quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ficou mais difícil

A expectativa para o jogo ontem era muito boa e já estava na conta um esforço adicional para se aproximar do G3. Mas não foi o que aconteceu. O Salgueiro dominou e saiu vitorioso.

O Salgueiro começou pressionando a marcação e dificultando a saída de bola do América que já era limitada. O América com desfalques importantes demorou para se achar e equilibrar as forças. Com muita dificuldade na saída de bola o América quase não criava, enquanto o Salgueiro investia contra a permeável zaga americana. Mas foi numa tentativa de fora da área que o Salgueiro chegou ao gol. Depois de um rápido contra ataque, Willian Lira arriscou de fora da área e a bola desviaou na zaga e encobriu Waldisson. O América seguiu preso na marcação do Salgueiro e chegou poucas vezes ao ataque e no final do primeiro tempo após uma falha do sistema defensivo e uma bola mal espirrada por Glauber o Salgueiro empatou.

No segundo tempo o Salgueiro veio mais recuado e cedeu espaço ao América. Assim o América esboçou alguma pressão e levou perigo a meta Salgueirense. Mas não foi suficiente. Só Aos 41 minutos Diego Serra acertou uma bela cobrança de falta diminuindo para o América, trazendo alguma esperança. Mas para evitar surpresas o Salgueiro voltou a pressionar na marcação e em um contra-ataque fechou o placar aos 45 minutos.

Finalmente a torcida Alviverde reencontrou o time. Depois de tanta dificuldade para conseguir os laudos necessários, o Ademir Cunha voltou a receber público. Infelizmente a situação ficou mais difícil agora para o América. As três derrotas exigem que o América vença os próximos jogos e torça por uma combinação bem complicada de resultados para chegar ao hexagonal do título.

Mas a esperança seguirá até que não haja mais chances.

Um comentário:

  1. O América de 2017 nem se compara com o América de 2016. Ano passado, passamos pelos mesmos times de forma invicta, com uma folha idêntica a desse ano. O América desse ano é mal treinado e sem organização nenhuma. Agora é pensar em não cair e se organizar para a série D.

    ResponderExcluir