sexta-feira, 14 de abril de 2017

AMERICA'S OLD PLAYERS: O ATACANTE CHINA

A seção America’s Old Players está de volta e desta vez vamos falar sobre um atacante que vestiu a camisa do América do Recife nos anos 1960. Nascia na cidade de Goiana na Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco em 1 de setembro de 1941 o atacante Edson Fernandes Almeida, mais conhecido pelo nome de China.
         China começou sua carreira profissional no Náutico no ano de 1959 e foi destaque na campanha que levou o clube alvirrubro à conquista do Campeonato Pernambucano de 1960, no qual venceu o Santa Cruz por 1x0 e 2x1 nas finais. Adquirido pelo Palmeiras, China disputou por esta equipe o Campeonato Paulista de 1961, vindo a se sagrar vice-campeão após perder o título para o Santos.
Náutico campeão de 1960. China é o quarto agachado.
         No ano de 1962, China foi contratado pelo Botafogo de Ribeirão Preto/SP, clube pelo qual disputou o Paulistão daquele ano, terminando em um honroso sexto lugar, atrás apenas dos “Quatro Grandes” e da Portuguesa.
        De volta ao Náutico, China conquistou os títulos de campeão pernambucano pelo clube de Rosa e Silva em 1963 (artilheiro do campeonato com 18 gols), 1964 e 1965, os primeiro da sequência do hexacampeonato. Ainda em 1965, China foi contratado pelo América do Rio de Janeiro, que fez um ruim Campeonato Carioca, pois, ficou em penúltimo lugar, a frente apenas da Portuguesa da Ilha do Governador.
China (o terceiro agachado) campeão no Náutico em 1963
         Em 1966, China retornou ao Náutico para ajudar o clube a conquistar mais um título da sequência do hexacampeonato. O Esporte Clube Bahia foi a casa do atacante China de 1967 a 1968 e com a camisa do tricolor baiano, conquistou o titulo de campeão estadual de 1967, marcando o gol do título após a vitória por 1x0 em cima do Galícia.
China, campeão com o Bahia, em 1967
         China em 1969 estava mais uma vez em Pernambuco, mas desta vez para defender as cores do América do Recife. No clube esmeraldino, China terminou o campeonato em quinto lugar com 10 vitórias, três empates e 11 derrotas em 24 jogos. O Vitória da Bahia chamou China em 1970 para a disputa do Campeonato Baiano, que terminou coroando o Bahia como campeão.
         Em 1971 e 1972, China vestiu a camisa do São Domingos de Maceió, time no qual recebeu por parte da Revista Placar e da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas o prêmio de melhor jogador do Campeonato Alagoano de 1971 após terminá-lo como artilheiro com 16 gols marcados. O São Domingos de forma brilhante venceu o primeiro turno do Campeonato Alagoano após bater o CRB por 2x1, mas sucumbiu à camisa do CRB e do CSA no supercampeonato. Em 1972 o São Domingos venceu o terceiro turno, mas, novamente decepcionou nas finais. Em 1973, China revezou o cargo de treinador e jogador do São Domingos, que terminou o campeonato em terceiro lugar.
China (o segundo agachado) no São Domingos de Maceió

         Edson Fernandes Almeida, o China, faleceu em 2013 deixando saudades a inúmeros desportistas independentemente das cores defendidas.

0 comentários:

Postar um comentário