtidos através de LEI FEDERAL DE INCENTIVO AO ESPORTE.

Os participantes vão receber todo material necessário para prática esportiva, como calçados e fardamentos , de forma gratuita. Não existe cobrança de taxas ou mensalidades. As aulas vão ocorrer dentro da UPE, na escola Superior de Educação Física, que fica localizada em Santo Amaro.

O campo da UPE fica localizada "dentro " do Hospital Oswaldo Cruz !!



AMÉRICA ESTRÉIA COM VITÓRIA !!

Tivemos neste sábado a abertura do Campeonato Pernambucano Sub-20 de 2017, em Paulista,  o América recebeu a equipe do Santa Cruz  e venceu a partida por 1 x 0.


Foi uma partida foi bastante disputada,as duas equipes procuraram fazer um bom jogo e conseguir um resultado positivo. O time do América tentou impor um jogo mais consistente,não dando espaços ao Santa Cruz, que assim não teve muitas oportunidades.

 As chuvas que caíram nos últimos dias não foram determinantes para influenciar o resultado da partida, porém, o gramado pesado "segurou" as duas equipes. O gol da partida foi marcado por Rômulo Pompilio no segundo tempo aproveitando uma jogada rápida de Vandinho.

O estádio recebeu um bom público que festejou a vitória do clube alviverde na largada da competição. A próxima partida do América será realizada no dia 05 de agosto, próximo sábado em Caruaru, quando o América vai enfrentar o Central.
Falcão festejando a vitória




segunda-feira, 24 de julho de 2017

AMÉRICA SOCIAL !!


O América tem participado de reuniões com o objetivo de montar um projeto social em parcerias com duas outras instituições, sendo uma empresa de comunicação e uma universidade. O objetivo destas reuniões é montar um projeto de iniciação esportiva que ofereça ao jovem uma formação ampla, seja através de valores morais, educacionais e esportivos.
Neste caso vai ser oferecido ao jovem uma oportunidade de transformar a sua vida através do futebol, porém, ser esquecer da questão educacional e do desenvolvimento social do mesmo.

O América vai ceder o seu nome, profissionais e a chance de incluir os jovens nas suas equipes. A universidade vai ceder espaços, profissionais de diferentes áreas, laboratórios de pesquisas e professores que vão acompanhar o desenvolvimento dos jovens. A empresa de comunicação vai ser responsável pelo registro e financiamento do projeto.

O projeto é destinado a jovens de várias faixas etárias, principalmente para quem tem 13, 15 e até 17 anos. Para participar o mesmo deve estar matriculado em alguma escola, tem que trazer a declaração de matrícula , um atestado médico e foto 3x4 RECENTE.


EM BREVE NOVAS INFORMAÇÕES !!!


terça-feira, 18 de julho de 2017

JUNIORES

Passado a ressaca da Série D 2017 os olhos do América se voltam para as divisões de base, já que teremos a realização do Campeonato Pernambucano Sub 20 de 2017. Uma competição importante, já que veremos em ação possíveis promessas do futebol pernambucano.
O time alviverde segue trabalhando em Igarassu, no campo de Inhamã, sob o comando de Luciano Ribeiro há quase 3 meses. Alguns dos atletas do sub 20 estiveram integrados ao elenco profissional ao longo do ano , e outros já atuam juntos ha 2 anos.

Ao longo deste período de treinamento o time Sub 20 participou de alguns jogos treinos ou amistosos, que serviram para testar o time e mostrar ao treinador outros atletas. Luciano é um treinador que dispensa apresentações, muito conhecido no futebol pernambucano, seja como jogador ou treinador.Trabalhou em diversos clubes, seja no profissional ou nas divisões de base, foi ele que montou o time do América vice-campeão pernambucano de 2015, equipe que disputou e surpreendeu na Copa São Paulo.

Nesta quarta-feira a equipe sub 20 fará uma jogo-treino contra a seleção de Paulista e o time do Janga, o treinamento terá início as 9 horas da manhã no Ademir Cunha.

O Campeonato Sub 20 deverá iniciar no dia 29 de julho, no Ademir Cunha, onde o América vai receber o Santa Cruz.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

AMÉRICA 1X1 GUARANI DE JUAZEIRO/CE: O EMPATE DA DESPEDIDA

O América entrou em campo neste domingo contra o Guarani de Juazeiro do Norte/CE no Estádio Ademir Cunha em Paulista pensando na classificação à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. A situação esmeraldina era difícil, mas, não impossível. Além de vencer o time cearense, o América tinha que torcer para que houvesse vencedor no confronto Globo/RN x Parnahyba/PI e ainda superar o perdedor deste confronto no saldo de gols, portanto, seria necessário golear.
Equipes perfiladas para a execução do hino nacional
            O jogo começou às 18h sob a arbitragem de Leandro Cunha de Oliveira da federação de Tocantins e o Guarani, que precisava de um milagre para se classificar, deixou claro desde o início que jogaria sério. A primeira boa chance de gol do jogo foi rubro-negra aos 4 minutos e a bola passou por cima das traves do goleiro Rubens. Um minuto depois, o América deu a resposta através de um chute forte do meia Gláuber, mas, a bola passou à esquerda do goleiro do time sertanejo.
            Precisando do resultado, o time da Estrada do Arraial partiu para cima e aos 21 minutos, o colombiano Miguel Moreno cruzou pela direita e Flávio Caça-Rato, de carrinho, chegou atrasado perdendo um gol incrível. Aos 32 minutos foi a vez do meia Índio chutar com perigo à direita do goleiro leonino. Miguel Moreno cobrou falta aos 40 minutos e após rebote da defesa cearense, o lateral Joshua bateu por cima do gol. A insistência deu resultado aos 46 minutos, quando o meia Índio atacou pela esquerda e de longa distância acertou o canto superior esquerdo do goleiro adversário e abriu o marcador para o alviverde. América 1x0 Guarani.
América x Guarani de Juazeiro pela Série D 2017
            O segundo tempo começou com ambas as equipes acesas, mas, sem lances de exacerbado perigo de gol. Em Ceará-Mirim/RN, o Globo estava vencendo o Parnahyba por 2x0, o que levava o América a ter que fazer mais três gols para avançar. Aos 12 minutos, o colombiano Miguel Moreno saiu e deu lugar ao atleta Rômulo. O Guarani de Juazeiro melhorou na partida e aos 23 minutos, depois de uma falta bem cobrada, acertou a trave do goleiro americano, assustando a torcida alviverde. O treinador Emílio Cugnier optou por sacar o meia Thomas e colocar em campo o atleta Mateus. O Guarani jogava bem, porém, aos 36 minutos o lateral Joshua do América perdeu grande chance ao bater por cima das traves adversárias. As chances de classificação foram por água a baixo quando aos 38 minutos, o atleta Leílson marcou o gol de empate dos sertanejos. América 1x1 Guarani. Aos 41 minutos, o jogador alviverde Wallacy saiu para dar lugar ao meia Danyel. O último lance de gol do jogo saiu dos pés do jogador Tiago Bagagem, contudo, a pelota saiu à direita da meta.
Poderíamos ter ido mais longe
            O resultado eliminou o América da Série D, que terminou em 3° lugar no grupo com 7 pontos ganhos e à frente do Guarani de Juazeiro do Norte, que também deu adeus à competição. No geral, o América ficou em 46° lugar entre 68 participantes. Fica a ideia de que todos que fizeram parte desta campanha deram o seu máximo e que a desclassificação veio por detalhes que são inerentes ao jogo de futebol. Como verde é a cor da esperança, nasce agora a esperança de uma boa participação no Campeonato Pernambucano de 2018.

            O América teve a seguinte escalação: Rubens; Joshua, Algodão, Junior Gaúcho e Wallacy (Daniel); Gláuber, Thomas (Mateus), Índio e Tiago Bagagem; Flávio Caça-Rato e Miguel Moreno (Rômulo). Treinador: Emílio Cugnier.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

AMÉRICA SEGUE TRABALHANDO

Apesar da derrota do último domingo o elenco do América continua trabalhando para vencer o Guarani de Juazeiro no fechamento da 6 rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D 2017. O resultado adverso foi ruim para as pretensões do Alviverde que precisa vencer o Guarani e torcer por uma combinação de resultados.
Independente desta combinação o trabalho prosseguiu esta semana no Ademir Cunha, tanto o treinador como os atletas, só tem um pensamento, vencer o jogo de domingo.

De acordo com Emílio Cugnier, técnico do América, "devemos pensar positivamente, existe uma possibilidade e vamos lutar por ela. O time vai atacar o Guarani, respeitando o adversário, pois só interessa a vitória."

O time vai ter o retorno de Júnior Gaúcho e provavelmente de Wallace, na zaga e lateral esquerda. com a possibilidade de algumas mudanças na linha de frente.

A partida será realizada neste domingo as 18 horas, ingressos a 10 Reais ( Preço único).

A equipe de arbitragem já foi definida, teremos Leandro Cunha de Oliveira - TO como árbitro principal , seus auxiliares serão Ricardo Chianca, Fernando Júnior e Ricardo Jorge, todos de Pernambuco.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

AMÉRICA PERDE EM PARNAÍBA

O América entrou em campo com uma postura mais defensiva, dando espaço para o adversário objetivando sair no contra-ataque, uma proposta que sofreu um abalo logo no início do jogo quando o meia atacante Anderson Felipe teve que ser substituído por ter sentido uma contusão. 


De maneira em geral o primeiro tempo foi pouco produtivo a equipe local pressionava o time pernambucano, porém com pouca objetividade. O time alviverde se limitou mais a defender tendo poucas chances de chegar na frente do gol.

No segundo tempo a equipe do Parnaíba voltou melhor pressionando a saída de bola do Mequinha e não dando espaço. O primeiro gol surgiu aos 13 minutos com um chutaço de fora da área do camisa 11 Fabinho. O segundo gol, anotado por Tininho, foi conseguido pouco minutos depois. Com o placar adverso o time pernambucano procurou sair mais para o jogo, porém, não teve forças para reverter o placar.

O Parnahyba segue na liderança da chave com nove pontos, mesma pontuação do Globo, mas à frente por ter melhor saldo. O Tubarão encara o rival potiguar no domingo, na rodada de encerramento da primeira fase, às 18h, no estádio Barretão, em Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte.

O América enfrenta no próximo domingo a equipe do Guarani de Juazeiro tendo a obrigação de vencer a partida por uma boa margem de gols e torcer por um vencedor na partida entre Globo x Parnaíba.

CORTESIA DO ENVIADO ESPECIAL DO BLOG A PARNAÍBA

domingo, 18 de junho de 2017

MARATONA !!!

Resultado de imagem para logomarca da serie d 2017
Durante muitos anos acalentamos o sonho de ver o América disputando uma competição nacional, graças a Deus, isto aconteceu nos últimos 2 anos. Estamos disputando a Série D.
Participar desta competição é um verdadeiro teste de sobrevivência onde fatores fatores físicos, mentais e habilidades são testados até a exaustão.


A logística da competição não facilita a vida dos clubes,neste domingo o Alviverde joga na cidade de Parnayba, cidade que fica localizada a mais de 300 km da cidade de Teresina, capital do Piauí.

A CBF - Confederação Brasileira de Futebol oferece ao clube visitante 25 passagens aéreas , com as respectivas hospedagens, no caso 2 diárias de hotel. As passagens aéreas são cedidas pela empresa parceira da CBF, de acordo com a conveniência da mesma.

O América embarcou ontem as 6:05 do Aeroporto Guararapes com destino a Brasília, chegou por volta das 8 horas. Na capital federal a delegação pernambucana trocou de avião, desta vez com destino a Teresina.....a delegação chegou depois das 12.

O almoço foi uma alegria!!! tempo para esticar as pernas e exercitar a boca!! Porque viria ainda 5 horas de ônibus no trajeto Teresina-Parnaíba!!! O América chegou ao hotel as 19 horas !!!

O tempo para descasar vai ser determinante para uma boa partida, principalmente porque o treinador já colocou a necessidade de sair do estádio Pedro Alelaf com um resultado positivo.

O time já esta definido, com 2 alterações básicas, porém a escalação só será disponibilizada momentos antes da partida.
Para o duelo a CBF escalou o árbitro Rafael Martins Diniz, do Distrito Federal, que contará com o auxílio do maranhense Ivanildo Gonçalves da Silva e o piauiense Márcio Iglesias Araújo Silva. O quarto árbitro será  o também piauiense Djalma Alves de Lima Filho.


segunda-feira, 12 de junho de 2017

Todos em igualdade



Não foi desta vez que o America trouxe seus primeiros pontos fora de casa. E isso fez com que custasse a liderança do Grupo A6. Novamente diante do Globo, com o mesmo placar de 1x0, mas a favor do time de Ceará Mirim, o América terminou a quarta rodada na terceira colocação e com os mesmos seis pontos de todos do grupo. 

Lá no Barrettão, o time esmeraldino até que tentou e assustou os donos da casa logo na primeira jogada, aos dois minutos de jogo. O time bem postado pelo técnico Emilio Cugnier jogava pelas laterais do campo e buscava o gol através de cruzamentos ou pela bola parada nos pés de Tiago Bagagem, mas através de uma jogada de contra-ataque, o Periquito acabou sendo derrotado, com um gol que saiu aos 23 minutos da etapa inicial.

Nem a estreia de Caça Rato fez com que o América saísse do Rio Grande do Norte com a permanência da ponta da tabela. Buscando o gol a todo instante no primeiro tempo, o time esbarrava na marcação do Globo e, já por volta dos 34 minutos do segundo tempo, acabou por perder o zagueiro Junior Gaúcho, expulso com cartão vermelho direto e desfalcando o Campeão do Centenário na próxima partida, diante do Parnahyba. Com menos um em campo, nem a garra e a doação do time foi suficiente para arrancar o empate no Barrettão.

Com o resultado, o Mequinha caiu da liderança para a terceira colocação, isso porque o Parnahyba é o time com melhor ataque no grupo, com quatro gols marcados, seguido do Globo, com três tentos computados e que, embora o time Potiguar esteja na segunda colocação, se a primeira fase do certame terminasse hoje, estaria desclassificado, uma vez que não estaria entre os quinze melhores segundo colocados.

Contra o Parnahyba, o América entrará em campo com a missão de pontuar para continuar sonhando em avançar de fase.

FICHA TÉCNICA: Globo-RN 1×0 América
Estádio Manoel Dantas Barretto, Ceará Mirim-RN
ARBITRAGEM: José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho; Francisco Jailson Fernandes da Silva e Francisco de Assis da Hora; Zandick Gondim Alves Junior

GLOBO-RN: Rafael; Angelo (Cosme), Negreti, Jamerson e Pablo; Reinaldo, Tiago Lima, Erick e Renato; Glaucio (Dênis) e Romarinho (Eduardo) | Técnico: Luiz Junior
AMÉRICA-PE: Rubens; Jô, Algodão, Junior Gaúcho e Wallacy; Pink, Tiago Bagagem, Anderson Felipe (Rômulo Peretta) e Gláuber; Thomas (Igor Coutinho) e Mateus Costa (Flávio Caça Rato) | Técnico: Emilio Cugnier

Cartões Amarelos: Ângelo, Tiago Lima, Rafael, Dênis e Jamerson (Globo-RN); Wallacy e Anderson Felipe (América).
Cartão Vermelho: Junior Gaúcho (América).
Gol: Glaucio 23″1T

sábado, 10 de junho de 2017

Buscando os primeiros pontos fora do ninho

América e Globo iniciam os jogos de volta do Grupo A6 | Foto: Jefferson Maciel

A torcida americana está nas nuvens. Duas vitórias consecutivas, invencibilidade no Ademir Cunha, liderança no Grupo A6 e a contratação de Flávio Caça Rato. Fazia muito tempo que não vivíamos uma semana tão positiva como esta última. E seja na Estrada do Arraial, ou na Rua da Aurora (em Paulista), o sentimento é o mesmo, mesmo com as dificuldades que um time do porte do América faz para sobreviver.

É com esta euforia que o Campeão do Centenário encara novamente o Globo-RN, neste domingo (11), às 17h, no Barrettão. Será o começo dos jogos de volta na primeira fase da Série D e será neste clima de extrema positividade que o América irá tentar buscar seus primeiros pontos fora de casa. Na primeira rodada, ainda com o técnico Paulo Marcos no comando isso não aconteceu por um triz, com o Periquito desperdiçando uma penalidade. Sem o peso da estreia e com o plantel melhor entrosado, pontuar em Ceará Mirim pode se tornar uma realidade.

Com 100% da equipe à disposição do técnico Emílio Cugnier, o time viajou neste sábado pela manhã, rumo a Natal, onde o time realizará um apronto no CT do América de Natal. E conta também com a presença do atacante Flávio Caça Rato, que mal chegou e estará entre os 18 relacionados. Ou seja, o time vai para Ceará Mirim com 110%! 

Melhor momento não há e uma vitória pode colocar o América em condições favoráveis para ficar com um pé dentro da classificação para a segunda fase da Série D. Mais do que torcer, a gente aqui acredita.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Flávio Caça-Rato no América

Flávio Caça-Rato pode chegar à Estrada do Arraial ainda nesta sexta-feira. (Foto: Editoria de Arte GE)

O Blog do Mequinha tomou conhecimento que uma nova contratação está em vias de ser fechada ainda esta tarde para compor o elenco do América. O contratado é um velho conhecido da torcida pernambucana: Flávio Caça-Rato. Ainda não estão definidos os ajustes finais, mas tudo leva a crer que Caça-Rato pode se apresentar ao treinador Emílio Cugnier na manhã desta sexta-feira. 

Flávio Caça-Rato estava no Tupi-MG onde disputou 10 jogos e marcou quatro gols. Se sua contratação for ratificada ainda hoje, Caça-Rato pode integrar o ataque Esmeraldino nas próximas partidas. 

domingo, 4 de junho de 2017

Vitória e liderança



Não poderia terminar melhor a rodada para o América. Após um jogo truncado, com muita movimentação e briga pela bola, mas poucas chances reais de gol, o América venceu o Globo por 1 a 0 e subiu na classificação.

O jogo foi pegado: muita marcação, muita briga e muito estudo por parte das duas equipes. Apenas por volta dos quinze minutos da primeira etapa  é que ambos os times se abriram mais em busca do primeiro gol. Mas mesmo com toda a movimentação, poucas chances reais criadas. O Globo chegou com mais clareza em uma jogada pelo setor esquerdo da defesa americana, quase chegando ao gol depois de uma bobeira da zaga que parou pedindo impedimento. O América teve sua chance mais clara numa cabeçada de Júnior Gaúcho que passou por cima da trave.

Só no segundo tempo as equipes se tornaram mais incisivas. O Globo chegou através de duas bolas paradas com muito perigo ao gol de Rubens, que em uma das jogadas intercedeu para evitar o gol e Pink completou para afastar o perigo. O América passou a investir através de Rômulo Perreta que fez a finalização mais perigosa pelo lado do Mequinha. Mas foi por volta dos 30 minutos que o América abriu o marcador. Tiago Bagagem cobrou de forma espetacular uma falta pelo lado direito que explodiu no travessão e Rômulo Perreta aproveitou o rebote marcando o gol da vitória.

O América teve mais posse de bola, mas criou pouco dessa vez. Faltou o último passe ou melhores conclusões, mesmo com o meio criando boas situações para os atacantes, principalmente pela direita. Um jogo truncado só poderia ser decidido com uma bola parada. Foi o que aconteceu graças a bela cobrança de Tiago Bagagem.

A vitória veio e a ratificação do primeiro lugar no grupo. O América possui os mesmos seis pontos, duas vitórias e dois gols marcados que o Guarani de Juazeiro, mas leva vantagem por ter tomado menos gols. Agora é pensar no próximo desafio para tentar arrancar um novo resultado positivo.

sábado, 3 de junho de 2017



O América entra em campo neste domingo com o objetivo de conseguir mais uma vitória e caminhar forte rumo à classificação. Uma resultado positivo pode dar a liderança ao time Alviverde.

Mas o embate será difícil. O nosso adversário já é conhecido da torcida Esmeraldina. Ano passado, pelo campeonato nacional, enfrentamos o Globo-RN em duas partidas que resultaram em um empate (fora de casa) e uma derrota Alviverde (no Ademir Cunha). O time do Rio Grande do Norte é o atual vice-campeão estadual e possui os mesmos três pontos do América. Que o adversário é forte e o jogo de amanhã é um desafio dos grandes não é mistério nenhum.

Também não é mistério que o América trabalhou essa semana para resolver seus problemas internos. O clima entre os jogadores melhorou depois de um começo de semana turbulento, mesmo com a vitória heroica da semana passada. Salários foram acertados e o elenco está motivado. Motivado e sem problemas para entrar em campo: Emílio Cugnier tem todos os jogadores à disposição e força total para a partida. Pink, que fez um excelente jogo no último domingo e saiu por sentir dores musculares, está em condições de atuar e Índio pode voltar ao ataque.

Depois do último jogo, o que era desconfiança se transformou em esperança. O time jogou muito bem, demonstrando segurança e equilíbrio tático; quando precisou jogar com a emoção assim o fez e lutou até conseguir o gol da vitória. A química entre a torcida e o time dentro de campo foi mágica e superou até a arbitragem patética e escandalosa que quase jogou por terra a chance da briga por uma vaga na segunda fase. 

Agora a gente espera que essa história se repita com menos percalços. O time já mostrou que tem condições para isso; a torcida mostrou que vai ajudar. Agora é esperar o melhor, pois nossa torcida veste o verde da esperança!

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Enfim a vitória


A primeira partida do Mequinha em casa nesta Série D, um jogo que poderá ser o divisor de águas da equipe na última divisão nacional do futebol brasileiro e se no Campeonato Pernambucano deste ano faltou qualidade técnica agora pelo visto esse problema parece sanado. No último domingo na cidade do Paulista, o América soube se impor diante do Parnahyba-PI do técnico Wladimir de Jesus, vice-campeão cearense de 2017 comandando o Ferroviário-CE, e saiu com a vitória por 1 x 0.

O confronto entre esmeraldinos e azulinos foi de grandes emoções tanto pelo lado do reencontro com a torcida em seus domínios quanto pelo nível apático e quase desastroso do quadro de arbitragem formado pelo arbitro baiano Ricarle Gustavo Gonçalves, os assistentes pernambucanos Fabrício Leite Sales, Charles Rosas Pires e o quarto arbitro Tiago Nascimento dos Santos, revelando como o futebol brasileiro ainda está carente por profissionais qualificados para assumir tamanha responsabilidade que é conduzir uma partida de futebol. Mas, superando as adversidades dentro e fora das quatros linhas o Glorioso Alviverde da Estrada do Arraial soube impor o ritmo de jogo durante boa parte da disputa.

Durante o primeiro tempo as esquipes pareciam buscar a melhor adaptação ao gramado do estádio Ademir Cunha, apesar de não estar em perfeitas condições ainda assim segue melhor que muitas praças esportivas presentes na competição, e com isso o América soube aproveitar o maior tempo que teve no reconhecimento do gramado ao longo da semana de treinamento. O clube recifense produziu boas oportunidades num padrão de jogo bem armado pelo técnico estreante Emílio Cugnier e naturalmente o gol veio por aquilo que era apresentado, entretanto, devido a má qualidade dos árbitros anularam o gol de maneira errônea para a revolta de todos presentes.

Já na segunda etapa a equipe visitante começou arriscar mais, chegando com frequência ao ataque e o mandantes sentiram isso, recuaram deixando o Parnahyba a vontade dentro de campo. A aflição pelo revés fazia-se presente devido esse recuo que o América deu devido a pressão piauiense, cada vez mais forte, provocando momentos de tensão e novamente pela interferência da arbitragem que anulou seguidamente outros dois gols até que Thomas balança a rede adversária aos 43 minutos do segundo tempo para alivio da animada torcida americana.

Em resumo, com ar de confronto épico, debaixo das fortes chuvas que vem castigando nesses últimos dias a região metropolitana do Recife o eterno Campeão do Centenário mostra forças para seguir forte na Série D, demonstrou ser uma equipe arrumada tecnicamente e que consegue manter a calma apesar das adversidades e isso é fundamental para quem busca alcançar objetivos maiores no torneio. Por hora no grupo A6 segue embolado, todos possuem a mesma quantidade de pontos, poe isso é necessário o apoio da torcida no próximo domingo quando o América recebe novamente em casa, às 16h, o Globo FC do Rio Grande do Norte.


FICHA TÉCNICA: América 1x0 Parnahyba-PI
ESTÁDIO ADEMIR CUNHA | Paulista, PE | 28 de Maio | 16H
ARBITRAGEM: Ricarle Gustavo (BA); Fabrício Leite (PE) e Charles Rosas (PE); Tiago Nascimento (PE)

AMÉRICA: Rubens; Jô, Algodão, Junior Gaucho e Wallacy; Pink (Igor Coutinho, Mateus Costa, Tiago Bagagem e Anderson Felipe (Glauber); Thomas e Rômulo Peretta (Caio Lucas) | Técnico: Emilio Gugnier
PARNAHYBA-PI: Alex; Tiago (Denis), Lucas, Renan e Sinderval; Ramon, Janio (Raphael), Luciano e Mimi (Fabinho); Daivison e Vitinho | Técnico: Vladimir Viana

CARTÕES AMARELOS: Tiago Bagagem, Wallacy, Anderson Felipe, Junior Gaucho e Livinho (America)
GOLS: Thomas 44"2T

sábado, 27 de maio de 2017

Agora é em casa



Depois de uma estreia marcada por uma boa apresentação mas uma derrota frustrante, o América vai fazer sua primeira apresentação em casa nessa edição do campeonato nacional da Série D. 

O América vai receber nesse domingo às 16:00 hs o time do Parnahyba. Primeiro colocado no grupo, a equipe piauiense venceu com relativa facilidade seu primeiro jogo em casa. Time consistente e um dos favoritos para se classificar no grupo A6, tem uma série de vantagens, e uma delas é o equilíbrio dentro e fora de campo.

Fora de campo parecem estar os maiores problemas do América. Com dificuldades administrativas, o América viu seu promissor treinador entregar o cargo no meio da semana. Quem assumiu o desafio de conduzir o América até a classificação foi Emílio Cugnier. E o novo treinador Americano já se deparou com problemas para a partida deste domingo. Índio é desfalque quase certo. O atacante Esmeraldino sentiu dores musculares e provavelmente não irá se recuperar em tempo para o jogo. O goleiro Rubens é outra dúvida e em seu lugar poderá assumir Ruan, caso seja necessário.

A torcida Americana tem expectativas para este jogo, e com razão. Mesmo diante de um adversário forte pode se esperar um rendimento bom do elenco. Na primeira partida, o América apresentou maior volume de jogo e muita consistência mesmo enfrentando um dos melhores times cearenses.

Agora, quem sabe? Esperamos que os problemas fora de campo possam ser superados para dar alegria aos torcedores dentro de campo.

Alviverdes, esse domingo quem torce pelo América sabe onde deve estar e o que deve fazer.

******************
América x Parnahyba
Ademir Cunha, Paulista, PE
16:00 hs
Ingresso: R$ 10,00 (inteira)


segunda-feira, 22 de maio de 2017

Faltou o gol


Pênalti perdido e chances desperdiçadas deixaram o América sem pontos na estreia | Foto: Fabiano Rodrigues

Estreia realizada na Série D. E se na vida devemos sempre analisar os dois lados da moeda, com toda certeza isso pode ser utilizada na partida de estreia do Periquito no Brasileirão. Na distante Iguatu o time comandado pelo técnico Paulo Marcos foi inteligente e por muitas vezes ousado, contudo, em um único no final do primeiro tempo deu os números finais da partida. E neste lance, a derrota do Campeão do Centenário.

Durante parte do primeiro tempo o América soube se retrancar sem esquecer de buscar o ataque. De forma compacta, o time soube parar o ataque dos "donos da casa", colando o Gurani de Juazeiro na dificuldade de trocar passes e criar jogadas. E o resultado não seria injusto se terminasse em um empate sem gols no primeiro tempo, contudo, na única boa oportunidade que tiveram o Leão do Mercado soube aproveitar. Em um vacilo da zaga esmeraldina, o meia Leílson do Guarani recebeu livre de marcação e aplicou um chute contra a meta alviverde, sem chances para o goleiro Rubens. E assim terminou o primeiro tempo.

Na segunda etapa de jogo, o Mequinha veio com uma proposta completamente diferente do primeiro tempo. E durante boa parte do tempo complementar, o América soube pressionar o Guarani. Mas faltou pontaria e calma de nossos atacantes, tanto na bola em jogo, quanto na hora de cobrar o pênalti, marcado aos 22 minutos pelo árbitro paraibano. Além do penalti, foram pelo menos três chances claras de gol ao longo dos 45 minutos da etapa final. Em suma, a falta de pontaria fez com que o nosso alviverde saísse zerado desse domingo.

Voltando ao primeiro parágrafo com os lados da moeda: apesar da derrota, fica a esperança de que o time com uma semana de trabalho possa corrigir os erros da estréia. Independentemente do resultado negativo, não podemos negar que entrega e vontade de vencer não faltou ao Campeão do Centenário, contudo, fica aqui a preocupação. Em uma primeira fase de tiro curto e com um grupo tão qualificado quanto o nosso, perder pontos agora pode acabar fazendo falta lá no final.

FICHA TÉCNICA: Guarani 1x0 América
Estádio Morenão - Iguatu (CE) | 21/05/2017 | 16h
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB); Jailson Albano da Silva (CE) e Ramon Lima Machado (CE)

GUARANI: Léo; Calcinha, Regineldo, Luís Gustavo e Mattheus;  Carlos André, Rafael (Ítalo Nascimento), Elry e Leílson;  Ítalo Raphael (Osmar) e Emerson (Kelvin) | Técnico: Washington Luiz
AMÉRICA: Rubens; Joshua, Algodão, Júnior Gaúcho e Wallacy; Pink (Glauber), Mateus Costa (Thomas), Anderson Felipe e Tiago Bagagem; Jonatas Rei (Caio) e Índio | Técnico: Paulo Marcos

GOL:  Leílson 45"1T

domingo, 21 de maio de 2017

O sonho da Série C começa agora



Finalmente a estreia da Serie D está prestes de acontecer. Diante do Guarani de Juazeiro, o America fará a sua partida de estreia no Brasileirão. Assim como na temporada passada, fazendo o América começa sua jornada na série D longe de sua torcida e em estádio neutro, na pacata cidade de Iguatu, no sertão cearense, a pouco mais de 100 km da terra do Padre Cícero.

E diferentemente do ano passado, o adversário sem sombras de dúvidas é bem mais qualificado. Quem acompanha o futebol nordestino, já observa que o grupo A6 é de longe o mais complicado da região. O Guarani, por exemplo, vem de uma belíssima companha em seu estadual, caindo apenas na semifinal do Campeonato Cearense. O time do Leão do Mercado é praticamente o mesmo, com apenas uma ou duas peças modificadas após o fim do certame do Ceará. Já o Parnahyba vem de um recente vice-campeonato no Piauí, assim como o Globo, que é o atual vice-campeão do Rio Grande do Norte. E apesar de rivais com alto nível técnico, a gente tem sim a esperança que o América surpreenda.

Treinando há quase um mês e com o time todo reformulado, o Campeão do Centenário seguiu para o sertão pernambucano na noite da sexta-feira com dezoito atletas em sua delegação. Sem lesionados, as únicas baixas sentidas no elenco foram do volante Danyel, que pediu afastamento por questões particulares e do atacante colombiano Miguel Moreno, que ainda não teve sua transferência concluída antes da estreia. Mesmo assim, o time pode surpreender, principalmente agora que os donos da casa terão como ponto negativo fazer sua estréia longe de sua torcida. 

Se é pra ter esperança, esperança é o que não falta no coração do torcedor americano. A caminhada rumo a Série C está só começando.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Conheça um pouco mais de Miguel Moreno



Miguel Moreno é um atacante colombiano trazido para o América como uma das esperanças de velocidade e boa finalização. O jogador é uma aposta da diretoria devido ao talento demonstrado em outros clubes. O Blog do Mequinha gastou o pouco do portunhol que tinha para tentar trazer mais algumas informações do jogador. Embora Miguel seja um meio campista mais avançado, ele vem sendo aproveitado no elenco como um dos atacantes de velocidade. O jogador destaca que essa é sua principal característica.


terça-feira, 16 de maio de 2017

Júnior Gaúcho fala com o Blog do Mequinha



Júnior Gaúcho é um dos profissionais com maior experiência que chegaram para agregar e tranquilizar a jovem equipe que vem sendo formada para a disputa da série D. Ele nos fala com muita clareza e honestidade como sua experiência em competições difíceis pode ajudar a equipe no campeonato nacional.



Pink é experiência em pouca idade



Embora jovem, Pink é pura experiência. Ele fala dos clubes por onde já passou desde sua formação de base e mostra como isso pode trazer ajuda ao América na luta pelo acesso à série C nacional. O jogador ressalta a importância de Paulo Marcos e do impacto da sua chegada para o elenco. Pink chama a torcida pra jogar junto na série D.


Algodão é pau pra toda obra



Algodão dispensa comentários pela sua história no América. Esteve no clube em momentos muito bons e ruins e sempre se dedicou com muita vontade ao elenco. Agora para a série D pretende fazer as partidas regulares que fez no campeonato pernambucano trazendo mais equilíbrio ao sistema defensivo. Sua fala remete às dificuldades e como pretende ajudar mesmo deslocado de sua posição natural no meio campo.


segunda-feira, 15 de maio de 2017

Índio é esperança de gols



A entrevista desta postagem é com Índio. Sua passagem no América foi iniciada próximo do fim da competição estadual em um momento crítico em que estava apostado o futuro do time em algumas partidas decisivas. Índio contribuiu com gols importantes e com uma personalidade forte compartilhada com um dos elencos mais comprometidos da história do América. Ele fala sobre isso e sobre o trabalho para a série D nessa curta entrevista.

Danyel não esconde jogo



Danyel escreveu seu nome na história do América ao ter marcado o gol que encerrou um jejum histórico de vitórias na Ilha do Retiro contra o Sport Recife. O jogador sempre muito consciente e sincero nas suas declarações nos fala das dificuldades encontradas na preparação e da expectativa para a competição nacional de 2017. Ele também fala como foi o momento da campanha histórica no pernambucano de 2016.


domingo, 14 de maio de 2017

Entrevista com o treinador Paulo Marcos



Ao longo da semana o Blog do Mequinha vai apresentar uma série de entrevistas com os profissionais que vão enfrentar o desafio da Série D, a partir do próximo dia 22.

A primeira entrevista a ser apresentada é com o treinador Paulo Marcos. Ele contou à equipe como foi sua trajetória no futebol, sua ligação com Pernambuco e por que estava afastado de treinar equipes nos últimos anos. O treinador também fez suas considerações sobre o que espera do elenco e da relação com a torcida Americana.


segunda-feira, 17 de abril de 2017

E o América não ganha nada com isso

Elenílson à esquerda, no América
Temos que reconhecer que depois de longos anos o América conseguiu emplacar alguns jogadores no exterior. Ao menos para teste. Estão em Portugal os velhos conhecidos da torcida Esmeraldina que prestaram serviços relevantes para o time nas últimas temporadas: Dentinho, Jackson e Yuri.

Mas essa semana apuramos que um outro jogador está envolvido em transação internacional lucrativa. Mas o América não vai ganhar nada com isso. 

Elenílson no Grêmio, onde se destacou
O jovem Elenílson, que defende o Grêmio de Porto Alegre desde o ano passado está em vias de ser negociado com um time da Europa. A torcida Americana fica feliz pelo jogador e é mais um exemplo de que vestir a camisa Alviverde pode ser uma boa oportunidade para os garotos.

Mas existe uma parte da história que nos deixa tristes. Elenílson esteve presente na campanha do sub-20 em 2015, que nos levou ao vice campeonato. Ele jogou 11 das 18 partidas disputadas pelo clube no certame. Ele também foi à Copa São Paulo no começo de 2016, onde atuou em todas as partidas do clube na competição. Nessa ocasião a atuação de Elenílson despertou a atenção do clube de Porto Alegre.

O problema é que o América não vai ganhar nada com isso. Pela lei o América poderia se beneficiar em alguma coisa com a transação, mas o clube abriu mão do jogador e desta forma perdeu seus direitos!

Lamentável, não apenas pela questão financeira, mas pelo simbolismo da formação e revelação de atletas. Algo que gerou muitos conflitos nos últimos anos e até prejudicou o trabalho do clube.

Lamentável.

sábado, 15 de abril de 2017

História que desperta dúvidas

Richar Vilar. Foto: Diego Salgado/UOL Esportes
Nos últimos dois dias o América foi coadjuvante de uma história que desperta suspeitas muito sérias de situações bem conhecidas do mundo do futebol.

Um jovem aspirante a goleiro, boliviano, chamado Richar Vela, foi assediado por um agente de futebol com a promessa de jogar no Corinthians. Se mal entendido ninguém pode dizer, mas o fato é que o jovem boliviano criou a expectativa de passar pelo famoso time alvinegro e acabou mesmo foi treinando no Corinthians de Presidente Prudente. O agente, chamado Wellington mas também conhecido como "Renato", cobrou cerca de R$ 12 mil reais à família de Richar e trouxe o jovem goleiro para o interior de São Paulo. A notícia foi divulgada ontem e ganhou repercussão. O mais curioso é que o final da história envolvia o América. Wellington afirmou que o jogador e sua mãe estavam viajando para Recife a fim de integrar o time Esmeraldino!

Ontem, contactamos a direção Alviverde que não tinha notícia do caso e nem confirmava qualquer acerto.

Mas hoje pela manhã tivemos notícia de que o senhor Wellington havia feito um acordo com Sílvio Nascimento. O agente devolveu o dinheiro à família do jogador, e o América se comprometeu em ajudar Richar a obter seus documentos e ainda passar por uma fase de teste essa semana no clube, que está em fase de preparação e formação para a disputa da série D. Richar já está na concentração Alviverde em Olinda junto com sua mãe. Segundo o próprio Sílvio, o agente pediu um favor e em retribuição foi pedido a devolução do dinheiro à família.

Em primeiro lugar, Richar ganhou mais um fôlego de esperança. Ao menos vai tentar organizar sua situação no Brasil e ainda terá uma chance de provar que tem talento e pode se profissionalizar. Mas o melhor, a situação dele foi divulgada e o esmero do jornalista que divulgou essa história diminuiu o risco de um prejuízo maior para o jogador e sua família.

Por fim, mais uma vez o América é envolvido em uma história tenebrosa de transações suspeitas. A mais notória foi descoberta pelo Blog do Mequinha, que noticiava uma parceria com o Sporting de Portugal em 2011 até receber denúncias que foram repassadas para as diretorias de ambos clubes. É bom que os Americanos fiquem de olho com essas histórias que só envolvem pessoas com intuitos muito duvidosos e que usam as expectativas das pessoas para se dar bem.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

AMERICA'S OLD PLAYERS: O ATACANTE CHINA

A seção America’s Old Players está de volta e desta vez vamos falar sobre um atacante que vestiu a camisa do América do Recife nos anos 1960. Nascia na cidade de Goiana na Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco em 1 de setembro de 1941 o atacante Edson Fernandes Almeida, mais conhecido pelo nome de China.
         China começou sua carreira profissional no Náutico no ano de 1959 e foi destaque na campanha que levou o clube alvirrubro à conquista do Campeonato Pernambucano de 1960, no qual venceu o Santa Cruz por 1x0 e 2x1 nas finais. Adquirido pelo Palmeiras, China disputou por esta equipe o Campeonato Paulista de 1961, vindo a se sagrar vice-campeão após perder o título para o Santos.
Náutico campeão de 1960. China é o quarto agachado.
         No ano de 1962, China foi contratado pelo Botafogo de Ribeirão Preto/SP, clube pelo qual disputou o Paulistão daquele ano, terminando em um honroso sexto lugar, atrás apenas dos “Quatro Grandes” e da Portuguesa.
        De volta ao Náutico, China conquistou os títulos de campeão pernambucano pelo clube de Rosa e Silva em 1963 (artilheiro do campeonato com 18 gols), 1964 e 1965, os primeiro da sequência do hexacampeonato. Ainda em 1965, China foi contratado pelo América do Rio de Janeiro, que fez um ruim Campeonato Carioca, pois, ficou em penúltimo lugar, a frente apenas da Portuguesa da Ilha do Governador.
China (o terceiro agachado) campeão no Náutico em 1963
         Em 1966, China retornou ao Náutico para ajudar o clube a conquistar mais um título da sequência do hexacampeonato. O Esporte Clube Bahia foi a casa do atacante China de 1967 a 1968 e com a camisa do tricolor baiano, conquistou o titulo de campeão estadual de 1967, marcando o gol do título após a vitória por 1x0 em cima do Galícia.
China, campeão com o Bahia, em 1967
         China em 1969 estava mais uma vez em Pernambuco, mas desta vez para defender as cores do América do Recife. No clube esmeraldino, China terminou o campeonato em quinto lugar com 10 vitórias, três empates e 11 derrotas em 24 jogos. O Vitória da Bahia chamou China em 1970 para a disputa do Campeonato Baiano, que terminou coroando o Bahia como campeão.
         Em 1971 e 1972, China vestiu a camisa do São Domingos de Maceió, time no qual recebeu por parte da Revista Placar e da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas o prêmio de melhor jogador do Campeonato Alagoano de 1971 após terminá-lo como artilheiro com 16 gols marcados. O São Domingos de forma brilhante venceu o primeiro turno do Campeonato Alagoano após bater o CRB por 2x1, mas sucumbiu à camisa do CRB e do CSA no supercampeonato. Em 1972 o São Domingos venceu o terceiro turno, mas, novamente decepcionou nas finais. Em 1973, China revezou o cargo de treinador e jogador do São Domingos, que terminou o campeonato em terceiro lugar.
China (o segundo agachado) no São Domingos de Maceió

         Edson Fernandes Almeida, o China, faleceu em 2013 deixando saudades a inúmeros desportistas independentemente das cores defendidas.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

O América segue anunciando contratações

No dia de seu aniversário o América anunciou mais uma contratação para a disputa da série D.


O atleta contratado é Caio Silva, que foi um dos destaques do São Carlos pela Copa São Paulo esse ano, ajudando o time a chegar até às quartas de final. Caio Silva tem dezenove anos e chamou a atenção do diretor Sílvio Nascimento pelas características modernas de um atacante que possui. A versatilidade do jogador pode ser uma ferramenta na composição do time que está sendo montado.

A diretoria de futebol do América ainda pretende fazer mais algumas contratações e para isto está de olho em diversas competições pelo Brasil. Em breve, também haverá o anúncio do treinador, que no momento está participando de outra competição e deve assumir os trabalhos assim que estiver livre dos seus atuais compromissos.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Nosso ano 103



O que nos aguarda no nosso 103º aniversário?

O ano de 2017 começou com muitas dificuldades. Nada muito diferente do que estamos acostumados a passar. Mas esse ano ele se revestiu de momentos dramáticos. Desde o ano passado aquela estrutura que estávamos acostumados a ver foi se acabando. Reflexo de diversas conjunturas. Agora em 2017 o resultado foi não avançarmos para a fase final do PE 2016. Embora também não tenhamos conseguido em outras edições, mas em 2017 a situação foi especial. Ao final da competição o clube já se encontrava em uma profunda crise financeira. Aos jogadores e diretoria devemos até uma salva de palmas pelo esforço e compreensão da situação. Eles não se abdicaram do compromisso com a história Alviverde e evitaram o pior, que seria o rebaixamento.

Mas há esperança e melhores cenários nos aguardando.

Desde o fim do campeonato pernambucano a nova diretoria de futebol do América tem feito contratações para a disputa da série D. O time vem se renovando completamente e investindo em jovens revelações. Muitos com idade para disputar o sub20 e que deverão figurar na campanha do campeonato estadual da categoria esse ano. Esse trabalho aumenta as esperanças para o nosso ano 103 e o nosso futuro.

Mas ainda pairam muitas dúvidas sobre os corações Alviverdes. O que vai acontecer nos próximos meses? Será que essa situação de dificuldades poderá ser superada com a retomada das relações políticas dentro do clube?

Essas dúvidas só serão esclarecidas após muito empenho e dedicação dos Americanos. Por ora, temos que comemorar por sobrevivermos a 103 anos, atravessando todas as dificuldades naturais e impostas e que chegamos vivos e fortes caminhando para mais 103 anos de existência. Vamos comemorar com o América dentro de campo pela série D e jogando as suas fichas no futuro pelo pernambucano sub20.

Americanos, estamos vivos e com muita vontade de continuar vivendo. 

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Trabalho pesado para a série D

Novas contratações Esmeraldinas
A série D já está chegando e essa semana acabaram as férias no América. O clube retomou os treinos e avaliações físicas  anunciando novas contratações.

Pablo Zambrana
Quatro contratações foram anunciadas oficialmente pelo América desde ontem. Dois atacantes, um volante e um goleiro para reforçar o time que vai entrar em campo em maio. O primeiro veio de longe, Pablo Zambrana é uma jovem esperança que veio integrar o trabalho de base do time Alviverde. Mas a confiança da diretoria é grande e o jogador já será lançado na série D. 

De mais perto vieram o volante Diego Silva e o goleiro Jhones. Ambos com passagem pelo futebol cearense e inclusive foram colegas de clube no Tiradentes. Diego Silva tem 23 anos é jovem mas é uma aposta, principalmente, na bola parada. Já Jhones tem mais bagagem e pretende emprestar sua experiência para deixar a meta Alviverde ainda mais segura. A última contratação foi de Rômulo Peretta. Jovem atacante de 20 anos que foi revelado nas bases do futebol paulista e teve experiência nos EUA. 

É bom ver a diretoria Alviverde se movimentando para compor o time que vai disputar a série D. Quem sejam bem vindos e sintam-se em casa. Mas a torcida espera mesmo é que se destaquem e nos represente bem nesse campeonato.

terça-feira, 14 de março de 2017

Agora, a série D.



Depois de um longo recesso, voltamos ao trabalho no Blog do Mequinha.

Acabou o sofrimento do campeonato pernambucano; sobrevivemos de forma heroica. Mesmo com os percalços há muitos motivos para agradecer o esforço da direção e dos jogadores na luta pela permanência.

Só que agora o assunto é outro: saiu a tabela da série D.

O América está no grupo A6, junto com Globo, Guarani de Juazeiro e Parnahyba. Destes o América enfrentou apenas o Globo no ano passado pela segunda fase. Confronto marcado por duas derrotas Alviverdes.

A primeira partida do América já está marcada para o dia 21 de maio, quando o Periquito vai até o Ceará enfrentar o Guarani. No entanto, por experiências passadas é óbvio que a data pode sofrer alguma alteração. Mas não se espera que isso aconteça.

As demais partidas Alviverde serão:
2ª rodada 28-05-2017 - América x Parnahyba
3ª rodada 04-06-2017 - América x Globo
4ª rodada 11-06-2017 - Globo x América
5ª rodada 18-06-2017 - Parnahyba x América
6ª rodada 25-06-2017 - América x Guarani

domingo, 19 de fevereiro de 2017

América líder!


Vitoria esmeraldina e tropeço dos sertanejos em seus domínios. A rodada não poderia ser melhor para o Campeão do Centenário, que subiu quatro posições na tabela, após vencer o Atlético Pernambucano por 3×1, na tarde deste domingo (19), no Estádio Paulo Petribu, em Carpina e assumiu a ponta do Hexagonal da Permanência do Campeonato Pernambucano. É verdade que o Periquito está dividindo a liderança com Flamengo e Vitória com os mesmos dez pontos, mas o resultado dá moral para o Alviverde que, mesmo sem o patrocínio e sem a ajuda do poder público, como acontece com a maioria dos clubes do interior, o América vem tentando nadar contra a maré e vem sobrevivendo a isso, quase que como um milagre.

A bola demorou um pouco pra rolar. Prevista para iniciar às 15 horas, a partida começou com 16 minutos de atraso, devido ao atraso da ambulância e da força policial. Mesmo jogando fora de casa, o América mostrou-se agressivo durante toda a partida em Carpina. E o placar só não foi aberto no primeiro tempo porque o Atlético contava com um tal de Juca inspirado debaixo das traves do Tatu Bola. Se a bola não balançou na etapa inicial, a culpa é do arqueiro atleticano.

Veio o segundo tempo de jogo e o América voltou a encurralar os donos da casa. Vindo de uma forte gripe, o meia Danyel deu espaço para Jonatas Rei logo no começo de etapa complementar. E o atacante esmeraldino entrou bem e buscando jogo, colocando Robinho na cara do gol para abrir o placar aos três minutos no segundo tempo. Vinte minutos depois foi a vez de Tiago Bagagem ampliar o placar, em jogada originada de um contra-ataque, onde a bola foi cruzada por Indio na ponta esquerda para finalização do camisa onze alviverde.

Com a vitória parcial, o time comandado pelo técnico Roberval Ramos deu aquela amolecida  na partida e, mesmo com a posse de bola, o Periquito parecia que pensava que a partida estava definida com o segundo tento marcado quase que na metade do segundo tempo. Lêdo engano, pois o Atlético aproveitou os espaços deixados pelo Alviverde da Estrada do Arraial e diminuiu o placar com Marlon, aos 35 minutos. O que parecia uma reação dos donos da casa foi sucumbida pelo América, logo na cobrança do centro de campo. Desligado no lance, o time atleticano vacilou e Índio fez o seu primeiro gol com a camisa alviverde, aos 37 minutos do segundo tempo.

Vitória esmeraldina e que combinada com os empates de Serra Talhada 1×1 Flamengo e Afogados 2×2 Vitoria a sexta rodada foi consolidada com America na liderança do Hexagonal da Permanência, com 10 pontos e o Atlético cada vez mais lanterna, com nove derrotas consecutivas. Na rodada seguinte, o America visita o Afogados da Ingazeira, na quarta-feira, às 15h, em partida válida pela sétima rodada.


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Em busca da "permanência" (e se deixarem, da Série D)



O Blog do Mequinha anda meio capenga e quase parando. Mas diferentemente deste espaço virtual, o América ainda não entrou de "férias prolongadas". Mesmo sem conquistar seu primeiro objetivo, que era participar novamente do Hexagonal do Título, o Campeão do Centenário está em plena temporada e segue lutando contra as adversidades que o combalido campeonato pernambucano impõe aos clubes menos favorecidos.

Disputando o Hexagonal do Rebaixamento desde o dia primeiro de fevereiro, o America entra neste novo campeonato buscando não ser rebaixado para a segunda divisão estadual e quem sabe, conquistar a terceira vaga que credencia a participar da Série D do Brasileirão, em 2018. E o começo não foi nada bom, estreando em casa com uma derrota por 2x1 contra o Serra Talhada. Resultado negativo que acabou fazendo com que Toninho Cobra (que chegou como uma especie de "salvador da pátria" para o mau trabalho de Zezinho Romário) entregasse o cargo. A solução foi caseira e dentro das realidade do America, convidando Roberval Ramos, para o comando técnico do Periquito.

Com pouco tempo para conhecer o elenco remanescente, Roberval conseguiu enfrentar o time do Vitória em pé de igualdade e por muito pouco não saiu de Vitoria de Santo Antão com três pontos na bagagem, empatando em 1x1 no Carneirão. O resultado deixou o Periquito na quarta colocação e, com mais um jogo fora de casa, diante do Flamengo de Arcoverde, a necessidade de vencer para não ficar em maus lençóis. Viajando 265 quilômetros longe da Estrada do Arraial, o adversário da vez foi o Flamengo de Arcoverde, com a dura missão de vencer sabendo que dificilmente não escaparia da zona da degola, pois na tarde o Afogados havia goleado por 5x1 o Atlético Pernambucano.

Com cautela, o America começou a partida em seu campo defensivo e explorando contra-ataques. E o resultado disso foi o Flamengo com maior posse de bola durante boa parte do primeiro tempo, mas sem criar grandes chances de abri o marcador, já que a defesa esmeraldina estava focada na missão "VACILO ZERO" em cada lance ofensivo dos donos da casa. A postura defensiva do America funcionou e acabou fazendo o primeiro tempo encerrar com um empate sem gols.

No segundo tempo, o América voltou a campo bem diferente do que mostrou no primeiro tempo. Buscando a vitória, o América atacou bem mais que o primeiro tempo, acuando os donos da casa. E a primeira oportunidade alviverde veio em uma cobrança de falta, acertando a trave do ex-americano Geaze. O gol estava amadurecendo e veio rápido, aos 34 minutos da etapa complementar, com a bola sobrando para Silas, que recebeu e chutou forte na meta do Flamengo. Foi o gol da primeira vitória alviverde neste segundo turno.

Com a vitória, o América soma quatro pontos na tabela. Embora na zona da degola com cinco pontos, tirando o resultado do Afogados diante do Atlético, o empate em 0x0 entre Serra Talhada e Vitória foram providenciais para deixar a tabela de classificação embolada. Mesmo na penúltima colocação, o America está com apenas dois pontos de diferença para o líder Flamengo. Vamos torcer pra que essa diferença possa ser reduzida já na próxima rodada, quando o America receber o Afogados, neste domingo às 16 horas, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista.