quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Projeto Esporte na Cidade envolve comunidade acadêmica e transforma vida de jovens em Recife


Em execução desde o fim de 2017, o projeto Esporte na Cidade mudou a rotina da Escola Superior de Educação Física, da Universidade de Pernambuco (ESEF-PE) e de centenas de jovens do entorno da universidade. A iniciativa atende 150 crianças e adolescentes, entre 7 e 17, em vulnerabilidade social das diversas comunidades do Recife, no campo de futebol da ESEF, no bairro de Santo Amaro.

A iniciativa é executada pela De Peito Aberto – Incentivo ao Esporte, Cultura e Lazer com patrocínio do Sportv, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e o apoio da Escola Superior de Educação Física, da Universidade de Pernambuco (ESEF-PE) e do América Futebol Clube.
O coordenador do curso de Educação Física da UPE, Aldemir Teles, revela que envolvimento com o projeto Esporte na Cidade dentro da UPE é enorme.
“Do ponto de vista acadêmico, o projeto tem repercutido de forma bastante positiva entre os professores pesquisadores, e a comunidade. Primeiro, porque nossos alunos da graduação, licenciatura e bacharelado em educação física têm tido a oportunidade de vivenciar experiências pedagógicas que influenciarão positivamente na formação; segundo, o projeto funciona como campo de estágio e de atividades complementares, que compõe o currículo acadêmico, isso sem precisar se afastar do ambiente das aulas; terceiro, estabelecemos parcerias com os laboratórios de Biodinâmica do exercício, e do laboratório de Comportamento motor; e, ainda, foi estabelecida parceria com o curso de odontologia, da UPE, e nutrição da UFPE. Pesquisa na área de nutrição com os garotos já foram iniciadas. E na área de crescimento e desenvolvimento serão iniciadas em outubro”, avaliou positivamente o coordenador.

Já o vice-presidente executivo do América, Tércio Trindade, ressalta que o Esporte na Cidade traz segurança e gera oportunidades aos jovens recifenses. “O Esporte na Cidade oferece ao jovem uma oportunidade para ele desenvolver uma prática esportiva, tirando-o da ociosidade. Num ambiente seguro, onde ele e orientado por estudantes e profissionais da área esportiva. Funcionando como uma ferramenta de inclusão social, de incentivo à vida saudável e possibilitando o acesso a um clube de futebol”, disse o dirigente do América, um dos mais tradicionais clubes de futebol do Recife.
Entrega de materiais
O Projeto Esporte na Cidade é realizado em ciclos de 12 meses. Dentro desse período, todos os alunos matriculados recebem, duas vezes gratuitamente, kits de materiais esportivos para a prática das modalidades ofertadas. A segunda entrega para os beneficiados de Recife foi realizada nesta terça-feira. O professor, Luan Moreira, falou da importância que os materiais têm no dia a dia dos jovens.
“É de suma importância serem realizadas duas entregas por ano. Pois é normal haver o desgaste do material com o tempo. Recebendo um novo kit na segunda metade do projeto, os alunos se sentem mais estimulados para as práticas esportivas. Isso abrilhanta ainda mais o desenvolvimento das atividades, comentou.
Com mais de sete anos de atividades, o Esporte na Cidade já atendeu mais de doze mil crianças e adolescentes em diversas regiões do Brasil, contribuindo para a formação social dos jovens, por meio de atividades de desporto educacional.
Assessoria DPA

0 comentários:

Postar um comentário